Fechar
Buscar no Site

Nas redes sociais, famosos apoiam protestos

AE – Agência Estado

Nas redes sociais, artistas publicaram mensagens em apoio aos protestos contra o aumento das tarifas em São Paulo. No Instagram, a atriz Juliana Paes compartilhou foto, publicada pelo ator Bruno Mazzeo, de uma manifestante com um cartaz: “Desculpe o transtorno, estamos mudando o País.”

A atriz Thammy Miranda compartilhou, também no Instagram, mensagem que destacava: “Vandalismo é o que fazem com seu pai na fila do médico”.

A apresentadora Didi Wagner compartilhou a capa do jornal O Estado de S. Paulo da última sexta-feira, 14, com a manchete sobre o protesto da quinta. “Não dá pra defender vandalismo contra o bem público. Mas a PM, com suas ações truculentas contra a população, só deu vexame ontem. E o governo (municipal, estadual, federal – sim, coloco todos dentro do mesmo saco), também”, comentou.

A atriz Mayana Neiva compartilhou no Instagram a foto da jornalista Giuliana Vallone, da Folha de S.Paulo, ferida com uma bala de borracha no olho, com a pergunta: “Que país é esse?”.

A cantora Luiza Possi reproduziu foto de um policial jogando spray de pimenta em um cinegrafista. “Não, isso não foi no golpe militar de 1964, foi ontem, em 2013 e em São Paulo”, afirmou.

A cantora e atriz Leilah Moreno postou foto e mensagem dizendo ter ficado presa em prédio por causa da confusão na manifestação de quinta. “Não venham para a Copa”, disse.

A cantora Gaby Amarantos publicou fotos da Tropa de Choque partindo para cima de manifestantes que estavam sentados na rua.

Pelo Twitter, o ator José de Abreu disse que o movimento “mostrou pra classe média como a PM age contra os pobres”. O comediante Rafinha Bastos fez uma convocação, também pelo Twitter: “Amanhã (hoje) tem uma super manifestação no Largo da Batata (SP) que começa às 17h. Todo mundo lá!”. “É a Primavera brasileira”, disse o cantor Lulu Santos pelo Twitter, numa referência à Primavera Árabe.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Nas redes sociais, famosos apoiam protestos”

  1. jose do rego disse:

    Sou a favor de protestos, participei de muitos e vejo hoje, a infiltração de muita gente política que se aproveita da ocasião. Porque agora? Bem agora o BRASIL vive um momento especial e é mostrado ao mundo inteiro.Reclamar sobre gastos da copa é bastante providencial, pois necessitamos de saúde, educação, produção e renda e muita coisa deve ser reclamada. Mas vejam só aqueles que têm ideais e responsabilidade com todas essas coisas estão servindo de trampolim, bucha de canhão para militantes políticos. Um exemplo é a invasão da ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA do Rio de Janeiro. Há movimentos contra aumento de passagens de ônibus e os oportunistas estão no meio. O quebra quebra feito no bem público ou privado é orientado pelos oportunistas que aproveitam a ocasião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens