Fechar
Buscar no Site

Márcio França diz que Flávio Dino está de mudança para o PSB; Orlando Silva reage

Terceiro colocado na corrida à Prefeitura de São Paulo, Márcio França (PSB) indicou em entrevista à Folha que tenta atrair o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, para sua órbita e a do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), que foi aliado do ex-governador na eleição paulistana e é presidenciável para 2022.

“Se o Kassab faz um movimento como esse, rumo ao Ciro, seria importante”, disse ele, incluindo na costura de um eventual projeto nacional o prefeito reeleito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD).

Para o ex-governador, Bruno Covas (PSDB) foi para o segundo turno contra Guilherme Boulos (PSOL) e venceu porque preencheu um espaço de “meio” (ou “miolo”) que ele almejava ocupar.

França, que é tido como negociador habilidoso e se descreve como alguém pragmático, revelou ainda ter expectativa de ganhar como colega no PSB o governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B).

“Suponha que saia uma chapa tipo Kalil presidente da República, com Cid Gomes [senador do PDT e irmão de Ciro] vice, por exemplo. Aí acerta Pernambuco, acerta Ceará, entra São Paulo, e pronto, já está feito um enquadramento. É um eixo [possível]. O Kassab joga um papel importante aí. E há um papel importante agora que vai ser jogado pelo Flávio Dino, que eu sinto que está de mudança. Para o PSB? Acho que sim. Sou muito amigo do Flávio. Ele é brilhante. Foi o melhor deputado que eu conheci em Brasília. O movimento dele vai ser o mais importante dos próximos dias. O PC do B está com um problema [com a cláusula de barreira]. Ou eles migram para algum canto ou vão ser diluídos” disse França.

Sobre a disputa presidencial em 2022, Márcio França afirmou que Doria, Ciro Gomes (PDT) e Bolsonaro estão consolidados como pré-candidatos.

Quando questionado sobre as alianças para 2022, Márcio França deixa a possibilidade de uma chapa presidencial com Alexandre Kalil (prefeito de Belo Horizonte, pelo PSD, reeleito no primeiro turno com 63,36% dos votos) e Cid Gomes (senador pelo PDT) na vice.

Ao analisar os vitoriosos da eleição 2020, França indica três: Kassab, Doria e Ciro. Também destaca a importância de Gilberto Kassab para 2022.

“O Kassab botou uma candidatura em São Paulo sem chamar muita atenção (Andrea Matarazzo) e sem brigar com ninguém. E foi muito bem no estado e no Brasil. Ele é um player nacional relevante, está descolado do centrão. Além disso, percebo o Kalil como uma estrela em ascensão, é ligado ao Kassab e amigo do Ciro. Vejo nisso aí uma certa chance, um certo alinhamento”, analisa.

Em seguida, França diz que Kassab não tem simpatia pela aliança PSDB-DEM. “Se o Kassab faz um movimento como esse, rumo ao Ciro, seria importante. Sinto que o Kassab não tem simpatia pela engenharia PSDB-DEM. Conheço o jeitão dele. Ele não tem nada a ver com o Doria também. Ele é rival do DEM”, disse.

Para França outro personagem importante para 2022 é Flávio Dino. “Há um papel importante agora que vai ser jogado pelo Flávio Dino que está de mudança”, revela França, que é questionado pela reportagem da Folha se o governador do Maranhão está de mudança para o PSB.

Orlando Silva reage

O deputado federal, Orlando Silva (PCdoB-SP), reagiu à declaração do ex-governador de São Paulo, Márcio França (PSB), de que o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), estaria de mudança para o PSB.

Para Orlando, “se há algo deplorável é o desrespeito, como o de Márcio França conosco”. O ex-ministro perguntou ainda: “quer construir a frente ampla assim?” e a seguir afirmou que “o que nos move é um projeto histórico, talvez incompreensível para quem só pensa na próxima eleição”.

“Sou militante do PCdoB há mais de 30 anos. Se há algo deplorável é o desrespeito, como o de Márcio França conosco. Quer construir a frente ampla assim? O que nos move é um projeto histórico, talvez incompreensível para quem só pensa na próxima eleição.”

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens