Fechar
Buscar no Site

Julião Amim diz que PDT não apoiará PT sarneysista

Julião expõe protocolo do TRE que oficializa nova Comissão Estadual do PDT que presidida por ele

Do blog do Frederico Luiz

Na manhã de hoje, em sua residência, o ex-deputado federal Julião Amim, atual presidente do PDT-MA recebeu repórteres e falou sobre o novo momento do PDT no estado, além dos caminhos que a sigla pretende seguir nas eleições municipais de 2012 e estadual de 2014.

Julião tem larga experiência política e administrativa. É quase um ‘pré-histórico do trabalhismo’, entrou no PDT em 1985. Foi diretor administrativo do Banco do Estado do Maranhão, BEM (1987-1990), secretário de Fazenda de São Luis- MA (1992) e (1997-1998), Chefe de Gabinete do prefeito Jackson Lago em São Luis (1993), secretário Extraordinário de Segurança Alimentar de São Luis (2003).

Amim ainda foi deputado estadual e deputado federal (2007-2011) e entrou na política como líder sindical. Presidiu o Sindicato dos Bancários do Maranhão de 1979 a 1985.

Jackson é uma espécie de Pelé, só aparece um a cada 100 anos.. e olhe lá! (Julião Amim)

Ao blogue, o novo presidente respondeu cinco perguntas com exclusividade. Acompanhe:

Blogue do Frederico Luiz – Quando serão nomeadas as novas comissões municipais?

Julião Amim – Defendo o desempenho eleitoral. Acredito que temos que observar o resultado das eleições anteriores para sentirmos quem são de fato as lideranças e só então nomearmos tais comissões.

Blog – O senhor pretende conversar com a base do governo Dilma, mais precisamente com o PT? Ou vai para a oposição ao governo estadual?

Temos uma situação diferente no Maranhão. Não podemos apoiar o PT porque no Estado ele é aliado do nosso adversário natural, que é grupo Sarney. Penso que temos que unir as oposições para consolidar um grupo pensando em 2012 e 2014.

Blog – Durante muito tempo, Jackson presidiu o PDT, mas estava sempre licenciado, e o senhor como vice-presidente exerceu a presidência por muitos anos, isso facilita o trabalho à frente do PDT?

A experiência vai facilitar o trato à frente do partido, claro que com ressalvas. Porque nesse momento, o foco e principalmente exigir dos diretórios apoio irrestrito aos candidatos do PDT em cada município. Não vamos tolerar que dirigentes do PDT apóiem candidatos de outro partido. Todo o apoio dos diretórios vai ter que passar pela executiva estadual.

Blog – O PDT tem uma estimativa de quantos prefeitos e vereadores vai eleger no Estado na eleição deste ano?

Temos 211 diretórios no Estado. Atualmente estamos levantando quantos candidatos teremos e quantos de fato temos chance de eleger no Estado.

Blog – Sabendo do encontro estadual (confirmado) e que pode adquirir caráter nacional no próximo dia 21 de abril, o partido pretende realizar encontros regionais, e quando esse calendário será divulgado?

Temos uma agenda a ser aprovada na reunião da executiva estadual no próximo dia 27. Depois que essa agenda for aprovada, divulgaremos os pré-encontros que serão realizados em sete regiões do Estado.

Nota: Título original do post é “entrevista Exclusiva: Julião assume o PDT-MA, ‘coloca ordem na casa’ e reposiciona a sigla para 2012 e 2014”.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

7 respostas para “Julião Amim diz que PDT não apoiará PT sarneysista”

  1. Gaspar Netto disse:

    como é que o “juliano” trabalhando como assessor do “lupi” foi riffado da peidetância no maranhão? é claro que no MTE ele sempre foi um estranho no ninho. agora ele quer fazer um pedetezinho proprio e loge da sarneyzada, depois de negociar com castelo ou dinno ou tadeu. esse julianno

  2. Zé do Caixão disse:

    Não existe PT Sarneísta o PT é um só, pois se o PT hoje apoia Sarney então que vão pedir explicações ao Lula.

  3. LIMA disse:

    QUE BOM!!!! NAO QUEREMOS UM PARTIDO LASCADO COMO ESSE! NAO PRECISAMOS DE ESMOLAS!!! SOMOS FORTES SOMENTE COM O PMDB.! O RESTO É RESTO!

  4. pericles disse:

    Vem cá, porque tú não perguntastes o porque das porradas, que ele Julião, e Weverton Rocha “encomendaram” ao Jerry Abrantes para serem dadas no Igort Lago.
    Como é de conhecimento de todos, Abrantes, por ordem expressas de Julião e Weverton, encheu a cara de Lago Filho de porradas.

  5. Inácio Augusto de Almeida disse:

    O PDT caminha no Maranhão para um final melancólico.
    De máquina está passando a vagão.
    Diz não se atrelar ao Grupo Sarney mas deixa implícito que se deixará rebocar pelos falsos oposicionistas, o que dá no mesmo.
    Se o PDT quer realmente seguir na oposição a Sarney tem que buscar aproximar-se do PSTU e do PSOL, para juntos formarem um bloco de oposição verdadeira ao senador amapaense.
    Mas não acredito que isto aconteça com este senhor na presidência do diretório estadual.
    Que o Igor Lago arranje uma solução para este grave problema.
    Continuar num PDT atrelado a um tal de LUPPI é assinar um termo de adesão a Sarney ou aos falsos oposicionistas liderados por Flávio Dino.
    E qual a diferença de estar apoiando Sarney ou Flávio Dino?
    A mesma de seis para meia dúzia?
    Acho que sim.

  6. VIRGULINO ( LAMPIAO) disse:

    PMDB (partido maranhense das bichonas)…
    presidente. LIMA

  7. mario Domeno disse:

    TRAIDORES!!! WEVERTON, RENATO DIONÍSIO, JERRY ABRANTES, JULIÃO AMIN, LUPI TRAÍRAM A MEMÓRIA DO LÍDER JACKSON LAGO. O MARANHÃO SABE DISSO E TODOS PAGARÃO CARO POR ESSA TRAIÇÃO. FICO IMPRESSIONADO COMO TIVERAM A CORAGEM DE FAZER TAMANHA VIOLÊNCIA COM QUEM, EM VIDA, FEZ TUDO POR ELES. FORAM CAPAZES DE MANDAR BATER NO FILHO DO GOVERNADOR E AINDA FORAM COROADOS, PREMIADOS. ELES NÃO PERDEM POR ESPERAR.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens