Fechar
Buscar no Site

Para não atrapalhar Braide, Bolsonaro deve se ausentar de eleição em São Luís

Depois de ver grande parte de seus aliados fracassar nas urnas no primeiro turno das eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro deixou de ser um cabo eleitoral desejado no segundo turno pelos candidatos a prefeito em boa parte das capitais. Há resistência mesmo em locais onde o apoio seria natural contra nomes de esquerda, como Porto Alegre, Vitória, Fortaleza e São Luís. Das principais cidades, apenas no Rio e em Belém há o desejo de tê-lo na campanha. Ontem, o presidente manifestou pelas redes sociais apoio a Delegado Eguchi (Patriota) na capital do Pará, enquanto o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), tem viagem marcada para Brasília.

Em São Luís (MA), o candidato da oposição, Eduardo Braide (Podemos) também não deve buscar o apoio do presidente. De perfil moderado, ele chegou ao segundo turno na frente de Duarte Júnior (Republicanos) — 38,8% a 22,1%. Neutro até então, Flávio Dino (PCdoB), declarou apoio ao candidato do Republicanos. Mesmo com o fato de Bolsonaro ter rivali7dade com o governador maranhense, não há intenção de aliados de usá-los na campanha.

— O presidente não tem candidato em São Luís. Ele não vai discutir com Flávio Dino — afirma o senador Roberto Rocha (PSDB), aliado de Braide e de Bolsonaro. As informações são de O Globo

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Para não atrapalhar Braide, Bolsonaro deve se ausentar de eleição em São Luís”

  1. joão disse:

    EDUARDO BRAIDE = PREFEITO DE SÃO LUIS—– adeus COMUNISTAS DE ARAQUE — adeus —- adeus comunistas de araque que amam, veneram, lambem o cú do SANTO SANTO LULA LADRÃO MOR DO BRASIL— a maior desgraça do Brasil– o maior ladrão do Brasil… adeus comunistas de araque que sempre fez do POVO DO MARANHÃO de bobo, otário, jumento , manteve todos na ignorância para se perpetuarem no poder. ADEUS COMUNISTAS DE ARAQUE— ADEUS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens