Fechar
Buscar no Site

“Mais desenvolvimento pro Maranhão”, diz Simplício sobre novo aeroporto de Barreirinhas

“Ao longo dos últimos anos, um dos nossos maiores esforços no Governo do Estado tem sido ampliar a malha aeroportuária no Maranhão, visando a atração de investimentos, o aumento do turismo e a geração de emprego e renda”, pontua o secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, sobre a inauguração do novo Aeroporto Regional de Barreirinhas, entregue oficialmente pelo governador Flávio Dino.

Com uma área de 3.400 m² e investimentos de R$ 6,7 milhões para sua construção, o Aeroporto de Barreirinhas conta com espaços para embarque/desembarque, saguão, loja de artesanato, guichês para as empresas aéreas e restaurante.

Além destes espaços, o aeroporto, que é administrado pela Seinc desde julho deste ano, terá também um Centro de Atendimento ao Turista (CAT) e uma Superintendência de Turismo dos Lençóis Maranhenses – ambos vinculados à Secretaria de Estado do Turismo (Setur).

Para Simplício Araújo, o aeroporto, que em breve irá contar com voos comerciais, é um importante incentivo para o desenvolvimento e crescimento do Maranhão, sobretudo na economia da região dos Lençóis Maranhenses.

“Muitas cadeias serão impulsionadas em todo o Estado com este aeroporto. Não só a do turismo, mas tantas outras cadeias produtivas importantes que dependem do tráfego aéreo para impulsionar suas produções. É por meio de ações como essa que seguiremos investindo em ampliar o desenvolvimento do Maranhão”, pontuou o secretário.

O Aeroporto Regional de Barreirinhas tem capacidade para pouso e decolagem para aeronaves do modelo A319 de até 120 passageiros e um terminal que poderá atender até 300 pessoas por dia.

Melhorias

Ao longo dos últimos sete anos, o Governo do Estado, por meio da Seinc, tem firmado parcerias, iniciado diálogos e estabelecido estratégias para investir em melhorias nos aeroportos maranhenses.

As ações de recuperação dos aeroportos foram alcançadas a partir de decisões estratégicas tomadas em conjunto com as demais secretarias estaduais. Entre as cidades com unidades de tráfego aéreo, estão: Balsas, Bacabal, Barra do Corda, Barreirinhas, Carolina e Santa Inês.

Controle de pouso e decolagens em aeroportos

Aeroporto de Barreirinhas (Foto: Divulgação)

Em novembro de 2020, o Governo do Estado, via Seinc, firmou contrato com a Infraero para fazer a gestão de cobranças e o repasse de taxas pelo Sistema Unificado de Arrecadação e Cobrança das Tarifas Aeroportuárias (Sucotap) em seis aeroportos maranhenses: nas cidades de Balsas, Bacabal, Barra do Corda, Carolina, Santa Inês e, também, no de Barreirinhas.

O Sucotap é um conjunto integrado de normas, procedimentos, recursos (humanos, tecnológicos e financeiros) e instrumentos de controle, e será utilizado para processar, cobrar, arrecadar e efetuar o repasse do valor arrecadado com as tarifas aeroportuárias de embarque, pouso, permanência e conexão nestes aeroportos.

O contrato visa fomentar recursos em função do uso dos aeroportos em taxas de pousos, decolagem e de estadia, tendo em vista que não havia retorno destas receitas para custear parte do que o governo investe na manutenção dos aeroportos.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens