Fechar
Buscar no Site

Menino de dois anos aprende a mamar direto na vaca

Folha de São Paulo

Um cambojano diz que seu neto mais novo aprendeu a mamar direto nas tetas da vaca. Isso o teria ajudado a sobreviver ao abandono dos pais.

O menino Tha Sophat, de 20 meses, começou a mamar direto na vaca em julho depois de ter visto um bezerro fazendo o mesmo. Ele foi abandonado pelos pais camponeses.

Segundo a agência de notícias Associated Press, o animal empurrou o menino das primeiras vezes, mas depois aceitou que a criança mamasse duas vezes por dia.

Tha Sophat vive agora com os avós no nordeste do Camboja. A vaca já se acostumou ao “bezerrinho”, mas o avô está preocupado com a saúde do neto.

Tha Sophat, o menino que mama direto nas tetas da vaca

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

5 respostas para “Menino de dois anos aprende a mamar direto na vaca”

  1. Macabeu disse:

    Se esse menino fosse filho de Sarney, quando crescesses o Maranhão estaria perdido.

  2. Inácio Augusto de Almeida disse:

    Danado é aqui. Tem gente com mais de 80 anos que AINDA CONTINUA mamando nas tetas desta nação. E nem pensa em parar…

  3. pedro rodrigues da silva disse:

    John.

    Mamar nas tetas da vca é até salutar, pois o leite é mugido. Agora mamar nas tetas do povo e do dinmheiro público, isto sim é uma prática vergonhosa dos polítcos maranhenses e de todo o Brasil,pois estes sarnys mamaram tanto nas tetas e ainda mamam que o leite que mamaram vai dar prá sustentar os vivos os que vão nascer, os que vão morrr e ainda sobra prá darumpouco deste leiteprô capêta,pois eles são esperados no portal do inferno de Dante,pois sarney história é o barqueiro do inferno e anoiva de dante é Rosengana. Só tem que ter cuidaod eles para não se queimar no leite quente, pis a temperaTURA LÁ É ALTA.

  4. BENIGNO disse:

    John, procuras publicar matérias de cunho mais extraordinário, tu ainda não viste nada! Eu tenho um conterrâneo municipal, que com um aninho apenas, nascido a 24 de abril de 1930; não é que o danadinho fora um autodidata na habilidade de sugar as tetas do Erário Público? Mas você, maranhense, que é pobre, não fique com inveja, um dia também você suga, ou aliás, chUPA, quando precisar do atendimento em uma UPA. No caso do meu prodigioso conterrâneo há uma justificativa patológica, o bacana tem intolerância à lactose. Por ser uma restrição de tendência hereditária, cada um dos seus descendentes tornaram-se um Remo ou um Rômulo nos mamilos da lendária Loba, até hoje.
    A propósito, UPA é uma unidade médica, humana, ou veterinária? Porque, na equitação, UPA é um interjeição que se brada, quando se deseja fazer um cavalo levantar as patas dianteiras. UPA! vem de UP em inglês: para cima, pro alto etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens