Fechar
Buscar no Site

Notas Rápidas

OAB requer a Roseana quitação de R$ 6 milhões em honorários

O presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante, se reuniu com a governadora do Maranhão, Roseana Sarney (PMDB), para pedir que o estado salde suas dívidas com os advogados dativos, que prestam serviços aos que não podem pagar em convênio com os governos estaduais. Segundo a entidade, o governo do Maranhão deve cerca de R$ 6 milhões em honorários, devidos desde outubro de 2009.

A reunião aconteceu na sexta-feira (23/9) no Palácio dos Leões, sede do governo maranhense, e também contou com a participação do presidente da OAB-MA, Mário Macieira. Durante o encontro, os advogados lembraram a importância social dos dativos para a população do estado. Cerca de 240 advogados atuam em convênio com o estado, firmado por meio do Tribunal de Justiça do Maranhão.

“É necessário que o pagamento seja restabelecido de imediato, para que os advogados possam continuar a prestar esse relevante trabalho à sociedade do Maranhão”, afirmou Ophir Cavalcante, na reunião. O encontro foi realizado durante a programação da reunião do Colégio dos Presidentes de Seccionais da OAB, que aconteceu na capital maranhense desde a noite da quinta-feira (22/9) até esta sexta-feira com a presença de 27 dirigentes de seccionais. Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB.

A entrevista pífia de Roseana

A entrevista “exclusiva” da governadora Roseana Sarney ao jornal O Estado do Maranhão deste domingo é um dos maiores absurdos do jornalismo brasileiro neste ano. Uma campanha eleitoral de baixíssimo nível, mal disfarçada, onde todas as perguntas foram boladas milimetricamente levantadas para que Roseana corte e feche o set. Para quem não sabe, Roseana, além de governadora, é acionista do jornal. Horrível!

Mentira descarada no título

A entrevista é uma afronta a inteligência dos leitores logo no título com a declaração de Roseana de que “o governo deslanchou”. Uma mentira deslavada, descarada e sem o menor pudor. Pelo contrário, o que a governadora tem feito, até agora, é o “pior governo da sua vida” e da vida de todos os maranhenses. O que se pode ver é uma administração totalmente estagnada, inoperante e desastrada. Pelas ausências de obras e ações, o resultado de tamanha letargia é o caos que se instalou em todos os setores.

Sofismas

Já sobre o que falou Roseana sobre o quesito miséria no Estado, recorro ao comentário da amada Lígia Teixeira na sua coluna dominical. “A governadora descamba para o ridículo. Desmente os índices do IBGE que colocam o Maranhão em situação de precariedade em quase todas as áreas, para dizer que tudo é uma questão de ótica, porque afinal, ela já foi funcionária do IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada) e sabe que mudando a ótica, a situação do Maranhão no quadro da miséria nacional, muda. Uhum… E é como uma verdadeira técnica do IPEA, que Roseana usa a velha e boa tática que ensina a todo bom que vernante que a estatística é a melhor maneira de mentir com números. Sendo assim, qual o dado que a nossa técnica do IPEA usa para contestar os dados sobre a miséria do Maranhão? O PIB. Sim, o PIB do Maranhão é o décimo sexto maior do Brasil. Para Roseana isso atestaria ausência de pobreza do povo, mas para qualquer um que saiba minimamente o significado da sigla PIB, isso atesta apenas mais um quadro desolador para o Maranhão. PIB é o produto interno bruto, ele representa a soma de todos os bens e serviços finais produzidos numa determinada região. Ou seja, o Maranhão evidentemente não é pobre, ao contrário, é o décimo sexto mais rico do Brasil como repete a própria governadora. Em linhas gerais, a análise de Roseana só torna a situação do Estado ainda mais perversa. O bom ranking no PIB mostra que o Maranhão é um estado rico com um povo miserável. Desigualdade Social levada as últimas consequências. Mas, nos delírios Roseana, esse é um dado que testemunha a favor do Maranhão”.

Roseana confirma chateação com Dilma

Finalizando, Roseana confirma ainda no seu falatório chapa branca a nota “Fim de linha para Roseana?”, divulgada na Revista Exame desta semana, onde o qual afirma que a governadora estaria insatisfeita com a atenção e os recursos dispensados pelo Governo Federal ao Maranhão, e já teria até pedido ao pai, senador José Sarney para não apoiar mais incondicionalmente a presidente da República. Na entrevista, a governadora diz que quanto a relação com o governo federal “as coisas estão um pouco paradas”. Pois é, como este blog vem dizendo há muito tempo Dilma não é igual a Lula, que atendia a todos os caprichos e pedidos indecorosos do clã. Um exemplo: Quem não lembra que a mídia oficial do governo anunciou a vinda da presidente Dilma para a inauguração das UPAs e na hora ela nem deu as caras por aqui após os escândalos com Pedro Novais no Turismo, ficando por isso mesmo? No mais duvido que Sarney, que sempre foi governo, tenha coragem de romper.

Pergunta no pregão

Se uma mecha de cabelo de Elvis Presley foi vendida por US$115 mil num leilão em 2002, quanto valerá fio de bigode de Sarney em 2030? (Claudio Humberto)

Sarney quer ser penta

Fontes de Brasília que não falham informaram ao blog que o tetrapresidente do Senado, José Sarney, já articula o penta mandato no comando do Congresso. A notícia irritou profundamente alguns setores do PMDB, entre os quais o senador Renan Calheiros, que deseja suceder Sarney. A continuidade de Sarney na presidência do Senado é parte do projeto de sobrevivência política do seu grupo.

Dúvida

O suplente de vereador de São Luís, Fábio Câmara (PMDB), ao ser perguntado semana passada pelo titular do blog se seria novamente candidato, foi monossilábico na resposta. – Não. Então tá.

Te manca!

O colunista ‘Duas Letras’ do jornal do outro lado da ponte quis dar uma estocada neste blog no afã de agradar os patrões. Lacaio e serviçal como sempre, ‘cobra vesga’ disse que estamos torcendo contra o ministro Gastão Vieira no Turismo. Segundo ele, assim como o antigo comandante da pasta, o deputado Pedro Novais, já existe outra campanha no sentido de desgastar a gestão de Gastão no ministério. Ora, se há maracutaia ou qualquer tipo de desvio de conduta, o nosso papel é denunciar e cobrar, independente de ser maranhense ou não ou ser ligado a este ou aquele grupo partidário. Por falar em tramóia, existe uma bem cabeluda do conhecimento do blog de um certo colunista social da alta sociedade ludovicense que, tempos atrás, passou a perna num governador com a organização de uma festa. Provoca pra ver…

Flávio favorito

E a pesquisa realizada pelo Instituto Amostragem publicada na edição deste domingo do Jornal Pequeno heim? Mostrou que Flávio Dino, com um índice de 57,9% das intenções de voto dos maranhenses, só não será governador em 2014 caso aconteça um acidente de percurso. A sondagem desmistificou também que Lobão (25,46%), que já foi governador, hoje senador e ministro de Minas e Energia, é o candidato mais forte do grupo Sarney.

Luís Fernando já ameaça Lobão

De acordo com o Amostragem, o secretário Chefe da Casa Civil, Luís Fernando, conhecido apenas em São José de Ribamar, onde já foi prefeito duas vezes, e parte da ilha de São Luís, com apenas oito meses de exposição no governo já desponta com 15,15% das indicações dos entrevistados. A prevalecer essa tendência de crescimento e o apoio explícito e incondicional da governadora Roseana Sarney, Luís Fernando um ano antes da eleição já terá ultrapassado Lobão, que para 69,31% dos entrevistados representa a continuidade do Grupo Sarney.

Gastão gasta

Esse Gastão, ministro do Turismo, torrou o que tinha em emendas em obra inacabada no Maranhão. Duas já foram descobertas no Estado. (Nota da coluna do Claudio Humberto)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

12 respostas para “Notas Rápidas”

  1. Dinho disse:

    Ora, se há maracutaia ou qualquer tipo de desvio de conduta de quem quer que seja, o nosso papel é denunciar e cobrar, independente de ser maranhense ou não ou ser ligado a este ou aquele grupo partidário.

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Tu és muito cara de pau hein John Cutrim. Quando foi que tu fizeste alguma denúncia da quadrilha dos balaios? e olha que não foram poucas as falcatruas, ladroagens e todo tipo de crime desde sequestro do deputado Chiquinho escorcio, roubo do dinheiro do Costa Rodrigues, do Castelão, estradas fantasmas, pontes inexistenes, compra de votos, convênios fraudulentos, desvios de verbas e muito mais. Ze Reinaldo até algemado foi, Jackson so nao foi pq tinha imunidade. E os sobrinhos dele na operação Opera Prima?
    Nem todo mundo é cego e os inteligentes enxergam que tu és pago pra defender os balaios. De imparcial tu não tem nada.

  2. Fernandes disse:

    Meu caro John, na campanha de 2010, a governadora Roseana anunciou a bordo de um helicóptero a construção de três projetos em São Luis para celebrar os 400 anos da cidade. Você poderia postar esse vídeo no blog ?

  3. tovivo disse:

    A GREVE DOS PROFESSORES TA VOLTANDO, TE SEGURA ROSENGANA E O MELHOR GOVERNO DA SUA VIDA!!!

  4. BENIGNO disse:

    DO CABRESTO À AUTODETERMINAÇÃO

    A democracia é uma ditadura com eufemismo. Demos Cratein (do grego): governo do povo, para o povo, pelo povo nunca existiu nenhures. Nesse regime, a exemplo dos demais, em última análise, todo poder se impõe pelo terror das “armas”. Tal efeito dissuasivo será eficaz, enquanto o ser humano for mortal.
    Ninguém teme um juiz pelo seu mero status de magistrado, ou devido ao império de sua moral (falto); todavia, porque o indefeso está perante um árbitro capaz de mobilizar um aparato bélico. Equivale a afirmar: entre o Estado e o cidadão existe uma relação sadomasoquista – onde o Estado é o sádico (quem sente prazer com o sofrimento alheio) e o cidadão é o masoquista (quem se realiza sofrendo). Como provar que o togado é quem está certo? Pasmem, apesar de tudo, ainda há resignado que reforça sua condição de covarde, concordando: “Decisão judicial não se discute, cumpre-se!”
    Os diplomatas estadunidenses são os que mais logram êxitos em suas “negociações”. – Será se essas façanhas se deve à habilidade da chancelaria norte-americana, ou é por que a contraparte se rende ao poder de fogo dos ianques?
    Outrossim, o governo não monopoliza o arsenal porque governa, mas governa porque monopoliza o arsenal. Tanto é que o sustentáculo e sinequanon dos poderes são as armas, que nenhum governo admite a concorrência de grupos armados, escusos, dentro dos seus domínios. Mesmo porque os governantes tem consciência das suas ações maléficas e injustas contra a população, e para empurrá-las goela abaixo tem de ser à base da coação e do medo.
    Diante de uma decisão que incita o furor popular (misantrópica), um tipo de relação podre entre os poderes, outrora discreta, tem vindo à tona de maneira mais descarada; é a transferência do “trabalho sujo” ao Judiciário. É mais ou menos assim: sempre que uma autoridade executiva vê-se obrigada a tomar uma medida impopular, para não perder voto e mídia, de pronto, o rolo é remetido ao Poder Judiciário: lá estão androides infalíveis, intocáveis, perfeitos, inquestionáveis, acima do bem e do mal; e suas decisões equivalem ao efeito de um decreto celestial. É como se de uma irmandade de três (triarquia): Legisladrão, Executor e Judiador (o louco e inimputável), quando for para cometer uma iniquidade, os dois primeiros combinam: “Vamos mandar Judiador perpetrar esse crime; ele é impunível”. Ou ainda pode ser comparado às quadrilhas que recrutam menores para os seus quadros: todos os delitos são atribuídos aos garotos, eles contam com as benesses da lei. É o Ferrabrás em antipopularidade, o Judiciário.
    -Por essas e por outras, o Poder Judiciário urge por transformações: em suas hierarquização, forma de ingresso e na quebra da estabilidade pétrea (vitaliciedade). Porque, se assim continuar, votar não passará de uma atitude idiota. Eleitores para escolher representantes que, para livrarem a cara, podem se dar o luxo de terceirizar decisões. Decisões atuais com sabor de sujeição que vai do Império Romano à Idade Média, quando se sentenciava: Roma Locuta, Causa Finita (Roma falou, questão vencida) e Magister Dixt (O mestre falou)! A propósito, eu, pelo menos, não voto, e jamais votarei em alguém. Votar para quê? Para eleger os algozes que vão legislar leis que darão uma fachada “legal” aos agentes e estrutura que nos oprimem? Essas legislações abrem caminhos para nos levar à cadeia, à morte, para juízes invadirem nossa vida privada com tamanha petulância, força-nos a nutrir nossos inimigos através de impostos tomados etc. Ou seja: o que deve ser questionado, urgentemente, não é o candidato portador de mau hálito, ou se ele é desonesto, ou o analfabetismo do Tiririca; mas sim o nosso papel de mulas do Estado opressor. Pois somente um povo bem armado pode se opor às tiranias estatais. A grande maioria das leis que são criadas não tem como prioridade o bem-estar dos cidadãos, mas sim visam a garantir a governabilidade, ou seja a nossa submissão de boi-de-canga. Leis que convertem em crimes quaisquer manifestações que ameacem a estabilidade do poder, e signifique a autonomia dos cativos.
    Basta verificar ao longo da história da humanidade, partindo do Antigo Testamento: o poder de subjugar sempre foi exclusividade daqueles que matam com maior eficiência. Por isso mesmo, a consolidação dos Estados só se tornou possível com a sofisticação das armas e a estratificação das forças legalistas: todas as forças armadas a serviço do poder constituído. Religiões, literaturas, mídias; todo isso compõe o arsenal doutrinador da máquina de manipulação dum regime, mas contra todos esses recursos logísticos, a massa pode desenvolver mecanismos de autodefesa. Todavia, ainda não é viável um mortal tornar-se imune a uma bala que o penetra.
    Reação esperada: quando pelo menos 30% dos subjugados acordarem, e perceberem que são reféns de uma Estado armado, eles se aprestarão como multiplicadores de um novo modelo, onde reinará o equilíbrio de forças. Ora, se o Estado nos submete pela força do seu poderio mortífero, para reagirmos e provarmos que não somos masoquistas, devemos nos armar também de forma estratégica e organizada. Claro que nem todos comungam com este modelo proposto: uns porque já se habituaram na canga, outros porque só sabem viver na dependência de uma tutela, e aqueles porque são os beneficiados pela estrutura pandemônica, repressora da grande maioria.
    Absurdo é conceber que a mesma geração rebelde que, atendendo aos apelos do movimento hippie, rompeu os laços familiares, deixou seus lares e se mandou pelo mundo afora; e essa mesma geração ainda não teve rebeldia suficiente para se desvencilhar do jugo do Estado Escravista.
    Porém, como somos uma gentinha acovardada, para viver o menos injusto dentro dessa relação ditatorial, a população deveria deflagrar um movimento, visando a pressionar o Congresso Nacional, a fim de que este extirpe, de pronto, a vitaliciedade dos magistrados e a estabilidade pétrea de policiais. Pois, quem se dá à audácia de invadir a vida alheia, perseguir e julgar, no mínimo, tem de ser perfeito e infalível. Do contrário, o agente deve-se declarar incompetente para tal MISSÃO, ou melhor, introMISSÃO.
    -O instinto de autodefesa é uma faculdade peculiar a todo organismo vivo.
    – A lei da sobrevivência revoga as demais.
    -Todo dominado tem implantado em si um “botão de acionamento” – cuja senha é privativa dos dominadores – esse código de acesso se chama MEDO.
    -O grupo opressor é um oportunista da covardia popular.

    -Frase de Antonio Carlos Magalhães – ACM: “Hoje, os Tribunais se tornaram verdadeiras máfias de advogados e juízes contra a nossa população!”. ACM sabia muito bem do que estava falando; seu clã reinou absolutamente na Bahia, por mais de quatro décadas, com o salvo-conduto da Justiça, em todas as suas esferas e instâncias.
    -Frase de Paulo Lacerda: “É hora da sociedade brasileira começar a questionar o Poder Judiciário!” Ele foi o delegado iniciador do processo que culminou com o impeachment de Fernando Collor.

  5. wander disse:

    JOHN JOHN. ACHO MELHOR TU SE DESPEDIR DESTE BLOGUE E FECHA-LO, POIS TUDO QUE TU LER, INTERPRETA ERRADO, E PIOR AINDA TRANSCREVE TAMBÉM. TE SAI DISTO HOMEM, NÃO É A TUA PRAIA. BALAIO QUE SE PREZA, NÃO ADMITE NUNCA QUE SÃO UNS FRACASSADOS, PRINCIPALMENTE DEPOIS QUE FORAM EXPULSOS DO GOVERNO POR PURA INCAPACIDADE ADMINISTRATIVA, E DOÍ VER UM GOVERNO COMO O DE ROSEANA SARNEY MOSTRANDO SERVIÇOS PARA BENEFICIAR O MESMO POVO, QUE O GOVERNO DOS BALAIOS QUASE DIZIMA, COM TANTA BESTEIRA QUE FIZERAM USANDO O ERARIO PUBLICO EM BENEFICIO PRÓPRIO.

  6. JACINTO disse:

    Muito engraçado, voces balaios sempre tem uma polemica com o governo trabalhador, e enquanto ficam destilando venenos pra tudo quando é lado, o governo trabalhador segue firme e forte no comando da nossa querida e competente governadora ROSEANA SARNEY, trabalhando com grande afinco em beneficios dos mais nescessitados, construindo hospitais, UPAS, fazendo grandes obras dentro da capital e fora dela e vai entregar nos 400 anos da nossa cidade São Luis, a VIA EXPRESSA, QUE PRESENTE , pra que presente melhor?

  7. netinho disse:

    Nada a comentar senhor blogueiro porém continuo achando q vc é um retardado mental.

  8. D'ITALYANO disse:

    SE NOSSO AMIGO E CANDIDATO POTENCIAL A VEREADOR, FÁBIO CÂMARA CONTINUAR A USAR ESSA CAMISA DA ARGENTINA EU NÃO VOU SER SEU CABO ELITORAL… ISSO É MUITO FEIO FABÃO!!! AGORA, UMA COISA É CERTA , SE CADA UM DESSES VEREADORES PROMOVESSEM UM AÇÃO SOCIAL COMO ESSA QUE TEVE À FRENTE FÁBIO CÂMARA, SEM DÚVIDA SÃO LUIS SERIA UMA CIDADE MELHOR. FÁBIO SERÁ UM ROLO COMPRESSOR NA REGIÃO LIRA,BELIRA,COREIAS E CIRCUNVIZINHANÇAS….. TE CUIDA LÍLIO, LECÍLIO E DEMAIS CANDIDATOS.

  9. EI DINHO QUE TEM PROCESSO COM A JUSTIÇA E A FAMILIA SARNEY….QUE MAMA MAIS TETO DO POVO ESSE CAMBADA DE LADRAO DESSE GRUPO QUE E ALVO DE TODO TIPO DE DEBOCHE PELO PAÍS…..VOU RECOMENDAR UM SHOW DO (CAPITAL INICIAL EM SAO LUIS) PRO POVO FALAR EM VOZ ALTA´””EI SARNEY VAI TOMAR NO C….””””

  10. JOSE BARROS disse:

    IMPRESSIONANTE O CINISMO DA GOVERANDORA, DECLARAR EM ENTREVISTA “EXCLUSIVA” (O JORNAL DA FAMÍLIA DEVE TER FEITO UM GRANDE ” ESFORÇO ” PARA CONSEGUIR ESSA ENTEVISTA), DIZER QUE O SEU GOVERNO DESLANCHOU. ELA SUBESTIMA A NOSSA CAPACIDADE E CREIO QUE AGRADA EM CHEIO SEUS APANIGUADOS E PUXA-SACOS; ALIÁS ESSA ENTREVISTA É SÓ PARA ELES, POIS SÓ ELES ACREDITAM. ONDE ESTÃO AS GRANDES OBRAS? UPAS? COM RECURSOS DO GOVERNO FEDERAL? SEGURANÇA PÚBLICA? SAÚDE? ELA MESMA DISSE E DEVE TER RECONHECIDO SEUS BLEFES, SOBRE OS 72 HOSPITAIS QUE DEVERIAM TER SIDO INAUGURADOS EM DEZEMBRO DE 2010; ONDE FOI APLICADO OS 800 MILHÕES DO BNDES? POR QUE ELA NÃO APROVEITA O PRESTIGIO DE SEU PAI PARA INSTAR JUNTO AO GOVERNO FEDERAL SOBRE A DUPLICAÇÃO DA BR-135? E A REFORMA DO AEROPORTO? RISÍVEL AINDA, A GOVERNADORA ENUMERAR OBRAS QUE ESTÃO SENDO FEITAS PELA INICIATIVA PRIVADA… PIOR É QUE TEM GENTE QUE ACREDITA.

  11. Fernandes disse:

    Olha, o MUNDO precisa conhecer o modelo administrativo que a governadora desenvolve no Maranhão. O PLANETA vai se envergonhar diante da competência nativa. A Suécia, por exemplo, esse país de quinta categoria deve se render a inigualável e maravilhosa gestão aqui implantada. Bem que o governo japonês poderia implorar por uma ajudinha da equipe da governadora para resolver os ploblemas que eles enfrentam por lá. OBAMA está perdido por que QUER, basta um pedido de socorro a nossa deusa da administração que ela dá um OLÉ. O Maranhão é hoje um exemplo para a Nação Brasileira, um modelo invejado até mesmo por países como Dubai e Cingapura. Portanto, TE CUIDA CHINA !!!

  12. Inácio Augusto de Almeida disse:

    Certíssima a ação da OAB-MA. Tem que defender os interesses dos seus associados.
    Seria bom, também, fazer alguma coisa para afastar os analfabetos da política. A presença de analfabetos exercendo cargos eletivos é uma AFRONTA a Constituição Federal.
    A OAB-MA sabe da existência de vereadores analfabetos em quase todos os pequenos municípios brasileiros. Sabe e não move uma palha. Por que? Não sei. Só sei que ela no caso destes vereadores analfabetos nada faz. Eu fui pessoalmente a sede da OAB-MA e fiz um relato sobre este assunto. Ficaram de mandar me chamar para me ouvirem sobre outros assuntos, ficaram com o número do meu telefone e até hoje, nada.
    Os vereadores analfabetos já estão em plena campanha buscando a reeleição. Desconhecem que o período eleitoral ainda não começou. Mas para estes analfabetos, desrespeitar a lei é o de menos. No caso de acontecer algum processo se declararão analfabetos, portanto, inimputáveis.
    Não é lindo este nosso Brasil?
    OAB-MA, ainda está em tempo de fazer alguma coisa.
    A OAB-MA só não pode dizer que não sabia da presença de veradores analfabetos. Jamais poderá dizer que desconhece esta afronta a nossa Constituição Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens