Fechar
Buscar no Site

Notas Rápidas

Sem helicóptero no feriado

O helicóptero do Grupo Tático Aéreo (GTA) da Polícia Militar do Maranhão foram um dos que auxiliaram na operação de ocupação da favela da Rocinha, no Rio de Janeiro. Bem, sendo assim, dessa vez o presidente do Senado, José Sarney, familiares, amigos, deputados, senadores, secretários não puderam usar o helicóptero da Polícia para passear no feriadão.

Via Perversa

A Via Expressa que está sendo construída pelo governo do Estado já ganhou um apelido: ‘Via Perversa’. No bairro do Vinhais Velho, por onde passará, a maioria das casas possuem grandes áreas, com nascentes de águas no fundo e uma diversidade de árvores frutíferas como juçarais, mangueiras, buritizais, além dos manguezais e o patrimônio histórico, que também está ameaçado. Cerca de 40 residências podem ser demolidas além de 280 famílias da Vila Kubanacan bem como as 50 famílias da Vila 25 de Maio e Vila Progresso que serão atingidas pelas obras.

Voltando das férias

Depois de curtir férias de 15 dias a governadora Roseana Sarney retoma suas atividades a partir desta quarta-feira. De cara a donatária da Capitania Hereditária do Maranhão vai ter que se entender com os policiais militares e do Corpo de Bombeiros que exigem um reajuste de 30 por cento nos seus soldos. Parte da tropa esteve na Assembleia Legislativa onde recebeu a garantia do deputado Manoel Ribeiro, líder do governo, que o pleito seria atendido pelo governo. O parlamentar também prometeu que não haveria nenhum tipo de retaliação contra os líderes do movimento. Nesse item já falhou uma vez que dois comandantes do Corpo de Bombeiros já foram destituídos das funções. O governo do Estado do Maranhão tem até o próximo dia 23 para conceder as reivindicações. No dia 24 se não forem atendidos, a tropa volta a se aquartelar. A questão é que a área econômica do governo maranhense já sinalizou que o Estado não tem condições de arcar com esse aumento para os militares. Vai pegar mal para o deputado Manoel Ribeiro.

Vereador na delegacia

O vereador Abdias Cidrão deverá prestar esclarecimentos, nesta quarta-feira, na Delegacia Regional de Itapecuru por ser apontando como um dos acusados de ter mandando o pedreiro Antônio Francisco Martins, conhecido como “Tony Black”, incendiar a TV Líder de Vargem Grande. Depois de adiar por duas vezes sua ida à delegacia, Abdias deve ser ouvido pelo delegado a fim de dar explicações sobre o crime.

Caos Geral

Não está nada fácil a questão da saúde pública no Maranhão. A Secretaria de Estado da Saúde está realizando um mutirão contra o diabetes no Aterro do Bacanga, no centro de São Luís. Tudo isso para maquiar a falta de hospitais do Estado que foram quase todos fechados com a desculpa de que agora só realizam atendimento de alta complexidade. Quem precisa de atendimento de media ou baixa complexidade tem que apelar para os Socorrões da rede municipal que já estão superlotados. Mesmo no atendimento de alta complexidade a situação é complicada, como no Hospital Tarquínio Lopes Filho, o Geral, na rua de São Pantaleão, onde os doentes dependem de alguns médicos inexperientes e algumas enfermeiras com um gigantesco mau humor. Como parece que o hospital Geral não tem comando, na recepção, por exemplo, quem manda é seu Zé Nunes que determina quem entra para visitar e apoiar seus doentes. E tome propaganda na televisão da governadora Roseana Sarney Murad dizendo que “a saúde do Maranhão melhora a olhos vistos”. Hoje, até cego vê que isso é uma clamorosa mentira. (Tribuna do Nordeste)

Petistas gritam ‘Fora Sarney’

Durante a plenária final do 2º Congresso Nacional da Juventude do PT, encerrado nesta terça-feira em Brasília, centenas de jovens petistas gritaram em coro: “Fora Sarney, fora Sarney”!. Como se pode observar, até os chamados aliados estão pedindo a saída de Sarney. O 2º CONJPT recebeu 1.500 jovens filiados ao PT, representando os 26 Estados brasileiros mais o Distrito Federal.

Dilma deve escolher nesta semana novos membros do TRE

É aguardada para o fim desta semana a divulgação dos nomes dos dois juristas escolhidos pela presidente Dilma Rousseff para compor o pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão. As duas listas tríplices formada por advogados foram escolhidas no fim de agosto pelos desembargadores do Tribunal de Justiça. Além desses dois juristas, o tribunal deverá ter até 21 de dezembro três novos membros entre eles o presidente. Desde o fim de agosto o Tribunal de Justiça (TJ) escolheu seis advogados para compor duas listas tríplices para a escolha dos dois juristas da composição do pleno do TRE. As vagas são dos juízes Sérgio Muniz e José Carlos Sousa e Silva, que já cumpriram seus biênios.

Mais votados

Pelos votos dos desembargadores compõem a primeira lista o próprio Sousa e Silva, candidato à recondução, que recebeu 20 votos, Valdênio Caminha, que conseguiu 14 votos, e Valney de Oliveira, com 13. Os mais votados na escolha da segunda lista tríplice foram Daniel Leite, com 20 votos, Sérgio Muniz, que também tenta um novo biênio, com 18 votos, e Adroaldo Souza, com 15 votos. Sem a definição, as sessões do TRE estão acontecendo com dois juízes a menos desde o início deste mês. (Por Carla Lima, no EMA)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

2 respostas para “Notas Rápidas”

  1. Inácio Augusto de Almeida disse:

    Nesta notícia não ficou claro quem bancou as despesas com o deslocamento deste helicóptero.
    O governo de São Paulo possui dezenas de helicópteros. Poderia S. Paulo ter cedido alguns a um custo bem menor do que o Maranhão. Afinal, São Paulo dista apenas 400 kms do Rio. Já o Maranhão…
    Isto sem contar que o Maranhão é um estado pobre, que de pires nas mãos tenta conseguir empréstimos para continuar honrando compromissos.
    Alguma coisa não bate nesta história.
    Ou será que o Secretário de Segurança, com o aval da governadora, quis “fazer bonito”?
    A notícia só fica completa, John Cutrim, se você apurar e divulgar quem bancou estas despesas.
    A assessoria de imprensa da Governadora deveria dar uma nota esclarecendo este assunto.
    Fosse no tempo do Jornalista Vladimir, o nosso saudoso Conversinha, na SECOM, isto seria passado a limpo ainda hoje.
    O Vladimir foi para a Secom pelo critério COMPETÊNCIA.
    Hoje os tempos são outros…

  2. Inácio Augusto de Almeida disse:

    Ainda sobre a ocupação da Rocinha.
    Quando da prisão do traficante NEM, ele estava acompanhado de alguns advogados.
    Será que tentar furar cerco polícial com bandido no porta-malas de um carro é EXERCÍCIO DA PROFISSÃO?
    Até o momento a OAB não se pronunciou sobre a conduta destes advogados.
    A Secretaria de Segurança do Paraná também tem que dizer ao povo brasileiro porque um dos seus delegados quis interferir na prisão do NEM.
    A prisão deste marginal deixou claro para os que conseguem ver um palmo adiante do nariz que muita coisa tem que mudar neste país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens