Fechar
Buscar no Site

Em sobrevoo, Carlos Brandão acompanha retirada de óleo de navio encalhado

O vice-governador Carlos Brandão sobrevoou toda a área de encalhe do navio Stella Banner e acompanhou o início da operação de retirada de óleo realizada pela embarcação holandesa ALP Defender.

Brandão, acompanhado de uma equipe da Capitania dos Portos, observou os trabalhos feitos pelos militares e rebocadores que atuam diretamente na operação de resgate do navio Banner.

A embarcação ALP, contratada pela Polaris Shipping, proprietária do Stella Banner, é utilizada para reboque, ancoragem de unidades flutuantes de petróleo e transporte de cargas. A capacidade é de mais de 3 mil metros cúbicos.

Fazem parte ainda da operação, cinco rebocadores, sendo três com materiais de combate à poluição causada por óleo, que também servem de apoio no local.

Retirada de óleo é realizada com segurança, sem riscos de vazamento (Foto: Jeferson Stader)

Brandão constatou que a operação está senda feita com segurança sem riscos de vazamento de óleo no Oceano Atlântico. “Pude observar de perto os trabalhos do navio ALP Defender e ficar aliviado quanto ao não vazamento de óleo. O meio ambiente está preservado e vamos continuar acompanhando a operação no navio Stella Banner”.

Capitão Porto, comandante da Capitania dos Portos, ressaltou que a Capitania acompanha os trabalhos de retirada do óleo, coordena a segurança da operação e assegura, ainda, que não há riscos de vazamento de óleo. “A operação de desencalhe do Stella Banner está sendo feita com muita cautela, obedecendo às margens de segurança e não existe registros de vazamento na área de entorno do navio”, afirmou.

Em média, 3,5 mil toneladas de óleo combustível e 140 toneladas de óleo diesel devem ser retirados durante a operação de desencalhe do navio Stella Banner.

A operação não tem prazo para terminar e será mantida até mesmo durante à noite.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens