Fechar
Buscar no Site

Gardênia diz que Cemar deve R$ 100 milhões à Prefeitura de SL

Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (21), a deputada Gardênia Castelo (PSDB) acusou a Companhia Energética do Maranhão (Cemar) de estar devendo cerca de R$ 100 milhões para a Prefeitura de São Luís. A deputada convocou a empresa a fazer um ajuste de contas com o Município, já que a companhia alega que a prefeitura deve em energia elétrica de R$ 9 a R$ 10 milhões, o correspondente a um décimo do que o município tem a receber da Cemar.

Gardênia Castelo fez duras críticas à decisão da Cemar de cortar o fornecimento de energia elétrica de algumas secretarias do município, apesar de haver uma decisão do Tribunal de Justiça, determinando que o fornecimento fosse mantido. A deputada do PSDB afirmou que a empresa presta um péssimo serviço à população e que qualquer cidadão ou órgão público corre o risco de atrasar o pagamento de alguma conta.

A parlamentar tucana acusou, em tom de ironia, que toda vez que a Cemar vai cortar o fornecimento de energia elétrica de algum órgão da Prefeitura leva à tiracolo uma equipe da TV Mirante, de propriedade da família Sarney. “Não sei se a Mirante e a Cemar tem como sócios o mesmo rei, eu acho que é isso, é o mesmo rei que é sócio de um e de outro”.

Gardênia lembrou também que foi o Governo Roseana que vendeu a Cemar por um real para a iniciativa privada. Ainda de acordo com ela, o dirigente da empresa “é um sujeito arrogante que veio da Bahia”.

Gardênia Castelo contou ainda que a dívida da Cemar com o Município está sendo cobrada judicialmente. Conforme a deputada a Cemar se nega a pagar, embora forneça serviço de péssima qualidade e cobre a energia mais cara do Brasil no Estado mais pobre da Federação. “A Cemar devia é ter vergonha e aproveitar para fazer um encontro de contas com a Prefeitura”, enfatizou. “Um grande contrassenso, pois o Maranhão é o Estado mais pobre da Federação e a energia é a mais cara do Brasil”, ressaltou.

CPI solitária

Gardênia Castelo lamentou também que a Assembleia Legislativa tenha aceitado criar apenas uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar o convênio feito pelo Governo Jackson com a Prefeitura de São Luís. A tucana disse que os integrantes da CPI não tiveram coragem de assinar a CPI que pede a investigação da denúncia de que houve pagamento de propina para aprovar a Lei do Babaçu, revogada após a denúncia. (Com informações da Agencia Assembleia)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

4 respostas para “Gardênia diz que Cemar deve R$ 100 milhões à Prefeitura de SL”

  1. José do Rêgo disse:

    Será que isso é verdadeiro?… Dever 100 milhões ainda sobra um troco de 75 milhões, pois um deputado do governo diz que a prefeitura de São Luis deve a CEMAR 15 milhões de reais. Será que esses caras não têem vergonha dfa população de São Luis?

  2. maria disse:

    Será que quem comprou a CEMAR, é “LARANJA” da grande família?????????????????????

  3. joao pereira disse:

    Isso tudo é só papo furado, quem entende de Direito sabe que no processo de execução , a Prefeitura pode solicitar ao Juiz a penhora dos créditos que a Cemar tem em relação a prefeitura, o que forçaria um encontro de contas.

  4. LIMA disse:

    E O CUTRIM BATE UM NOVO RECORDE!!!! FICA A CRITERIO DE VCS DEDUZIREM QUE RECORDE É ESSE.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens