Fechar
Buscar no Site

Em direito de resposta, Zé Carlos diz que não esteve presente na votação do piso da enfermagem por motivo de saúde

Em direito de resposta ao blog, o deputado federal Zé Carlos, do PT, confirmou que não esteve presente na votação do piso salarial de enfermeiros, técnicos de enfermagem e parteiras (PL 2564/20).  Segundo o parlamentar, por motivo de saúde.

Em relação a afirmação que fizemos de que alguns para não terem que votar ‘não’, preferiram se ausentar, não foi citado o nome do deputado petista em questão. Na verdade, foi uma afirmação no contexto geral da votação e não, especificamente, aos parlamentares do Maranhão. De fato, é costumeiro alguns parlamentares preferirem se ausentar (no dicionário significa ‘deixou de comparecer a evento, compromisso’) em apreciações polêmicas a votar ‘não’ para não se indisporem. Há outros, ainda, que adotam essa estratégia no intuito de serem beneficiados com emendas e favores do governo.

Portanto, o blog não publicou nenhuma inverdade. E os leitores hão de concordar.

Abaixo, a nota enviada pelo deputado Zé Carlos.

Prezado Sr. John Cutrim,

Na data de ontem, 05/05, o Blog John Cutrim, pertencente a Vossa Senhoria, publicou matéria sobre a votação do Projeto de Lei que trata do Piso Nacional da Enfermagem, votação essa ocorrida na Câmara dos Deputados nesta última quarta-feira (04/05).

Ocorre que a informação trazida pela matéria quanto aos deputados do Maranhão que não votaram o referido Projeto de Lei é completamente inverídica no que diz respeito à minha pessoa.

De fato, lê-se o seguinte trecho na matéria publicada no Blog de Vossa Senhoria:

“No caso do Maranhão, o deputado Zé Carlos, do PT, se ausentou, junto com três deputados da base do presidente Bolsonaro”. 

O trecho da matéria acima transcrito é completamente inverídico, uma vez que não participei da votação em razão de não ter viajado para Brasília, nesta semana, por motivo de saúde, e não por haver me ausentado da votação.

A intenção de quem escreveu a matéria, não resta dúvida, era a de fazer crer aos leitores que o deputado Zé Carlos, deliberadamente, se ausentou da votação para não ter que votar favoravelmente aos profissionais da enfermagem. Essa mesma intenção – qual seja, a de tentar incutir no imaginário da população a informação de que o deputado Zé Carlos não é favorável ao piso salarial dos enfermeiros – é reforçada pelo seguinte trecho, colocado em continuidade ao trecho supra transcrito:

“Alguns para não terem que votar ‘não’, preferiram se ausentar”. 

Informo a Vossa Senhoria, por oportuno, que tenho publicado inúmeras postagens, nas minhas mídias sociais, parabenizando aos profissionais da enfermagem pela brilhante e justa vitória conseguida na noite de ontem junto ao parlamento brasileiro.

Pelo exposto, e por uma questão de justiça, venho, com amparo na Lei nº 13.188/2015, que dispõe sobre o direito de resposta ou retificação do ofendido em matéria divulgada, publicada ou transmitida por veículo de comunicação social, requerer reparação à inverdade proferida com relação à minha pessoa no que diz respeito aos motivos pelos quais não participei da votação de ontem na Câmara dos Deputados.

Requeiro, pois, que seja publicada matéria informando que não participei da votação de ontem, na Câmara dos Deputados, por não estar em Brasília em razão de problemas de saúde.

Requeiro, ainda, que sejam dados à matéria reparadora o mesmo destaque, a mesma publicidade, a mesma periodicidade e o mesmo espaço que foram dados à matéria que trouxe as inverdades já comentadas.

Zé Carlos – deputado federal.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens