Fechar
Buscar no Site

Greve de policiais

Por JM Cunha Santos

Se comparada ao que acontece em Salvador, a greve dos policiais militares e bombeiros que no Maranhão ocuparam a Assembléia Legislativa, foi comportada. O Movimento, que ameaça se espalhar por mais 12 estados, tem fundamentos lógicos e incontestáveis: a polícia brasileira é mal paga, mal equipada e ainda hoje obedece a um sistema hierárquico que remonta às monarquias, se não ao poder divino dos Faraós. São obrigados a cumprir uma carga horária para a qual não se encontra expressão outra que não seja exploração.

Tal nível de adesão mostra que, no final, os policiais maranhenses tinham razão. A polícia do país e não apenas a do Maranhão está descontente e a prisão de seus líderes, os urutus nas ruas, o exército de prontidão, não vão mudar esse fato. Temos uma polícia que quer ser ouvida, que precisa ser ouvida e desnorteada por falta de uma legislação.

Greve de gente armada é um risco que ninguém quer correr e a violência não é resposta para nenhum tipo de reivindicação nos regimes democráticos. Mas os draconianos códigos que ainda regem os PMs e bombeiros no Brasil, entulhos autoritários de uma ditadura que, felizmente, acabou, não passam de atos de violência contra os guardiães da ordem e da lei, gente que merece melhor tratamento por parte do Estado.

Esses homens enfrentam bandidos, enfrentam milícias, enfrentam o narcotráfico, mas são a única categoria ainda sujeita a uma legislação de horror que calou a juventude, enquadrou o movimento estudantil, dizimou os sindicatos, acabou com os partidos políticos, cerceou as ações pastorais nas igrejas e criou no Brasil uma legião de “órfãos do talvez e do quem sabe e viúvas do quem sabe e do talvez”.

Mas o dinheiro da corrupção no Brasil daria para triplicar a força policial pagando os justos salários que reivindicam, pondo fim a essa carga horária de trabalho estafante e trazendo mais paz e segurança à população.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Greve de policiais”

  1. Olheiro disse:

    Caro Cunha Santos, discordo apenas no quesito HIERARQUIA da PM, pois é o que a faz diferenciada, comandável e historicamente disciplinada. No mais, sua matéria apresenta estofo factual e boa redação. Justifico meu comentário, uma vez que, sem a disciplina dos MILITARES, as PMs seriam, em curto espaço de tempo, um curral de interesses distintos, fracionada e perigosamente insurgente, pois remontamos a meio milhão de Policiais Militares em todo Brasil.
    O que se precisa pensar é em OFICIAIS COMANDANTES GERAIS que saiam de seus refrigérios confortáveis e discutam, em nível de ESTADO, as demandas de seus subordinados, coisa que no MARANHÃO é falácia, fanfarrice e farfalhada! Aqui não existe COMANDANTE que possua legitimidade e assuma seu papel de porta voz da categoria, apresentando planilhas e estudos que tragam melhorias em todos os aspectos… Eles temem se tornar “impopulares” no Palácio dos Leões ou na Assembléia Legislativa. Falta CORAGEM! O resto é discurso e bazófia!

  2. Nordestino disse:

    Se a policia no Brasil é mal remunerada o que diremos do professor.
    Jonh Cutrim se a tua queixa é por que a governadora ganhou mais uma briga com teus aliados não faz isto camarada, sabemos que o policial militar ganha muito bem se comparado ao professor.
    Me compre um bode…..

  3. Macabeu disse:

    Já foi o tempo, que tínhamos oficiais corajosos, hoje são tudo um bando de almofadinha, estudam seis mísero períodos, pronto, pode esperar sentado que as promoções está garantida, muito param no posto de capitão, com um salário razoável, vai estudar Direito na pagou passou, se continua com menos de 50 anos chega a Coronel, utimo posto, com algum apadrinhamento de politico ou do Judiciário!?, a maioria deles não chegam a trabalhar 25 anos, tem emprego melhor no Estado?. Por mim acabava com esta tal de hierarquia, colocaria um cívil para dirigir, com Diretoria Técnica e financeira, certamente teria mais sucesso!!!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens