Fechar
Buscar no Site

O que Joaquim Barbosa diz sobre ser vice de Sergio Moro

Procurado por Sergio Moro (Podemos) para discutir o cenário eleitoral de 2022, o ex-ministro do STF Joaquim Barbosa (PSB) avisou a aliados que jamais toparia ser candidato a vice-presidente do ex-juiz.

Segundo pessoas próximas, Barbosa avalia que o desempenho eleitoral de Moro tem um “teto” que impedirá o ex-juiz de chegar ao segundo turno da disputa pelo Palácio do Planalto este ano.

Nesse cenário, o ex-ministro do STF tem avaliado que Moro deveria mesmo era ser candidato ao Senado, disputa na qual Barbosa acredita que o ex-juiz teria mais chances de vitória.

Até agora, Moro alcançou no máximo 11% nas pesquisas de intenção de voto. Na avaliação do ex-ministro do STF, o ex-juiz da Lava Jato já deveria estar com um percentual maior para ser competitivo.

Como a coluna já noticiou, Joaquim Barbosa também é crítico da estratégia de Moro para as eleições do próximo ano. A crítica é principalmente às “companhias” do ex-juiz na pré-campanha.

Barbosa topa receber Moro
Segundo aliados, o ex-juiz procurou Joaquim Barbosa para pedir um encontro presencial antes de se filiar ao Podemos. Moro quer trocar impressões sobre o cenário para 2022.

A aliados, Barbosa afirmou que pretende receber Moro, mas reforçou previamente que não toparia qualquer convite para composição de chapa com o ex-juiz.

O ex-ministro do STF voltou ao Brasil de viagem à Europa ainda no final de dezembro. O encontro entre ele e Moro, no entanto, ainda não tem data para acontecer. Por Igor Gadelha

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens