Fechar
Buscar no Site

Ideologia? Uma para entender

Por Chico Viana (Vereador de São Luís)

Longe de mim querer ser politicamente incorreto, numa época em que a acusação de descriminação virou moda e descobrem-se más intenções em tudo, mesmo porque vivemos outra época , e já se faz longe o tempo em que comunistas eram acusados de “comedores de criancinhas”e caçados, a ferro e fogo como as bruxas na idade média, quando mais de 50 mil delasperderam a vida, a maioria imolada em fogueiras.

A “caça a bruxa” aos comunistas, como essência do mal e da traição à Patria, alcançou seu auge com na década de 40, onde milhares de cidadãos americanos, grande parte intelectuais e artistas, no que se denominou de macartismo , cunhado para criticar as ações do senador americano Joseph McCarthy , seu mais ferrenho radical e insensato inimigo, na época .

Então não falemos de pessoas, mas de ideologias, de coerência ideológica, afinal o fundamento as bases do comunismo moderno ainda são as mesmas desde sua criação inspirada na Manifesto do Partido Comunista elaborado pelos filósofos alemãs Karl Max e Friendrich Engles, em 1848. Sua essência, o Materlismo Dialético Histórico, é a idéia pétrea desde caldo ideológico que hoje já se estende, através dos Partidos Comunistas, por cerca por 45 países, hum bilhão de filiados , quer no governo, quer na oposição, quer em coalização com outros partidos.

É um partido de rígidos princípios e em nada mudou desde sua atuação objetiva na Revolução Russa de outubro de 1917, no que ficou conhecido por Revolução de Outubro ou Revolução Vermelha lideradas, dentre outros, por Lênin, Zinoviev, Radek. e que tinha como expoentes Stalin e Trotsky .

Em suma, o socialismo de Max ou Marxismo é um movimento dialético, fundamentando a evolução histórica da luta de classes e com uma interpretação determinista da economia.

No Brasil, foi fundado em 25 de março de 1922, reorganizado em 18 de fevereiro de 1962 e legalizado, em sua fase atual, em 27 de março de 1985.

Para deixar bem claro sua indissociável submissão aos princípios Marxista, o Estatuto Vigente do Partido Comunista, enfatiza em seu artigo 1º: ….”.Organização política de Vanguarda consciente do proletariado, guia-se pela teoria científica e revolucionária elaborada por Marx e Engels, desenvolvida por Lênin e outros revolucionários marxistas. “

E para deixar mais claro ainda a absoluta obediência e a completa fidelidade aos seus princípios ideológicos, a artigo 4º do referido Estatuto arremata: “Os filiados e filiadas são patrimônio político do Partido , que empreende esforços permanentes para elevar sua consciência política, sua participação na vida partidária e seu compromisso de militante.

Então, não restam dúvidas. Os fundamentos do Partido Comunista devem ser preservados e observados com todo rigor e em direta consonância com o que foi pregado e estabelecido por Marx, Engels e outros revolucionários marxistas como Lênin, Stalin, Trotsky, etc….

Eis,então um ponto curioso e contraditório que de há muito volteia o meu pensamento e que, de vez em quando se exacerba por episódios, ou testemunhos ocasionais.

No momento, a discussão do título de cidadão de São Luis ao Pastor Malafaia, um inegável líder espiritual dos Evangélicos e, honestamente um dos mais ferrenhos opositores de homossexuais e do homossexualismo, que fundamenta sua posição, quase que exclusivamente em princípios cristãos e esgrima como ninguém a Bíblia Sagrada para provar que não se deve conviver. nem incentivar o que, no seu ponto de vista, desafia a palavra de Cristo, os mandamentos do Senhor.

Tudo bem que ele assim o faça, é coerente, mas é exótico vermos que comunistas usem do mesmo argumento, e de Bíblia em punho, como uma adaga, pretenda punir pessoas por opção sexual, implacáveis, com as preferências e escolhas de cada um . São inflexíveis e, quando muito, acenam com a piedade e benevolência de Cristo que, tal como perdoou e acolheu os pecadores e doentes, como leprosos, aleijados, cegos, assim faria com os homossexuais, enfim nivela o segmento ao estigma, numa infeliz comparação que .e a marca do preconceito.Tudo no estrito enquadramento da palavra sagrada.

Ou há um inominável absurdo, ou uma imperdoável ignorância, membros do Partido Comunista que assim procedem . Estão traindo sua ideologia e suas verdades, expressass e aceitas por cada um deles quando se comprometeram com o seu Estatuto, lembram? “Guia-se pelo que foi pregado por Marx, Engels e desenvolvida por Lênin e outros.”

Pois é, interrompendo, por aqui, que a gente ainda volta ao assunto, e em nome da disciplina e coerência partidária, cito o artigo de Wladimir Lênin. “O Socialismo e a Religião: “O socialismo é ateu e se baseia numa concepção científica do mundo, do mundo materialista “

A filosofia marxista sustenta que tudo que existe no mundo é matéria, que o mundo é um ser necessariamente material e que nada existe além do limite alcançado por nossos sentidos, ou que possa ser objetivamente comprovado. Não existem seres espirituais, tais como alma, Deus e vida sobrenatural.

A religião para Marx é “ópio que faz com que o povo permaneça em estado letárgico e esqueça as misérias da terra. Eliminando Deus, desaparece a idéia de uma lei moral e de um prêmio, ou castigo para os cumpridores ou violadores da lei. O único céu, é o paraíso do qual desfrutarão, num futuro não distante, as gerações comunistas.

Faço uma pausa , evocando Cazuza: Ideologia? Eu quero uma para entender.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

7 respostas para “Ideologia? Uma para entender”

  1. luis disse:

    Desculpe “camarada “(era assim que os antigos comunistas se tratavam) Mas existe uma diferença entre materialismo histórico e materialismo dialético. para maiores esclarecimentos busque as seguintes obras: Konder, Leandro: O que é dialética; 1ª edição: Abril Cultural , Brasilienses, Coleção Primeiros Passos- 1985.
    Chakhnazárov, G. e Krássine,Iú: Fundamentos do Marxismo-Leninismo; 1ª
    edição: Edições Progresso, Moscou-URSS; 1985.

  2. luis disse:

    Você deve ter lido apenas o manifesto comunista que é na verdade um apanhado geral da obra de Marx, uma espécie de vulgarização, um outro erro foi ter prendido sua análise somente ao aspecto econômico, esse tipo de análise mais tarde será conhecido como marxismo vulgar. as contribuições de Marx no campo da sociologia da filosofia e da própria economia estão ai para todo mundo ver essa demonização do velho Marx, é feito geralmente por quem nunca leu Marx

  3. movimento democrata livre de são luis, e outros disse:

    o entusiasmo desse vereador de são luis medico e integrante da comissão de saúde da camara, visto nas publicações em blog, inclusive quanto seu espanto diante dos danos a saude de uma grande parcela da população sanluisense, causado pela questão produção de aluminio, seus residuos toxicos e altamente toxicos, do jeito como a custo zero tem sido estes DECANTADOS em lagos artificais construidos na zona rural da capital são luis, razão por que acreditavamos nós Movimentos Sociais cobradores de uma discussão séria a respeito, que esse chico viana fosse sério o bastante para com justificativas propor uma CPI para investigar e buscar minimizar as consequencias dessa questão, não discutida ha mais de tres decadas. E esse vereador depois das ultimas férias, dá demonstração de que se esqueceu desse compromisso público. Será? ou ele se ……………………………

  4. João Filho disse:

    Bastou a aproximação de Edivaldo Holanda Júnior ao Flávio Dino para que o caostelista Chico Viana escrevesse besteiras – como sempre, temos uma Câmara de Vereadores vassala ao prefeito. A questão do comunismo passaria antes pelo socialismo. E a questão do Silas é pela liberdade de expressão e opinião. E quanto a questão do título foi dado ao Serra que, notoriamente, não suporta nordestinos (o árduo defensor do sul).

  5. Dom Cosme... disse:

    Ilustre Vereador Chico Mendes:
    Eu sou daqueles que mesmo não sendo evangélico, concordo co o que disse e diz o Pastor Silas Malafaia a respeito do comportamento que algumas pessoas em relação ao movimento homossexual aqui no Brasil. Sou daqueles que acredita que todos tem que ter direito a ter direito. Todo mundo faz discriminação a respeito daquilo eu não gosto ou não concorda.
    Eu sou professor da rede pública de ensino do estado e do meu município… Em 44 (quarenta e quatro ) de magistério, já tive alunos e alunas homossexuais, mas em nenhum momento tratei essa pessoas com preconceito a respeito das suas condutas íntimas. Assim como em seu consultório (quando vc atendia como médico) teve a oportunidade de se deparar com muita gente nessa situação… o seu dever profissional , exige de você que seja apenas médico, e eu professor. Como professor, não posso me meter na vida de meus alunos, mas também eu tenho o direito de discordar de quaisquer que sejam os assuntos ou temas , sem que no entanto isso venha ser creditado a mim conduta preconceituosa , porque eu sou hétero, e portanto , não concordando com a pratica do homossexualismo, tenha que aceitar que alguém detrate de mim por causa de minha conduta hétero. O que se esta fazendo no Brasil é tentar calar a boca de quem não concorda com determinados temas. Eu sou de uma tradicional família que preza por princípios, tais como: Os opostos se atraem. Eu tenho um amigo que vive lá pelas bandas do Ceará e certa vez me disse que eu cultivo homofobia .Eu não sou homofóbico, porque fobia é medo , e eu não tenho medo do homossexualismo, nem tão pouco do homossexual, acredito que os seres humanos podem viver em plena harmonia, desde que um respeite o espaço do outro… Porem, como pai de sete filhas e um filho, eu não gostaria que meu filho ou minhas filhas sejam ou fossem homossexuais. Eu concordo com o deputado Bossonaro, quando ele diz que um ambiente de promiscuidade gera promiscuidade. Se minha última filhinha de 10(dez) anos começar ter amizade com uma outra mocinha com histórico de lesbianismo, é claro que eu farei o possível para impedir que essa amizade progrida. Eu Acredito que só temos dois tipos de homossexuais: um é biológico e o outro é por indução. Por acreditar nisso, eu sempre tive o maior cuidado com o relacionamento de meus filhos, sempre atento aos ambientes em que eles freqüentavam ou freqüentam. Em se falando de direitos, eu acredito, que todo ser humano tem o direito de ser quem ele bem quiser, desde que esse seu querer não afete o direito do outro. Também acredito na união casamentosa entre macho e fêmea, e que dessa união se construa uma família… Portanto, um par de machos ou um par de fêmeas que quiserem se juntar , construir vida em comum, eu acho isso normal, mas casamento ou constituição de família é outro departamento. Hoje se estabelece as bases para que aqueles que forem heteros, se sintam envergonhados diante daqueles que são homossexuais… Isso é um absurdo. Se o homossexual se sente tolhido em seus direitos, tudo bem que ele recorra, mas impedir que se tenha opinião , isso é um absurdo. Outra questão, querer comparar Comunismo dialético com o que prega Malafaia, me desculpe vereador, mas o senhor carece ter mais entendimento a respeito do que prega e diz o Grande baluarte da moralidade em nosso país. Eu reconheço que Malafaia tem sido o alvo predileto de grupo de homossexuais e seu simpatizante, mas essas mesmas pessoas esquecem , que a grande maioria das pessoas sim fazem, desse assunto uma bandeira político-eleitoreira com sempre faz a “Senadora do Rebole e Goze”, a sexóloga Marta Suplicy. Para mim, homossexualismo ou heterossexualismo, nunca deveria ser temas de barganhas políticas. Lembro-me do Saudoso Clodovil Hernandes, ele , eleito deputado federal por São Paulo , quando alguém lhe perguntara:o que o senhor acha do casamento gay? Ele respondeu: Esse é assunto para bichas recalcadas! _Senhor Chico Viana, o senhor contribuiria muito mais atendendo a população de São Luis, como um bom médico que o senhor sempre foi , do que meter o dedo em ferida que ninguém que vê-la mais aberta! O que o Malafaia está tentando dizer , é que não se carece da lei da mordaça para que se respeite o outro cidadão que não sou eu nem você, mas que somos todos nós cidadão de pleno direito.!

  6. gilberto sobrinho disse:

    Vamos fazer uma campanha: ROSENGANA, JÁ QUE ÉS A FAVOR DO MA E DE SÃO LUÍS, libere os 150 milhões deixados pelo Governador Jackson Lago para a Prefeitura de São Luís!! Mostre que és gente, pois nós estamos sofrendo muito com seu governo!

  7. Dom Cosme... disse:

    Ilustre Vereador Chico Mendes:
    Eu sou daqueles que mesmo não sendo evangélico, concordo com o que disse e diz eprega o Pastor Silas Malafaia a respeito ao comportamento que algumas pessoas em relação ao movimento homossexual aqui no Brasil. Sou daqueles que acredita que todos tem que ter direito a ter direito. Todo mundo faz discriminação a respeito daquilo que não gosto ou não concorda.
    Eu sou professor da rede pública de ensino do estado e do meu município… Em 44 (quarenta e quatro ) de magistério, já tive alunos e alunas homossexuais, mas em nenhum momento tratei essa pessoas com preconceito a respeito das suas condutas íntimas. Assim como em seu consultório (quando vc atendia como médico) teve a oportunidade de se deparar com muita gente nessa situação… o seu dever profissional , exige de você que seja apenas médico, e eu professor. Como professor, não posso me meter na vida de meus alunos, mas também eu tenho o direito de discordar de quaisquer que sejam os assuntos ou temas , sem que no entanto isso venha ser creditado a mim conduta preconceituosa , porque eu sou hétero, e portanto , não concordando com a pratica do homossexualismo, tenha que aceitar que alguém detrate de mim por causa de minha conduta hétero. O que se esta fazendo no Brasil é tentar calar a boca de quem não concorda com determinados temas. Eu sou de uma tradicional família que preza por princípios, tais como: Os opostos se atraem. Eu tenho um amigo que vive lá pelas bandas do Ceará e certa vez me disse que eu cultivo homofobia .Eu não sou homofóbico, porque fobia é medo , e eu não tenho medo do homossexualismo, nem tão pouco do homossexual, acredito que os seres humanos podem viver em plena harmonia, desde que um respeite o espaço do outro… Porem, como pai de sete filhas e um filho, eu não gostaria que meu filho ou minhas filhas sejam ou fossem homossexuais. Eu concordo com o deputado Bossonaro, quando ele diz que um ambiente de promiscuidade gera promiscuidade. Se minha última filhinha de 10(dez) anos começar ter amizade com uma outra mocinha com histórico de lesbianismo, é claro que eu farei o possível para impedir que essa amizade progrida. Eu Acredito que só temos dois tipos de homossexuais: um é biológico e o outro é por indução. Por acreditar nisso, eu sempre tive o maior cuidado com o relacionamento de meus filhos, sempre atento aos ambientes em que eles freqüentavam ou freqüentam. Em se falando de direitos, eu acredito, que todo ser humano tem o direito de ser quem ele bem quiser, desde que esse seu querer não afete o direito do outro. Também acredito na união casamentosa entre macho e fêmea, e que dessa união se construa uma família… Portanto, um par de machos ou um par de fêmeas que quiserem se juntar , construir vida em comum, eu acho isso normal, mas casamento ou constituição de família é outro departamento. Hoje se estabelece as bases para que aqueles que forem heteros, se sintam envergonhados diante daqueles que são homossexuais… Isso é um absurdo. Se o homossexual se sente tolhido em seus direitos, tudo bem que ele recorra, mas impedir que se tenha opinião , isso é um absurdo. Outra questão, querer comparar Comunismo dialético com o que prega Malafaia, me desculpe vereador, mas o senhor carece ter mais entendimento a respeito do que prega e diz o Grande baluarte da moralidade em nosso país. Eu reconheço que Malafaia tem sido o alvo predileto de grupo de homossexuais e seu simpatizante, mas essas mesmas pessoas esquecem , que a grande maioria das pessoas sim fazem, desse assunto uma bandeira político-eleitoreira com sempre faz a “Senadora do Rebole e Goze”, a sexóloga Marta Suplicy. Para mim, homossexualismo ou heterossexualismo, nunca deveria ser temas de barganhas políticas. Lembro-me do Saudoso Clodovil Hernandes, ele , eleito deputado federal por São Paulo , quando alguém lhe perguntara:o que o senhor acha do casamento gay? Ele respondeu: Esse é assunto para bichas recalcadas! _Senhor Chico Viana, o senhor contribuiria muito mais atendendo a população de São Luis, como um bom médico que o senhor sempre foi , do que meter o dedo em ferida que ninguém que vê-la mais aberta! O que o Malafaia está tentando dizer , é que não se carece da lei da mordaça para que se respeite o outro cidadão que não sou eu nem você, mas que somos todos nós cidadão de pleno direito.!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens