Fechar
Buscar no Site

Edivaldo Jr. apresenta propostas nas áreas de saúde, educação e trânsito em entrevista‏

Edivaldo Holanda Júnior (PTC) participou na manhã desta terça (24) de entrevista no programa “Difusora em Debate”, da Rádio Difusora AM. A sabatina comandada pelos jornalistas Marcelo Minardi e Adriana Nogueira, durante uma hora e meia, em que foram discutidas propostas sobre educação, saúde, mobilidade urbana e desenvolvimento sustentável.

Para a saúde pública, Edivaldo propõe que uma das formas de melhorar a criação de metas e indicadores para organizar o atendimento nos hospitais públicos. “A superlotação de nossos hospitais acontecem porque não há integração entre as redes de atendimento básico e os Socorrões,” analisou. Outra proposta defendida pelo candidato do PTC foi a ampliação e modernização do Hospital da Criança.

Edivaldo voltou a falar na necessidade da implantação da Escola em Tempo Integral, onde estudantes permanecerão nos dois turnos na escola. Mas, na entrevista, Edivaldo ressaltou a necessidade de ampliar o sistema de creches, para que todas as crianças de até 5 anos permaneçam na escola. “É fácil universalizar a entrada da criança no ensino infantil, porque a infraestrutura é mais barata. A nossa meta é que, até o fim do nosso mandato, cumpramos a meta de colocar 100% das crianças desta faixa etária na escola,” disse.

A principal proposta de Edivaldo Holanda Júnior para resolver o problema do trânsito é a criação de uma Central de Controle e Inteligência do Trânsito, que comece a dar dinâmica ao trânsito da cidade através de ações planejadas e que tenham resultado efetivo. “Vivemos com a malha viária de 30 anos atrás. Precisamos investir na construção de vias de diálogo entre as avenidas e fazer com que o trânsito volte a funcionar através de reorganização das vias.”

Em relação à sustentabilidade, a pauta do dia foi a prestação de serviços da CAEMA para a capital. Para Edivaldo, a Companhia presta um serviço de baixa qualidade e o contrato precisa ser revisto pela prefeitura. “Em nosso primeiro dia de mandato iremos revisar o contrato e exigir que a CAEMA respeite os consumidores de São Luís,” asseverou o candidato.

EXPERIÊNCIA

Entre as perguntas feitas pelos ouvintes esteve a suposta falta de experiência de Edivaldo Holanda Júnior em cargos executivos. “A questão central não é a experiência, mas a competência para resolver os problemas da cidade e a liderança para buscar parcerias com o governo federal” disse.

Sobre sua crença religiosa e a administração pública, Edivaldo reafirmou que faz parte da Igreja Protestante, mas que quer ser prefeito para trabalhar pelos assuntos da cidade e não por questões que dizem respeito às convicções de cada um. “Vou continuar investindo na nossa cultura e nas suas manifestações, independentemente de religiões, porque é preciso conservar nossas raízes,” disse. (Da assessoria do candidato)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

9 respostas para “Edivaldo Jr. apresenta propostas nas áreas de saúde, educação e trânsito em entrevista‏”

  1. FABIO HENRIQUE disse:

    EXPERIÊNCIA É FUNDAMENTAL PRA UM PREFEITO AINDA MAIS DE UMA CAPITAL COM MAIS DE UM MILHÃO DE HABITANTES.
    O GRANDE PROBLEMA PRA ESSE RAPAZ É QUE ELE NÃO VAI GOVERNAR NADA SE CHEGAR NA PREFEITURA , QUEM VAI MANDAR NA PREFEITURA É SEU PAI , QUE DE BESTA NÃO TEM NADA , UM OPORTUNISTA DE MÃO CHEIA !
    O HOLANDÃO SEMPRE FOI CAPACHO DOS SARNEYS.

  2. antonio disse:

    Se for questao de pai governar no lugar do filho. Na gestao Castelo quem dava as ultimas palavras sempre foi a rebenta gardeninha! Inclusive o prefeito perdeu varios aliados por causa disso!

  3. observador disse:

    Pergunta que não quer calar: Porque os os outros sócios do colégio o qual ele é um dos donos nunca deixaram ele administra-lo, Se ele tem essa competência administrativa toda

  4. ricardo disse:

    Tem tudo pra ser um grande administrador esse rapaz, daqui a alguns anos, por enquanto lhe falta conhecimento e experiência. É muito jovem e não conhece muito de política. Junior é a a oportunidade que o pai (Holandão) sempre quis ter com a política e jamais conseguiu. Sem carisma, foi coadjuvante em vários governos e nunca ficou contra nenhuma administração. De Roseana a Jackson Lago, sempre coadjuvante. Infelizmente se eleito Junior terá que governar com duas cadeiras de prefeito em seu gabinete. Uma para ele e outra, do ladinho, para o pai. Servirá de uma marionete entre os interesses do seu genitor e de raposas velhacas como Roberto Rocha e Dino, todos sarneisistas disfarçados de oposição.

  5. Galeno disse:

    Pessoal fica falando do rapaz sem nem o conhece-lo, tcs tcs, experiência por experiência, se formos nessa mentalidade nunca iremos renovar o quadro politico local, passaremos os anos elegendo essas raposas velhas, essa camba de politico profissional que quando entra é só pra encher o bolso de dinheiro. Castelo fez um monte de obra no passado e olhem a gestão infeliz dele como prefeito!! Tadeu é outro que não fez o que tinha que fazer em 8 anos agora quer fazer em mais 4 ?! dá um tempo!

  6. joaozinho disse:

    Se “ispiriência” fosse chifre, e chifre fosse flor, a cabeça de Castelo era um jardim rs rs rs rs . Ricardo tudo isso de experiência é argumento falacioso. Pois ninguém a tnha mais que o Castelo e taí…
    Aliás deram o Estado inteiro para ele administrar com apenas 40 anos, Sarney com 35, portanto isso é bobeira pura!

  7. Iara disse:

    Experiência agente adquire, e o menino vem mostrando desempenho, concordo com o internauta Joãozinho…..

  8. Gerarde disse:

    MEUS AMIGOS,
    Experiência se adquire com o conhecimento colocado em prática de nossas ações e racionalidade e vontade de fazer.
    Segundo Platão, o conhecimento humano integral fica nitidamente dividido em dois graus: o conhecimento sensível, particular, mutável e relativo; e o conhecimento intelectual, universal, imutável, absoluto, que ilumina o primeiro conhecimento, mas que dele não se pode derivar.

  9. Francisco - CHICAO disse:

    Holandinha pq tu nao apresenta tb o papel que o pastor e werton rocha ( o gente boa) terão na “tua administrãção” caso seja eleito??? pq na foto de campanha tu coloca flavio dino mas nao coloca o “homi” do pdt nem tcheu pai?? como já dizia minha avó e em homenagem ao dia das avós… ” cabritinho nasceu, hj! cabritinho nao sabe de nada, mas é cabritinho que ta aqui é cabritinho que vai ouvir… vcs outro dia chamavam dino de comunista, ateu, etc. agora é nele q tu te confia neh?! ai ai carrapato num tem pai

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens