Fechar
Buscar no Site

Informes da manhã

Sarney perde força no PMDB

Depois de ajudar a derrotar o governo no Senado, o PMDB rebelde pediu para ter uma interlocução direta com a presidenta Dilma Rousseff. Metade da bancada não se vê mais representada pelos senadores Renan Calheiros (AL) e José Sarney (AP), respectivamente, líder da bancada do PMDB e presidente do Senado. Os dois caciques estão sendo fortemente criticados pelos demais senadores peemedebistas.

Patrão sou eu

Líder dos rebeldes, Vital do Rêgo (PB) quer ocupar liderança do PMDB e já avisou que não segue mais orientações de Renan e Sarney.

Será?

O deputado estadual Roberto Costa (PMDB) trabalha na surdina para ser Presidente da Assembléia Legislativa. A Governadora Roseana continua querendo que ele assuma uma Secretaria. Quem vai levar a melhor? (Blog do Louremar)

Gozação de Ideli afugenta Sarney do Planalto

Dilma não tem só a briga do PT com partidos da base para administrar. Seu principal aliado no Congresso, senador José Sarney, há semanas interrompeu o entendimento com o governo, em represália à piadinha que ouviu sobre ele mesmo. Sem perceber sua presença, a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) pilheriou, gritando uma conversa que havia sido particular: “Sarney quer indicar de novo os diretores da Valec [estatal de ferrovias], assim não dá!” E gargalhou sozinha.

Saia justa

Ao perceber que o senador José Sarney ouvira sua gozação, a ministra Ideli Salvatti ficou sem graça e tentou se desculpar. Em vão.

Esperando sentado

Sarney vai a eventos no Planalto, sorri para Dilma, fecha a cara para Ideli, mas não dá papo a elas. Ainda espera um pedido de desculpas. (Da coluna do Claudio Humberto)

Sinal vermelho

A Associação Brasileira de Resorts apresentou ao ministro Gastão Vieira (Turismo) relatório mostrando que está com taxa de ocupação estagnada em 50% há quatro anos. Quer revisão da carga tributária e da legislação trabalhista. (Da coluna do Ilimar Franco)

Governo itinerante

A assessoria da governadora Roseana Sarney Murad elabora o mapa por onde deverá passar o governo itinerante que sua excelência sempre faz em vésperas de eleições. Como ela não está cem por cento fisicamente, a itinerancia deve ser limitada a algumas cidades importantes onde os correligionários estão mal junto à comunidade. E deve ter, na frota de carros, uma UTI para qualquer emergência. Sabe como é, nas suas últimas andanças pelo estado Roseana teve alguns piripaques e teve que ser conduzida as pressas para hospitais. Vida longa para a donatária da Capitania do Maranhão. (Do Jornal Tribuna do Nordeste)

Médico maranhense é Oficial do Exército

Cláudio Revil é um jovem de Lago Verde recém-formado em Medicina no Rio de Janeiro. Ele ingressou no Exército no quadro de Oficiais. Da Cidade Maravilhosa vem o registro com a ‘casca’ do Exército Brasileiro, numa deferência aos seus conterrâneos. “Eu sou apaixonado pela minha terra. Estudei em Lago Verde até o ginásio e vim para o Rio, mas não esqueço as amizades’, destaca Claúdio, ao enfatizar que “aonde eu for vou carregar o nome de Lago Verde e da família Revil”.

Pressão pelo julgamento do mensalão

As juventudes dos PSDB, DEM e PPS estão se articulando para fazer uma grande manifestação em frente ao Supremo Tribunal Federal para pressionar pelo julgamento do mensalão ainda este ano. A idéia dos partidos é levar pelo menos dois mil manifestantes da ala jovem das legendas para Brasília no próximo dia 13 de abril. A meta é cada partido trazer pelo menos um ônibus cheio de militantes de cada estado. O Maranhão deve se fazer representado.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

4 respostas para “Informes da manhã”

  1. SAMUEL DE VITERBOS P. SANTOS-MA disse:

    Ao não aprovar a recondução do nome do indicado direto da Presidenta Dilma para a Agencia Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo, Sarney e Renan TRAÍRAM Dilma, gerando desconfiança geral no Planalto, o que vai desmoronar de vez o (des)prestígio desses dois senadores, astros do PMDB fisiológico, que sempre pressionou os governos por mais e mais cargos federais, ávidos como aves de rapina por dinheiro público.
    Só que Dilma não é Lula, tem uma percepção maior sobre quanto mal faz a corrupção ao País; além do que, a mesma é signatária de um tratado internacional de combate à corrupção e pela transparência, assinado em Nova York, com Barak Obama.

  2. Amarildo Ronis. disse:

    JONH em VITÓRIA DO MEARIM a coisa tá feia para a atual prefeita Dorís, se já não bastasse a cobrança interrupta de milhares de agiotas, agora surge um candidato, q é querido pela juventude local, uma cara nova na politica vitoriense q vem tirando o sono da atual administração, ou seja ela vai perder as eleições para a juventude. Corram agiotas, vocês vão perder ou melhor já perderam play-bois.

  3. djalma saraiva filho disse:

    Matéria veiculada na Folha de São Paulo hoje!

    Deputados contratam firma ligada a neto de José Sarney

    Sócio diz que Gabriel Sarney cuida da ‘inteligência política’ da empresa

    Jovem e seu pai, o deputado Sarney Filho, negam que tenha ocorrido qualquer influência política

    LEANDRO COLON
    DE BRASÍLIA
    Uma empresa ligada a um neto do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), recebeu verbas da Câmara dos Deputados nos últimos meses, driblando normas criadas para evitar que parentes de congressistas sejam beneficiados dessa maneira.

    Gabriel Cordeiro Sarney, 24, é filho do deputado Sarney Filho (PV-MA) e é um dos três sócios da Ideaspread Participações, criada em agosto do ano passado.

    A Metagov Comunicação, empresa controlada pelos dois sócios de Gabriel na Ideaspread, foi contratada por gabinetes de vários deputados, entre eles Sarney Filho, para dar consultoria política e criar sites e aplicativos.

    Gabriel e Sarney Filho negaram que a contratação da Metagov tenha ocorrido por influência política.

    Todos os parlamentares têm direito a uma verba mensal para custear despesas ligadas ao exercício de seu mandato, mas o regimento interno da Câmara proíbe empresas de parentes do deputado até o terceiro grau de receber esse dinheiro.

    Além de ter sócios em comum, a Ideaspread e a Metagov foram registradas na Junta Comercial do Estado de São Paulo com o mesmo endereço, em uma sala comercial em Moema (zona sul de SP).

    Gabriel dá expediente no escritório e usa um e-mail da Metagov para contatos.

    Até a quinta-feira passada, o perfil da Ideaspread no Facebook apresentava a Metagov como uma empresa “controlada pela Ideaspread”.

    Os registros da Metagov, criada em 2010, indicam como sócios da empresa Felipe Martins de Carvalho e Marcos Del Valle, que são os sócios de Gabriel na Ideaspread.

    Em entrevista à Folha, Del Valle disse que Gabriel “trabalha com a parte do que a gente chama de inteligência política” na Metagov.

    Del Valle disse que foi Gabriel quem apresentou a empresa a Sarney Filho. “Neste caso, [Gabriel] nos ajudou a conhecer o pai dele”, disse.

    Sarney Filho contratou a Metagov em fevereiro do ano passado e manteve a empresa entre os prestadores de serviços de seu gabinete após a criação da Ideaspread.

    Desde o ano passado, a Metagov recebeu pelo menos R$ 260 mil de gabinetes de deputados, segundo prestações de contas disponíveis no site da Câmara. Sarney Filho repassou R$ 72,5 mil.

    Além dele, outros deputados usaram verbas da Câmara para pagar a empresa, entre eles Romário (PSB-RJ), Roberto Freire (PPS-SP), Renan Filho (PMDB-AL), Júlio Delgado (PSB-MG) e Wilson Filho (PMDB-PB).

    Gabriel é irmão de José Adriano, envolvido em um escândalo do Senado em 2009 após a descoberta de que intermediava crédito consignado a servidores.

    Ele é o quarto neto de Sarney que aparece ligado a verbas do Congresso. Em 2009 foi revelado que João Fernando, filho do empresário Fernando Sarney, era funcionário-fantasma do gabinete de Epitácio Cafeteira (PTB-MA).

    No ano anterior, sua irmã Maria Beatriz pediu ao avô, em conversa telefônica, a nomeação do namorado para um cargo do Senado, o que acabou ocorrendo.

    Próximo Texto | Índice | Comunicar Erros

  4. Centro acadêmico de medicina da uema disse:

    Bira denuncia situação precária do curso de medicina da Uema de Caxias
    12/03/2012 18:58:18 – Da Assecom/Gab. do dep. Bira do Pindaré

    O deputado Bira do Pindaré (PT) utilizou o pequeno expediente da Assembleia Legislativa, na tarde desta sexta-feira (12), para denunciar o descaso com a saúde e a educação em Caxias.

    Uma comitiva de estudantes do Centro Acadêmico do Curso de Medicina da Uema de Caxias entregou ao parlamentar denuncias sobre a precariedade dos laboratórios do curso de medicina entre outros assuntos.

    Os membros do CA também denunciaram a não contratação dos professores concursados que ainda não foram nomeados. O laboratório não possui cadáveres do sexo feminino e o Ambulatório Escola do curso não está funcionando.

    “O Maranhão tem o pior déficit de números de professores por habitantes do Brasil. A prioridade na Saúde do MA deve ser a qualidade de formação dos médicos”, protestou Bira.

    O parlamentar anunciou que encaminhará ao reitor da Uema um pedido de informações sobre a situação denunciada pelos estudantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens