Fechar
Buscar no Site

Eleições OAB: Instituto que aponta vitória de Diego Sá é o mesmo que cravou o resultado no segundo turno em São Luís

A pesquisa divulgada no sábado (18) que revelou a preferência dos advogados e advogadas do Maranhão pelo pré-candidato Diego Sá (reveja aqui), foi feita pelo Instituto MBO e tem algumas particularidades.

Diferente do que tentou passar o grupo do presidente da OAB-MA Thiago Diaz e seu candidato Kaio Saraiva, para desqualificar a pesquisa, a empresa MBO existe há mais de 26 anos e de acordo com a receita federal, tem entre suas atividades econômicas, realização de pesquisa de opinião.

Além disso, o Instituto MBO foi o único a cravar o resultado da votação do prefeito Eduardo Braide. De acordo com números da pesquisa MA03411/2020, o Instituto apontou que 55,30% dos votos válidos seriam de Eduardo Braide. No final, o atual prefeito teve 55,53%, acerto que coloca o Instituto entre os melhores da eleição 2020.

Talvez por esse motivo, o alerta vermelho deva ter acendido no QG de campanha de Kaio Saraiva e motivado ataques ao Instituto.

Nota

O Instituto MBO, empresa que atua há mais de 26 anos no mercado e que na última eleição realizou mais de 70 pesquisas registradas no Estado do Maranhão, acertando o resultado em mais de 40 cidades e única a cravar o resultado em São Luís, repudia os ataques promovidos por pré-candidatos da eleição da OAB/MA.

Nossa empresa não tem qualquer relação com os advogados que pretendem disputar as eleições, motivo pelo qual acreditamos que o debate deve ficar entre as propostas e trabalhos para a classe profissional.

Reiteramos nosso compromisso em seguir realizando o melhor trabalho, que pode ser conferido, principalmente, na nossa última pesquisa realizada no ano passado, quando apontamos que o atual prefeito Eduardo Braide teria 55,30% dos votos válidos. No final, como é sabido por todos, o atual prefeito venceu a eleição com 55,53%, acerto que nenhum Instituto de Pesquisa do Brasil conseguiu no Maranhão, apenas o Instituto MBO.

Instituto MBO

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens