Fechar
Buscar no Site

Os padrinhos do atraso. Se aposenta, Sarney! Desencarna, Lula!

Ruth de Aquino na Época

RUTH DE AQUINO. É colunista de ÉPOCA [email protected]

A idade avançada talvez cobre um preço alto a sua memória recente. Como o presidente do Senado, José Sarney, pôde endossar os supersalários, apenas dois meses depois de ser obrigado a limitá-los ao teto do funcionalismo público? A decisão é inconstitucional, ilegal, imoral. Beneficia uns 700 servidores, que poderão voltar a ganhar acima de R$ 26.723,15, mais que os ministros do STF. Vamos todos doar para a campanha “servidor-esperança”.

Entendi. Sarney escutou Dilma dizer que o foco de seu governo não é a ética, mas “a faxina contra a pobreza”. E resolveu seguir o conselho da presidente à risca. Seus servidores no Senado ameaçavam greve. Não conseguiriam viver dignamente com menos de R$ 26 mil por mês. Estavam com medo de não poder voar mais de primeira classe. Com a caça às bruxas até no ar, não são todos os que têm o direito de usar helicópteros da PM e jatinhos de empresários para lazer pessoal.

“É como na música do Caetano: é o avesso do avesso do avesso”, disse Ricardo Ferraço, do PMDB do Espírito Santo. Ferraço é relator da reforma administrativa do Senado. Mas que reforma é esta que não resiste à influência do padrinho maranhense sobre um tribunal de Brasília? “É inacreditável”, disse ele. “O teto está na Constituição.” O assombro de Ferraço é o mesmo de todos nós. Essa limitação salarial existe desde 1998. Com todo o respeito, alguém precisa chamar o presidente do Senado à razão.

Sarney consegue, no ocaso de sua vida política, personificar todo o atraso de um país. Lula um dia o chamou de ladrão e depois beijou sua mão. A rima é inofensiva. Mas a blindagem de Sarney é nociva. Ele é o líder de um clã que enriqueceu à custa do povo sofrido do Maranhão, um dos Estados mais miseráveis do Brasil. Imagino que, na faxina contra a pobreza da diarista Dilma, o Estado do sinhozinho Sarney seja uma das prioridades.

O episódio do helicóptero da PM, cedido por Roseana para levar o pai a sua ilha particular de Curupu, é até menor. Ministros do STF desaprovaram como “um desvio de finalidade” o uso pessoal de uma aeronave destinada à segurança e à saúde do povo. Mas a maior contribuição de Sarney para o atraso do Brasil é agir como se fosse o ditador líbio de uma capitania hereditária. É como se estivesse descolado do atual processo nacional. Vive num outro tempo.

“Tenho direito a transporte de representação, e não somente a serviço. É chefe de Poder.” E assim o intocável Sarney ignora a lei de improbidade. Políticos que usam bens públicos em “obra ou serviço particular” podem ser punidos com a perda da função e suspensão de direitos políticos. Sabemos, porém, que nada vai acontecer com o oligarca. Como disse Lula, ele “não é um homem comum”.

Os descaminhos levam ao padrinho-mor, Lula, que não consegue desencarnar do poder. Deveria ser inconstitucional um ex-presidente da República despachar com ministros para tratar assuntos de governo. É escandaloso que Lula crie um governo paralelo, com base em São Paulo, para cobrar ações de ministros de Dilma. Não satisfeito em montar um ministério bichado por escândalos, Lula aponta o candidato do PT à prefeitura de SP. E freia o combate presidencial à corrupção.

Coincidência? Na semana em que Lula volta ao palco como eminência nada parda, os ministros Negromonte, das Cidades, e Novais, do Turismo, ganham uma sobrevida. Esses dois estão por um peteleco. Exonerar Paulo Bernardo das Comunicações é mais complicado, por ser casado com Gleisi. E ele “só” pegou carona na farra aérea.

Com a guerra deflagrada entre congressistas que se chamam de “débil mental” e “safado”, a folha corrida de políticos continuará a vazar. A do PP está às claras: 18 deputados respondem por irregularidades. Os dois Cunha, Eduardo (PMDB) e João Paulo (PT), não vão mais comandar a reforma da Justiça, por serem réus. A OAB acaba de lançar o site Observatório da Corrupção.

Está difícil comprar briga com a sociedade. Vai ser difícil segurar. As baratas vão voar. Se aposenta, Sarney! Desencarna, Lula!

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

6 respostas para “Os padrinhos do atraso. Se aposenta, Sarney! Desencarna, Lula!”

  1. pedro rodrigues da silva disse:

    John.

    É preciso fomentar urgente os movimentos sociais,entidades de classe comoprofessor, policia, banários, todos os que tem algoa receber do governo se juntar numa corrente ó sem m^do de ser feliz e partir par as reivindicações em cima do governo em conjunto,pois juntos todas as classesemivimentos sociais conseguem vencer o poder instalado no Maranhaõ por esta camarilhae ganharem junto as causas que serão reinvindcadas, não fazendo como aoposição dearaque dos polítcos maranhenses que fingem lutar contra a disnastia instalada mas no fim eles só pensamno em,u purão primeiro, é hora de pensar coletivos seus ratos oposicionistas de ocasião deixem de lado o projeto polítco pessoal de vocês epartam para o rojeto coletivo, pois só assim estas puçhas instaladas no poder rewmerão e perderão as rédeas das suaspróprias idéias e cairão nas amadilhas olítcas que eles mesmos aramaram, tomem vergonha na car a hora éesta.

  2. Inácio Augusto de Almeida disse:

    Excelente o artigo da Ruth de Aquino.
    Só fiquei surpreso com a informaçao de que a OAB “ACABA DE LANÇAR O SITE DA CORRUPÇÃO”.
    Ora, a OAB sabe de ha muito da existência de vereadores analfabetos e nada faz. A OAB sabe da corrupção desbragada praticada pelos prefeitos das pequenas cidades e nada faz. E se mais a OAB quiser saber em termos de corrupção eu estou pronto a fazer um relato completo, como pronto estive nos dois dias em que estive na OAB-MA.
    Dá até para rir saber que a OAB lançou um SITE CORRUPÇÃO.
    A OAB já sabe de tudo!

  3. Dom Cosme.... disse:

    John Cutrim: (Me desculpe pelo tamanho do texto)
    Se Renato Russo estivesse aqui entre nós , e citasse aquele belo refrão de uma de suas músicas :Que pais é este? Os “Donos do Poder” poderiam até perguntar, que tipo de militância é essa desse intruso? Quando li as declarações de um jornalista espanhol sobe como se comporta o povo brasileiros diante de escândalos de tanta corrupção governo _e afirma que o povo brasileiro não tem capacidade de indignação- eu fiquei sarará de ódio daquele estrangeiro filho da puta em querer opinar sobre nossa soberana política interna, que a princípio, parece só interessar a nós mesmo. Depois de analisar todo o seu conteúdo emblemático, pensei, que cara mais burro sou eu em achar que corruptos e corrupção tem que ser tratados com diferenciação…Os versos da canção do Renato russo cabe muito bem neste soneto , onde vivemos e estamos na plenitude dos desvios éticos , morais, a alem de tudo, falta a nossas autoridades o apego cívico às causas desta gente e deste país. Faço questão de usar e copiar os primeiros parágrafos do artigo da Colunista da Revista Época, “Ruth de Aquino” publicado em teu blog ,ao sugerir: A idade avançada talvez cobre um preço alto a sua memória recente. Como o presidente do Senado, José Sarney, pôde endossar os super-salários, apenas dois meses depois de ser obrigado a limitá-los ao teto do funcionalismo público? A decisão é inconstitucional, ilegal, imoral. Beneficia uns 700 servidores,**_em detrimento de milhões de brasileiros que recebem salário mínimo de R$545,00(quinhentos e quarenta e cinco) Reais_ **que poderão voltar a ganhar acima de R$ 26.723,15, mais que os ministros do STF. Vamos todos doar para a campanha “servidor-esperança”. Acabar com a pobreza de acordo como projeto da Presidenta Dilma, parece ter o mesmo peso que antigamente se dizia em São Paulo e até mesmo no resto do Brasil, na época de Paulo Maluf: Ele é ladrão mais ele faz. Quando da cassação de Fernando Collor de Mello, a indução popular se deu através dos estardalhaços que a mídia (diga-se de passagem, interessada em passara a limpo as bandalheiras das classes políticas de nossa pátria) fazia em torno de um assunto específico P. C. Faria, e deu no que deu. Hoje sabemos que aquele episódio é de magnitude zero, quando comparados aos escândalos que a cada minuto repercute em nosso País. Coincidência coisa nenhuma, o que houve e o que vai continuar existindo é o corporativismo crônico e cínico que tomou conta de nossa instituições, desde o executivo, corrupto e corruptor, do legislativo subalterno e embevecido em ter os favores do Planalto e o judiciário (muitas vezes perdulário) , mas que ainda contem em seu quadro um número significante de homens que honram a toga que a receberam por ofício.Os fatos lastimáveis que saem todos os dias na imprensa , dão conta de como andam e se comportam os nossos político, e de como estão os bastidores repletos de tapetes contendo toda sorte de imundices.
    Aqui no Maranhão uns dos casos mais negros da historia deste estado São: A famosa LEI das Terras , sabiamente denominada “Lei Sarney” quando ele então governador _hoje Senador do Amapá e presidente do Senado _, sancionou aquele imbróglio, num claro atentado a vida das pessoas das áreas rurais , fazendo com que houvesse o famigerado êxodo rural, responsável por todos os desníveis sociais existentes em nosso estado. Nessa época estava em vigor às leis de anti liberdade de expressão, onde ninguém tinha o direito de reclamar; outra, a mais recente : a polêmica construção dos 72 (setenta e dois) hospitais, prometidos para antes das eleições e até este momento só as falácias governamentais estão de pé, sem falar no mais recente escândalo do uso indevido dos helicópteros da polícia . Estes casos são menores , se comparados aos famigerados enriquecimento ilícitos praticado por essa gente. Agora como se não bastasse, vem o encouraçamento dos chamados Segredos de estado, justamente para que continuemos mentindo , e fazendo que mintamos para os nossos filhos, nossos estudantes sobre a nossa própria história. Ora estes segredos são interessantes para esses “Senhores da História” exatamente por blindá-los para que o povo não saiba de suas patifarias. É sabido por todos que tem temos no Congresso Nacional, pessoas como Pedro Simon, Cristovão Buarque , e Domingos Dutra que ainda teimam em defender a verdade , mesmo quando ela é desfavorável aos protagonistas dela.Volto a copiar Ruth quando afirma: “Com a guerra deflagrada entre congressistas que se chamam de “débil mental” e “safado”, a folha corrida de políticos continuará a vaza” . **Pena que não tenhamos um canal igual ao Wikileaks e ou anomymus para nos fazer conhecer a verdade que nos é subtraida … Veja o que diz o “Jornal Diário do Para” sobre um dos homens mais citados em denuncias de corrupção:José Dirceu mantém poder intacto:Ou seja: mesmo com os direitos políticos cassados, sob ameaça de ir para a cadeia por corrupção, ele continua o todo-poderoso comandante do PT. E, prossegue a revista, usa toda a sua influência para conspirar contra o governo Dilma – e a presidente sabe disso. Lendo isso , chego a pensar que foi institucionalizada a corrupção e a falta de ética em nosso pais… Infelizmente!!!
    !

  4. Inácio Augusto de Almeida disse:

    A OAB já sabe de tudo e há muito tempo. Agora vem com este site corrupção para querer passar a idéia de que não sabe de nada.
    John, se pssível me informe como acessar este tal de SITE CORRUPÇÃO da OAB.

  5. Pedro Barros disse:

    As oposições do Maranhão são engraçadas: Esteve no governo dois anos e meses e nesse curto período enriqueceu um bom punhado de bandidos do colarinho branco. Nem mesmo o Jackson Lago, homem probo, pôde conter a ganância de muitos dos seus auxiliares e aliados. Todos sabem disto. Um dos seus primeiros atos, foi nomear Secretária, a mulher do Zé Reinaldo Tavares. Depois disso foi só farra. Todos queriam um pedacinho. Agora e sempre decem a vara no Sarney. Ninguém pára por alguns minutos para avaliar a participação desse líder na consolidação do processo democrático brasileiro. Mas são capazes de fazer estardalhaço de um fato corriqueiro no Brasil. Deixasse isso ter acontecido em São Paulo, Rigo Grande do Sul, Paraná ou Minas Gerais, que nada disso estaria acontecendo. Isso é discriminação e falta de respeito para com um chefe de poder. Mas, é o papel de vocês, que andam correndo atrás de uma boquinha, por pequena que seja. O octogenário é duro na queda.

  6. Yenras disse:

    estrategicamente beneficiando de modo pedagógico o novo momento do maranhão, ajudaria bastante se não mais evidenciado pela midia, fosse o nome do josé sarney, por mais que ele criasse factos e factóides, na falta de quem nesse estado o evidencie, com o proposito primado por ele de que é preciso sempre lembrar para a população maranhense, o nome de josé sarney !!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens