Fechar
Buscar no Site

Nem Lula, nem Bolsonaro: terceira via é opção para 29%

Eleitorado que não pretende votar em Lula ou Bolsonaro é maior que o apoio ao presidente; desconhecimento é vantagem para Leite, Pacheco, Vieira e Trajano

Nas eleições de 2022, 29% do eleitorado não pretende votar em Lula ou Jair Bolsonaro. É o eleitor nem-nem, que soma mais apoio do que os bolsonaristas (23%). Em relação à pesquisa anterior, a distância da Terceira Via para o petista, que lidera com 42%, caiu de 20 para 13 pontos percentuais.

Na medição do desconhecimento do eleitor em relação aos candidatos, levam vantagem Eduardo Leite, Rodrigo Pacheco, Alessandro Vieira e Luiza Trajano. Quanto maior o desconhecimento, maior é o potencial de crescimento do candidato.

Jair Bolsonaro, João Doria e Sergio Moro lideram a rejeição entre os eleitores que já conhecem seus nomes.

A Pesquisa

Pesquisa Quaest/Genial divulgada nesta terça-feira 5 projeta vitória de Lula em todos os cenários considerados para as eleições presidenciais de 2022. As intenções de voto no petista variam entre 43% e 46% no 1º turno – no 2º, o ex-presidente superaria qualquer adversário.

Na média estimada dos oito cenários apresentados para o 1º turno, Lula aparece com 45%, seguido por Jair Bolsonaro, com 26%. Ciro Gomes marca 11%.

No 2º turno, Lula venceria Bolsonaro (53% a 29%), Ciro (49% a 26%), Sergio Moro (52% a 26%), Luiza Trajano (54% a 17%), João Doria (54% a 16%), Eduardo Leite (55% a 15%) e Rodrigo Pacheco (56% a 14%). A pesquisa Quaest/Consultoria contou com 2.048 entrevistas entre 30 de setembro e 3 de outubro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens