Fechar
Buscar no Site

Lobão não descarta substituir Sarney na presidência do Senado

Da Folha de São Paulo

O ministro Edison Lobão (Minas e Energia) disse nesta terça-feira (13) que não descarta voltar ao Senado para substituir José Sarney (PMDB-AP) na presidência da Casa. Ele afirmou não ter sido sondado pela presidente Dilma Rousseff, mas disse que, como é senador, não teria condições de rejeitar eventual pedido.

“Até o momento, não fui sondado por absolutamente ninguém a esse respeito”, disse Lobão, defendendo a eleição de Renan Calheiros (PMDB-AL).

A hipótese da volta de Lobão surge porque seria um dos únicos nomes que teriam consenso entre PT e PMDB, evitando uma disputa entre os dois partidos, em crise.

“O PMDB tem vários nomes com condições de ser o presidente, inclusive Lobão. Não administramos um cenário de escassez, qualquer um é legítimo” , declarou o senador Renan Calheiros (PMDB-AL).

Lobão disse que a troca feita por Dilma na liderança do governo no Senado, tirando Romero Jucá (PMDB-RR) e colocando Eduardo Braga (PMDB-AM) poderá “apaziguar os ânimos”. “A relação do PMDB com o governo pode não ser ótima, mas é civilizada”, afirmou o ministro.

A indicação de Braga tem como principal objetivo agradar a bancada do PMDB na Casa, irritada com a concentração de poder nas mãos de Renan, Jucá e Sarney.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens