Fechar
Buscar no Site

Pedro Novais pagou governanta com verba pública por 7 anos

Empregada de Pedro Novais recebia salário do Congresso como se fosse secretária

Mulher foi contratada como recepcionista do Turismo após deputado assumir a pasta; ele nega irregularidades

Andreza Matais, Dimmi Amora, de Brasília (Folha de São Paulo)

O ministro do Turismo, Pedro Novais (PMDB), 81, usou dinheiro público para bancar o salário da governanta de seu apartamento em Brasília.

O pagamento é irregular: foi feito de 2003 a 2010, quando Novais era deputado federal pelo PMDB do Maranhão.

A empregada Doralice Bento de Sousa, 49, recebia como secretária parlamentar na Câmara, nomeada por Novais.

A Folha apurou que ela não dava expediente no gabinete de Novais nem no escritório político no Estado de origem, precondições para o uso de verbas parlamentares para pagar assessores.

Dora fazia tarefas no apartamento de Novais: cozinhava, organizava a casa e chefiava a faxina das diaristas.

Ela dormia com alguma frequência na casa de Novais e acompanhava a família ao Rio, onde o ministro tem um apartamento, e ao Maranhão.

Dora e o ministro dizem que ela trabalhava em seu gabinete, e não no apartamento. Mas as informações foram confirmadas à Folha por duas pessoas que frequentavam o prédio de Novais.

Troca de Emprego

Uma secretária parlamentar da Câmara ganha de R$ 1.142 a R$ 2.284, dependendo de gratificações.

Dora foi exonerada em janeiro deste ano, tão logo Novais foi nomeado ministro e teve de trocar o apartamento da Câmara por um flat.

Mas ela não ficou desempregada. Foi contratada pela Visão Administração e Serviços, que recebe anualmente R$ 1,5 milhão do Turismo para fornecer mão de obra.

Dora virou recepcionista de um escritório que o ministério mantém em um shopping de Brasília.

Antes de trabalhar para Novais, Dora foi doméstica do ex-deputado Marcelo Barbieri (PMDB). Hoje prefeito de Araraquara (SP), ele disse que Novais o procurou para saber da empregada.

“Ele pediu referências dela, e eu dei. Disse que é uma pessoa boa, honesta. Fazia tudo, mas minha relação com ela era particular, não tinha nada a ver com a Câmara.”

O Ministério Público já denunciou por improbidade administrativa outros deputados que usaram verba pública para pagar domésticas.

A Justiça Federal abriu processo contra dois deles, que responderão por enriquecimento ilícito. Se condenados, podem perder o direito de disputar cargos públicos.

Em 2009, quando a Folha noticiou que os outros deputados haviam contratado domésticas com dinheiro parlamentar, Novais pediu para que Dora passasse a ir ao Congresso eventualmente.

Semanas depois, ela retomou a rotina exclusiva de tarefas no apartamento.

O uso indevido de dinheiro da Câmara é mais uma das denúncias contra Novais. Em dezembro, o “Estado de S. Paulo” revelou que ele usou a verba para pagar uma festa em um motel no Maranhão. Ele devolveu o dinheiro.

Em agosto, Novais balançou no cargo depois que a PF revelou irregularidades em convênios do Turismo com ONGs firmados a partir de projetos de deputados. Como revelou a Folha, uma emenda de Novais beneficiou uma empreiteira fantasma.

Outro lado

O ministro do Turismo, Pedro Novais, afirmou, por meio da assessoria de imprensa, que a servidora Doralice de Sousa trabalhou até dezembro no seu gabinete como secretária parlamentar.

Segundo a assessoria, a função de Dora era dar “apoio administrativo ao deputado e outros funcionários”.

Novais não respondeu por que Dora passava os dias no apartamento funcional.

O ministro confirmou que, desde maio, ela é funcionária de uma empresa terceirizada, a Visão Administração e Construção, que presta serviços ao Ministério do Turismo, mas não respondeu se partiu dele a indicação.

Doralice sugeriu à reportagem que procurasse o ministro. “Se vocês quiserem saber [o que eu fazia], vocês vão até ele.” Ela desligou o telefone antes do fim das perguntas: “Não tenho nada a falar. Não trabalhei na casa. Trabalhei no gabinete”.

O dono da empresa Visão, José Raimundo Silva, disse que seu contrato com o Turismo tem “cláusula de confidencialidade” e que não poderia revelar os nomes dos funcionários terceirizados.

Ele negou que tenha recebido pedido do ministro para empregar a ex-governanta. Silva afirmou que as pessoas são contratadas mediante currículo.

Questionado pela Folha se Doralice tinha experiência comprovada como recepcionista, porém, ele afirmou que “em alguns casos, o currículo não é considerado”.

A Visão funciona no Guará 2, cidade-satélite de Brasília. Não há placa na porta -segundo o dono do lugar, para não atrair a atenção dos concorrentes.

Memória

Em março e abril de 2009, a Folha apontou que quatro deputados federais tinham domésticas nomeadas como assessoras: Arnaldo Jardim (PPS-SP), José Paulo Tóffano (PV-SP), Osório Adriano (DEM-DF) e Alberto Fraga (DEM-DF). Todos negaram a irregularidade, mas exoneraram as empregadas.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

10 respostas para “Pedro Novais pagou governanta com verba pública por 7 anos”

  1. Carlos Ociran disse:

    Não podemos deixar de comparar o que acontece aqui com o que acontece em outros países. Uma simples palavra mal colocada por um homem público no Japão é suficiente para que, envergonhado e de acordo com princípios éticos, entregue o cargo. Aqui, desde o presidente do congresso, ministros, deputados, etc., apanhados com a mão na M… em inúmeras irregularidades, enlameados e fedendo a corrupção, façam discursos vazios apelando para biografias forjadas na negação de fatos e fajutas na composição, (até choram em público) sintam-se imunes e isentos de responsabilidades. Esses velhos imorais beirando o leito de morte na faixa dos 80 anos e os ainda jovens que se encaminham para lá, não têm vergonha na cara. Honra e caráter não fazem parte de suas personalidades. São o pior exemplo para gerações inteiras. Esses canalhas, essas pústulas sociais, abrem o precedente para que qualquer um sinta-se no direito de roubar, matar, dilapidar o patrimônio público porque não serão incomodados se tiverem ocupando algum cargo. Podem até praticar todo tipo de crime e depois eleger-se que a impunidade estará garantida.

  2. FABIO WILIAM disse:

    ESSA DESGRAÇA DESSE VELHO TEM MUITO PODRE SE FOREM INVESTIGAR…ESSA COISA RUIM É CRIA DOS HONORAVEIS BANDIDOS.
    TÁ MAIS DUQUE NA HORA DE PUXAREM O TAPETE DESSE VELHO NO MINISTÉRIO DO TURISMO.

  3. palacio disse:

    Esses políticos $#@%¨# safados não querem pagar nem a empregada domestica do próprio bolso é muita sacanagem e atenção população já está sendo preparado um novo imposto para saúde é só aguardar que com certeza vamos enfiar goela abaixo mais um imposto, isso tudo só acontecer por quer aqui nesse país a população aceita tudo é como gado no pasto.

  4. maria disse:

    Mais uma do ministro……………… Casos desses deve ter demais no Congresso, nas Assembléias, nas Câmaras Municipais, enfim …em inúmeras repartições públicas…..apaniguados tem em todo lugar. Já passou da hora desses políticos, em todos os níveis ( municipal, estadual e federal), terem vergonha na cara e deixarem de roubar o dinheiro do trabalhador brasileiro!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Dinheiro ganho com muito suor… é por isso, que não se tem REFORMA TRIBUTÁRIA, porque diminuir imposto, nem pensar………….quem vai sustentar a corrupção, a roubalheira??????????????

  5. SAYD SEDNANREF disse:

    NÃO DAR P/ENTENDER, COMO É QUE A PRESIDENTE, TENTA SEGURAR UM CORRUPTO DO NÍVEL DESTE LARÁPIO, PEDRO NOVAIS. E A RECEITA FEDERAL, CONSIDERADA UM ORGÃO TÃO COMPETENTE, EFICAZ + QUE EFICIENTE, ETC. PEGA ATRAVÉS DA MALHA FINA, QUÉM QUER QUE COMETA , SONEGAÇÃO FISCAL, NÃO CONSEGUE QUE O SEU LEÃO ABOCANHE, ESSE MINIATURA? ENTENDÍ´… É AFILHADO DO SARNEY.

  6. BENIGNO disse:

    JORNALISTA É UMA RAÇA QUE NEM O DIABO ENTENDE: SE PEDRO NOVAIS NÃO HOUVESSE PAGADO A GOVERNANTA, SERIA TACHADO DE CALOTEIRO. SE TIVESSE PAGADO COM DINHEIRO DE PROCEDÊNCIA OBSCURA, SERIA PICHADO DE CLANDESTINO. ONDE ESTÁ O ERRO? A MOÇA FOI RETRIBUÍDA 100% PELO SEU TRABALHO, E MELHOR QUE ISSO: COM VERBA PÚBLICA, SE É PÚBLICA, É DE CONHECIMENTO GERAL.

  7. brito disse:

    ENQUANTO OS POLITICOS USAM E ABUSAM DO DINHEIRO PUBLICO, OS POLICIAIS E OS PROFESSORES, VIVEM COM UM SALARIO DE FOME. ETA PAIS DA IMPUNIDADE!!!!!!!!. JÁ ESTÁ NA HORA DA DILMA, MANDAR ESSE LARAPIO DE VOLTA PARA O MARANHÃO E SE JUNTAR OS SARNEIZISTAS. ETA VELHINHO SAFADO.

  8. JOSE BARROS disse:

    MAS ESSE PEDRO NOVAIS É DA ESCOLA DA OLIGARQUIA E, COMO MEMBRO DESSA, CONTINUA AINDA NO CARGO INDICADO PELO SARNEY. MAS, COM CERTEZA, SEUS DIAS ESTÃO CONTADOS. A PROPÓSITO, A ULTIMA DO SARNEY, NOTICIADA NA VEJA DESTA SEMANA, É QUE TENTOU DERRUBAR O SUPERINTENDENTE DA POLICIA FEDERAL MAS, A PRESIDENTE DILMA NÃO ACEITOU SUA “SUGESTÃO”…

  9. ronnie james dio disse:

    vai ver a tal dora na verdade é a quenga do velho ministro safado,oh velho desgraçado tu envergonhas meu maranhao com tuas açoes safadas e corruptas,larga a vida politica desgraçado e vai cuidar dos teus bisnetos,tataranetos antes que a morte te carregue pro inferno.

  10. Inácio Augusto de Almeida disse:

    Este moço que está Ministro continua com esta mania de pagar as suas despesas pessoais com o MEU DINHEIRO. Meu, sim, pois este dinheiro que ele usa é dinheiro dos impostos escorchantes que nos são cobrados.
    Está ministro e vai continuar ministro.
    Presidenta Dilma, por favor, não fale mais que etá fazendo faxina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens