Fechar
Buscar no Site

Flávio Dino defende diálogo com PSDB e diz que pretende ficar no PCdoB

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), defendeu em entrevista exclusiva ao Congresso em Foco um diálogo com o PSDB e o apresentador Luciano Huck para que seja construída uma frente ampla de oposição ao governo de Jair Bolsonaro.

Nas últimas semanas, o governador do PCdoB esteve em São Paulo com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e com o governador Eduardo Leite (PSDB-RS). Dino também já participou de reuniões com Huck.

“O intuito dessas visitas não tem nada a ver com eleições, nem agora nem no futuro, mas sim no enfrentamento dos temas da conjuntura, situações que estão postas e que dizem respeito a retrocessos em políticas culturais e sociais e a temática do desemprego muito agudo”, disse sobre as conversas com Leite e FHC.

O governador não esconde as diferenças de pensamentos entre Huck e a esquerda, sobretudo na questão do papel do Estado na economia, mas ressalta que o apresentador da TV Globo representa um segmento importante da sociedade que pode ser interessante para a esquerda em eleições de segundo turno.

“Conversar com ele é importante porque ele representa um segmento social, tem representatividade, está articulando em torno de si uma série de políticos, pensadores, economistas que pensam também na direção. Teremos agora em 2020 e também em 2022 muitas eleições em dois turnos, então você tem que ter diálogo com quem pensa diferente, porque amanhã você enfrenta o segundo turno e não pode ficar isolado, tem que ter amplitude. Eu me reuni com ele e reunirei outras vezes seguramente”, explicou.

Na mesma linha de atrair outras forças políticas, Dino defende que o PCdoB mude de nome. Ele não descarta tirar o termo “comunista” da sigla. Ele acredita que essa discussão ocorrerá em 2021.

PT
Flávio Dino negou que pretenda se desfiliar do PCdoB para ser candidato a presidente pelo PT, mas admitiu a possibilidade de se fazer uma aliança com a sigla em 2022.

“O nosso caminho natural é o de união com as forças progressistas, disputamos oito eleições presidenciais, 1989, 1994, 1998, 2002, 2006, 2010, 2014 e 2018, em unidade com o PT. É claro que é nosso caminho natural, agora caminho natural não significa dizer que é automático, é uma tendência, não quer dizer que não possa mudar de acordo com evolução do quadro”.

Dino ressalta que,  antes de decidir sobre uma aliança, é necessário que as forças progressistas se unam em torno de uma candidatura. Ele mesmo não nega a possibilidade de ser candidato a presidente, mas afirma que só vai tomar a decisão em meados de 2022.

“O que eu tenho dito é que essa união, esse caminho natural do PT com o PCdoB não é suficiente, não é negar a aliança com o PT, é dizer que ela é importante, mas não é suficiente para enfrentar o bolsonarismo e vencer as eleições, ou seja, tem que ampliar a partir desse núcleo PT, PCdoB e outros partidos do nosso campo político”.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Flávio Dino defende diálogo com PSDB e diz que pretende ficar no PCdoB”

  1. JOSÉ PEDRO disse:

    DURANTE OS 14 ANOS de PT= PARTIDO DAS TREVAS e roubos de trilhões ——NUNCA REUNIRAM PARA DISCUTIR ……a conjuntura das ROUBALHEIRAS DE TRILHÕES DO POVO BRASILEIRO—- NUNCA PERCEBERAM NADA DE ERRADO — durante 14 anos de DES-GOVERNO PT= PARTIDO DAS TREVAS —LULA LADRÃO MOR DA LADROAGEM e DILMA ANTA —- NUNCA PERCEBERAM NADA DE ERRADO ….. agora com o GOVERNO BOLSONARO — ENFRENTANDO OS CORRUPTOS E A CORRUPÇÃO —-os esquerdalhas–ptralhas—comunistas de araque estão em desespero– em pânico — NÃO TEM COMO — ROUBAR MAIS — no GOVERNO BOLSONARO—- ADEUS PTRALHAS—- ADEUS ESQUERDALHAS— ADEUS COMUNISTAS DE ARAQUE —–NÃO ENGANAM A MAIS NINGUÉM— a esquerda ladrona de trilhões do povo ACABOU —SERÁ ENTERRADA em 2020 junto como o CHEFÃO = LULA LADRÃO MOR DO BRASIL.

  2. José Cardoso Neto disse:

    ESSE É TÃO BESTA QUE NÃO MERECE RESPOSTA.

  3. antonio muniz disse:

    O quer dizer Caminho Natural?
    Ora, se tudo o que venha parecer natural se viabilize, então, é natural que o prego com a ponta aguçada que tenha ultrapassado a sola do sapato venha ferir o pé do sujeito que o calça! Ninguém pode negar que na política, o “Caminho Natural” defendido por oportunistas seja de fato o canalhismo e os conchavos perniciosos para que certos energúmenos sejam beneficiados com esse Caminho Natural, que os políticos e politiqueiros aderem, sempre que apareça alguém disposto e com potencialidade para lhes causar incômodos. É pensando nesse Caminho Natural que certos políticos apostam suas fixas naquilo que eles chamam de diversidade de pensamento convergente ! Acontece que esse “Caminho Natural”, as vezes sofre severas interrupções e de certa maneira se torna quase impossível que esse “Caminho Natural” volte a ser percorrido! A esquerda e as outras agremiações ideológicas viram seus “Caminhos Naturais” ser interrompidos por um elemento alienígena com o qual não esperavam! Na política ,os “Caminhos Naturais” , são sempre aqueles que os cidadãos deste país se acostumou a tê-los, mas que o Alienígena ultrapassou o caminho natural e isso os deixou deveras sem rumo e sem chão. Quando a partir de 2015 , Bolsonaro anunciou que provavelmente seria candidato á “Planalto” ninguém em sã consciência acreditou que esse “Caminho Natural que se iniciou com FHC” fosse posto a prova. A esquerda “Escancarada PT, PSB, PSOL , PCdoB e aqueles de Araque, se somam ao PSDB, DEM, e MDB”(os mais expressivos) nunca acreditaram que a taça da vitória lhes fosse arrebatada, já que o “Caminho Natural” era aquele que sempre existiu em sua triunidade perversa…Esse “Caminho Natural” era aquele em que depois das eleições , o inquilino do Planalto os chamava para negocial apoio em troca de cargos na administração Direta e indireta, e via de regra , “Nesse Caminho Mais do que Natural” , era lá que que as quadrilhas ideológicas eram aninhados para promover saques e roubo nas instituições , e promover suas luxúrias de enriquecimento ilícitos! Mas , como foi dito no início, todo Caminho por mais Natural que pareça ser, a geologia política e partidária nem sempre é capaz de identificar os eventos que sejam potencialmente capaz de mudar o rumo da história. É compreensível que as forças política existentes estejam com o “Cu no Tefe , tefe ” por conta de que o povos brasileiro cansou das ideologias , das utopias e das bravatas de esquerda de que estava sendo acabada a miséria existente, e que esse “Caminho Natural” que o governador do Maranhão tanto fala, só trouxe desemprego, violência , caos econômico e corrupção desenfreada … Seria notável se o Caminho Natural proposto pelo governador do Maranhão fosse ou seja conveniente para tirar nossa gente da pobreza , violência, corrupção, desemprego e degeneração moral, patrocinada por esses mesmos atores com os quais o governador quer reconstruir esse caminho natural . Que bom se esse Caminho Natural tivesse sido capaz de retirar nossos estudante dos últimos lugares em educação…A despeito de termos um “Gênio da Educação, o Energúmeno Paulo Freire ” mas que não foi capaz de fazer com que deixássemos de ser um país de analfabetos em “Matemática, Língua Materna e Ciências” mas com muitos PHD em sociologia, pedagogia e ideologias diversas. Obviamente, que o “Caminho Natural” na política, nem sempre é o “Caminho Natural” que conduz os cidadãos de um município, de um Estado ou de um Estado-nação ao seu desenvolvimento pleno, acompanhado de suas liberdades e prerrogativas…Se o Caminho Natural desses grupos é vencer o presidente da República por conta de que ele construiu um ponte sobre o “Caminho Natural” , essa gente tem que saber que o “Golpe de que Colocou Jair Messias Bolsonaro á frente deste poder, foi tão somente o sufrágio de 57.7 milhões de brasileiros cansados de caminhar nos “Caminhos Naturais” deles. Que venham as eleições de 20 e 22…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens