Fechar
Buscar no Site

Guarda Municipal intensifica abordagens nos terminais e paradas de ônibus para reforçar segurança no transporte coletivo de São Luís

Como parte das ações para garantir segurança aos trabalhadores e aos passageiros do sistema de transporte urbano de São Luís, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), está adotando, desde a última quinta-feira (19), uma série de medidas para conter a onda de violência nos coletivos da capital.

Entre elas, está o reforço no efetivo da Guarda Municipal de São Luís (GMSL) nos cinco terminais de integração com rondas e abordagens, além de vistorias e incursões em diversos pontos da cidade, para evitar a ocorrência de assaltos e outros tipos de delitos. Os trabalhos acontecem conjuntamente com as polícias Militar e Civil, e foram acordados em reunião com a cúpula da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

“As ações de segurança estão acontecendo diuturnamente com reforço do nosso efetivo nas ruas e terminais de integração de São Luís, por determinação do prefeito Eduardo Braide. Fizemos a elaboração de estratégias de prevenção e combate aos crimes no transporte público. A presença desses operadores de segurança pública já intimida a ação de criminosos nos coletivos”, assinalou o secretário municipal de Segurança com Cidadania, Marcos Affonso Junior.

Na sexta-feira (20), já teve início o reforço nos terminais de integração da Praia Grande, Cohama, Cohab/Cohatrac, São Cristóvão e Distrito Industrial.  Em horários determinados, os guardas municipais param os ônibus, pedem que os passageiros desçam e façam a revista pessoal, que acontece dentro dos parâmetros legais e em nome da segurança coletiva. Dessa forma, o usuário do transporte público ficará mais confiante em embarcar nos coletivos para seguir sua viagem.

De acordo com o comandante da GMSL, Reginaldo Cosmo Sampaio, essas abordagens serão realizadas diariamente, de domingo a domingo, com prevalência nas linhas que levam aos bairros mais distantes da região central, como os da Zona Rural. “Nós ocupamos os terminais desde o início do segundo semestre do ano passado. E conseguimos muitos resultados nesse período, como apreensão de armas de fogo, facas e entorpecentes. Também fizemos muitas prisões, incluindo de foragidos do sistema penitenciário. E agora estamos reforçando essas atividades”, pontuou.

Atuação da Guarda nos terminais

No Terminal de Integração Praia Grande, por exemplo, a Guarda Municipal intensificou as revistas pessoais nos horários de maior movimentação e na noite da sexta-feira (20), período de maior incidência da circulação de criminosos no interior dos ônibus. Do lado de fora, a guarnição que já trabalha fazendo patrulhamentos nos terminais está recebendo apoio de equipes do motopatrulhamento, que fica de prontidão para dar suporte em qualquer eventualidade, como também de viaturas da Polícia Militar que fazem o patrulhamento em todo o entorno.

“Em conjunto, as instituições de segurança pública articularam, em reunião, novas medidas de enfrentamento à violência na Grande São Luís. Da nossa parte, colocamos à disposição nosso contingente para fazer o que for possível para proteger o cidadão que precisa do transporte público em suas rotinas diárias, seja indo ao trabalho, indo à faculdade ou realizando outras atividades. Então, de agora em diante, as ações serão deflagradas com maior frequência para dar segurança à população”, completou o comandante da GMSL, Reginaldo Cosmo Sampaio.

Outras medidas

A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) também está atuando por meio do Centro de Controle de Operações (CCO) para reforçar as operações e o monitoramento das linhas de ônibus que circulam na cidade, informando à Guarda e às polícias Civil e Militar as rotas com maior número de assaltos.

Além de estarem presentes nos cinco terminais de integração, os guardas municipais também estão atuando em outros locais, como nos grandes corredores e nas principais avenidas, interligados com a questão do transporte coletivo, com patrulhando nas paradas de ônibus, onde, geralmente, os assaltantes também costumam abordar os usuários. Por esse motivo, foram reforçadas as guarnições dos vários grupamentos da GMSL, designadas para atuar frente à operação.

“Na sexta-feira (20), nosso Grupamento de Proteção Ambiental (GPA) ficou monitorando a movimentação na parada que fica em frente ao Parque do Bom Menino. Isso aconteceu de maneira mais firme no fim da tarde e início da noite. Caso um suspeito seja detectado, ele automaticamente será abordado. O cidadão também pode ajudar passando informações à guarnição se considerar que existe a probabilidade de alguém estar armado na parada esperando embarcar nos ônibus”, explicou Reginaldo Cosmo Sampaio.

Ainda no mesmo dia, houve, ainda, a prisão de mulheres que roubavam celulares dos usuários no Terminal de Integração São Cristóvão. Elas foram conduzidas à delegacia. Além do GPA, outros grupamentos da Guarda Municipal também estão empregados nas ações de segurança, como o de Patrimônio e Operações (GPO), de Segurança Escolar (GSE) e o de Apoio ao Turismo (GAT).

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens