Fechar
Buscar no Site

Direito de Resposta

Caro John Cutrim, ao tempo que expressamos nossa admiração por esse conceituado blog, vimos com o devido respeito solicitar a divulgação dos reais fatos acerca da matéria “Médico ameaça ir a Policia para salvar vida de paciente”, de responsabilidade do médico José Ribamar Dourado de Oliveira, postado no seu blog no dia 7 de novembro de 2011. Reveja a matéria aqui.

O que realmente aconteceu, foi que após a direção do Hospital Regional Carlos Macieira ser cientificada da presença da referida paciente vinda da cidade de Fortuna, para fins de realização de parto cesariano, de imediato, autorizou a cirurgia, e em nenhum momento, apresentou qualquer objeção para atendimento daquela paciente (tendo a sua acompanhante/genitora), prestado declaração por escrito neste sentido e elogiado o atendimento do hospital.

Sendo que a única determinação apresentada pela Direção do Hospital é que a cirurgia fosse realizada pelo médico ginecologista/obstetra e do quadro do hospital, o médico estatutário Dr. Luís Fernando Lisboa Loureiro e do anestesista Dr.Airton Jamerson do Nascimento e assim procedeu por força regimental.

É de conhecimento público, que, mesmo que outro médico acompanhe o encaminhamento de um paciente de um hospital para outro, os seus cuidados e competência restringem-se ao percurso de deslocamento. Dando entrada o paciente naquele hospital as responsabilidades e competência passa para os médicos dos quadros daquela instituição médica.

Senão, bastaria que o cidadão fosse médico para adentrar em qualquer hospital público e resolvesse realizar as cirurgias que entendesse pertinente. Ora seria muito poder para um profissional! Qual o embasamento legal para tanta pretensão? E, nos casos de insucesso/infortúnios quem responderia pelas consequências, o médico e/ou a direção dos hospitais?

Constata-se em simples contato com o Hospital Seabra de Carvalho, de Tuntum, que aquele hospital anteriormente ao aludido episodio e até o presente momento detém toda a necessária capacidade técnica para realizar um parto cesariano, realidade essa, confirmada pela Diretora Daiana em conversa comigo pelo telefone. O que prova que o médico Ribamar Dourado faltou mais uma vez com a verdade, pois ele diz que só conduziu a paciente para Colinas depois de constatar a impossibilidade de realizar o procedimento em Tuntum, sede da regional a qual Fortuna está vinculada.

“Corroborando com as declarações da sua acompanhante/genitora, o laudo obstétrico e exame ultra-sonográfico, todos disponíveis, constatam que a gestação da paciente encontrava-se com 40 semanas e três dias, por tanto, sendo passível de aguardar o parto até por +/- duas semanas, já que não havia qualquer perda de líquido amniótico.

Restando tudo devidamente comprovado, mediante o laudo APGAR que constata que a criança nasceu em perfeita condições, não sendo submetido a qualquer sofrimento.

Em suma, a paciente levada pelo médico Ribamar Dourado, sequer estava a exigir o procedimento de parto cesariano, não apresentava quadro clinico grave, muito menos corria qualquer risco de vida.

Mas, o episodio em si, não se trata de um simples capricho de um profissional que deseja proceder pessoalmente uma cirurgia para uma filha de uma amiga, na realidade suas mesquinhas razões têm fundamentações mais aberrantes, ou seja, o bolso.

Quando o médico diz que o episodio em questão tem origem política por ser adversário do meu esposo, o ex-deputado José Eider, esse falseia a verdade, posto que, sua última contratação pelo Hospital Regional Carlos Macieira deu-se sob a direção da Dra. Maria Paula Meneses de Oliveira, prima legítima do meu esposo.

Na realidade, sua arrogante insatisfação decorre do fato da atual direção ter lhe comunicado que em reunião de diretorias de hospitais regionais, fora observado pela Secretaria Estadual de Saúde, que vários hospitais (incluindo o Regional Carlos Macieira face a presença do médico Ribamar Dourado), estariam mantendo irregularmente profissionais com acumulo de mais de dois cargos públicos, ferindo o disposto no art. 37, inciso XVI, alínea “c”, da constituição Federal de 1998.

E, por conseguinte ferindo a Portaria Ministerial SAS/MS 134/2011, sendo repassada pela Secretaria Estadual de Saúde, a Consulta Estabelecimento – Módulo Ambulatorial, acusando o descumprimento do art. 5.º da aludida Portaria Ministerial, e, as Consultas Profissionais que apontam o médico Ribamar Dourado acumulando remunerações e cargos públicos em vários municípios maranhenses.

Ilegalmente, o médico Ribamar Dourado acumula cargos públicos regionais nos seguintes municípios:

1- Colinas (Centro de saúde Dr. Osano Brandão – médico Clínico, Hospital Municipal Nossa Senhora da Consolação-médico Cirurgião geral.

2- Jatobá (Centro de Saúde Bento Antonio da Silva – médico em radiologia e diagnóstico por imagem.

3- Fortuna (Unidade Mista Antonio Mendes Jardim- médico Ginecologista e Obstetra; médico Anestesiologista; médico Pediatra; médico Clínico, UBS Josué Marques(PSF).

Razão pela qual a Secretaria Estadual de Saúde, determinou que os hospitais regionais notificassem os médicos em situação irregular para que em trinta dias fizessem suas opções de lotação para fins da devida regularização funcional.

Face à citada determinação, a direção do Hospital Regional Carlos Macieira, noticiou ao aludido médico do prazo estipulado pela Secretaria Estadual para que os profissionais saneassem tal irregularidade.

Sendo que, a atual direção do Hospital Regional Carlos Macieira, ainda fez contato com o médico Ribamar Dourado, no sentido de informar que tão logo o mesmo regularizasse sua situação o hospital teria todo o prazer em tê-lo novamente em seus quadros.

Mas, infelizmente, o aludido médico preferiu acreditar que foi a atual direção do hospital que o afastou de seus quadros e passa a nutrir um mesquinho sentimento de revolta para com a família do ex-deputado José Eider. Chegando ao lamentável nível de procurar criar tristes episódios como este em comento, na intenção de maculara a imagem de pessoas sérias.

Os fatos aqui narrados ao contrário das meras falácias do médico Ribamar Dourado, encontram-se documentados na secretaria do Hospital Regional Carlos Macieira, em relação ao episodio da paciente cirurgiada, e, em um simples acesso do site http://cnes.datasus.gov.br/Mod_Profissional.asp, em relação ao irregular acumulo de remuneração e cargos públicos.

Enfim, o médico Ribamar Dourado deveria demonstrar o seu tom de indignação, era para parar de lesar a sociedade maranhense, pois o mesmo jamais teria condições humanas de cumular tanta carga horária para cadastrar-se em tantos cargos públicos.

Atenciosamente

Joelma Alves da Silva
Diretora Geral/Hospital Regional Dr. Carlos Macieira (Colinas)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

10 respostas para “Direito de Resposta”

  1. Colinense com orgulho disse:

    Caro amigo John Cutrim fico feliz por saber escutar as partes deste caso tão ridículo que foi da parte do Dr° José Ribamar Dourado.
    Bem adorei seu direito de resposta Joelma, assim vimos que toda história tem sua verdade da qual eu acredito em suas palavras e são bem colocadas e bem informadas, pois visitei a página da qual você disse e vir.Agora quanto ao Dr° Ribamar ele devia ter mais cuidados ao tenta caluniar pessoas da qual eu sei que fazem o bem a população colinense. Todas essas pessoas que fizeram comentários ao primeiro postamento aqui colocado nesse Blog de John Cutrim com toda certeza não sabem escutar as coisas e vão dizendo coisas absurdos contra alguém que não fez mal a ninguém e sei que você tem familia e sabe muito bem como é um amor por eles, ainda mais esse Dr dizer que vc negou um atendimento ao uma gestante. Que Deus abençoe muito e que tire todo esse mal perto de você e dos funcionários do Hospital Regional Dr Carlos Macieira. Um grande beijo. Colinense

  2. marisan disse:

    parabens Joelma, a verdade acima de tudo,não tem o que esconder, que os colinenses parem para refletir um pouco e não se deixem levar por conversas sem fundamentos,que antes de qualquer julgamento apurem os fatos ,porque os que criticam não fazem nada em prol da população,distribuam cestas básicas aos menos favorecidos e tantas outras coisa que se pode fazer para pelo menos aliviar o sofrimento de alguem,criticas construtivas são validas, apontar falhas,denegrir, deturpar a verdade dos fatos é de uma pobreza de espirito tamanha,para alcançar glorias existem maneiras simples ser honesto, cada um conquiste seu espaço sendo verdadeiro,porque a preocupação de atigir os outros?.Trabalhem e deixem os outro trabalharem em PAZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ.

  3. caro amigo john cutrin, e por isso que acesso todos os dias o seu blog que e de alta confiabilidade esse meio de comunicação, e que crece todos os dias pela veracidade das noticias de todos os dias, pois bem o médico Dr. Ribamar Dourado foi muito infeliz quando imformou a um blog um acontecimento que nunca existiu somente na cabeça dele que não anda bem há muitos anos acredito que ele tem um pouco de desturbio mental estar precisando de um repouso no caps,pois a mãe da paciente a qual foi atendida no Macieira a mesma elogiou e agradeceu no outro dia pelo atendimento de boa qualidade prestado pelos medicos do Hospital .

  4. Maria da Graça Lima Artioli disse:

    É lamentável que alguns colinenses ainda não queiram ver e reconhecer a qualidade da atual administração do Hospital Regional Dr. Carlos Macieira. Já trabalhei em alguns municipios do Estado do Maranhão e ainda não tinha encontrado o que encontrei por aqui: uma administração que se preocupasse em proporcionar um atendimento de qualidade aos que os procuram sem haver qualquer tipo de discriminação. Sou médica pediatra desse referido Hospital onde atendo diariamente uma média de 60 pacientes oriundos de diversos municipios da região e todos são unânimes em direcionar elogios ã administração atual. O Hospital hoje em dia é considerado referência nesta região. É digno de pena que existam profissionais de jornalismo que publicam matérias sem procurar averiguar a veracidade dos fatos. Meu total apoio a diretora Joelma Alves da Silva.

  5. Inácio Augusto de Almeida disse:

    Cabe agora ao CRM-MA apurar os fatos.
    São fatos gravíssimos. Quer sejam verdadeiras ou não as denúnias do médico.
    Se verdadeiras, trata-se de uma verdadeira monstruosidade o ato praticado em Colinas.
    Se falsas, configura uma falta de ética tão grande que invibializa o exercício da medicina por parte deste profissional.
    A dúvida está criada.
    O que realmennte aconteceu somente pode ser conhecido com uma apuração rigorosa e isenta do CRM-MA.
    Tenho certeza de que tudo será devidamente esclarecido pelo CRM-MA.
    Este Conselho tem que colocar um ponto final nesta história.

  6. PROF. PAULINHO PEREIRA disse:

    Conceituado jornalista John Cutrim,
    Felicito-lhe pela lisura de sua página de imprensa, pois é pouco comum, pelo menos aqui em Colinas, encontrarmos tal natureza louvável nas que temos visto até então.
    Em nome das passoas de bem desta terra, aquelas que ainda prezam pelos valores éticos e morais, sobretudo pelo respeito à imagem e à conduta de todos os cidadãos idôneos desta centenária comuna que é nossa Colinas, parabenizo a Joelma Sousa pela sua adequada e elegante resposta à detratação da qual fora vítima.
    Se o respeito e a ética sempre foram os baluartes seguros de uma vida comum em sociedade, por que alguns indivíduos ainda primam pela barbárie, pela prática imunda da leviandade de quererem, ao seu bel-prazer, talhar carapuças e insultar a todos como se a razão lhes fosse seu trono?
    Pois a marmota que se deu, outro nome não se pode dar a tão vergonhoso e infundado “fuxico de comadre”, vem de algum tempo. Alguns costumam postar em blog`s locais informações falsas, sem certificar-se de suas veracidades, sem buscar, ou mesmo permitir que a parte que fora acusada tenha seu direito de defesa.
    Quando não assim ocorre, outros vão aos pontos estratégicos da cidade, aqueles “conhecidos ambientes de ociosos” plantar ali sementes de infâmia, de boatos caluniosos. Isto tudo é muito doloroso, pois não foi assim que nossos ancestrais construiram pelos séculos nossa terra, não foi esta a lição que nos deixaram.
    Além disto, o Hospital Regional Dr. Carlos Macieira realiza trabalho de referência para toda a regional, não apenas para colinenses; prova inconteste é a satisfação de todos aqueles que têm demandado os serviços daquela Casa de Saúde, os quais têm o prazer de externar seu agrado pelo tratamento que lhes foi dispensado, especialmente pelo atual gerenciamento do Hospital.
    Me causou estranheza e profundo pesar, imaginar que a força motriz desta desinteligência unilateral de um conhecido e digno cidadão, possa ter sido a força de partidarismo: “a politicagem de aldeia, mesquinha e vil” que consegue por em arena irmão contra irmão, proporcionando a enfraquecimento da cidadania e facilitando o avanço dos verdadeiros adversários de Colinas no “fronte”.
    Esperamos nós colinenses que volte a reinar entre nós a paz, e a paz só se conquista com o respeito mútuo. Que este lamentável mal entendido sirva-nos de exemplo para reflexão sobre a atual conjuntura colinense.
    Cordiais saudações.

  7. marta disse:

    Que feio Dr Ribamar não Conhecia esse lado frio e calculista, vc se revelou um belo de um mentiroso só pra se vingar da direção do hospital usando suas próprias pacientes criando episódios constrangedores . A sua sede de vingança é tão grande que nem pensou em se expô dessa maneira, e agora sendo desmascarado por todos que conhecem e sabem do que realmente aconteceu naquela segunda feira, voce como médico sabe que em todo lugar existem normas a ser cumpridas sem falar que sua paciente nao estava em trabalho de parto e nem correndo nenhum risco e mesmo assim foi bem atendida, deixe o pessoal do hospital Carlos Macieira trabalharem em Paz , não perca seu tempo criando histórinhas sem fundamentos pois a verdade sempre prevalece.

  8. Dra.Graça Artioli disse:

    É, parece que o povo colinense já está tomando conhecimento do que realmente aconteceu no Hospital Dr Carlos Macieira… Que bom! Avante Joelma, continue fazendo o seu trabalho como tem feito até hoje, pensando sempre no bom atendimento à comunidade colinense. você está no caminho certo. Siga em frente.

  9. EMANUEL disse:

    A VERDADE VEIO A TONA E O MÉDICO DR. RIBAMAR DOURADO JUNTAMENTE COM O BLOGUEIRO BADECO DE COLINAS FORAM DESMASCARADOS. GRAÇAS A ESTE BLOG QUE AGRACIOU E PUBLICOU TODOS OS COMENTÁRIOS DE FORMA IMPARCIAL. INFELIZMENTE O BADECO DE COLINAS TEM INFLUÊNCIA POLITICA FORTE E USA O BLOG AO QUAL ESCREVE PARA INFLUENCIAR NA OPINIÃO DAS PESSOAS QUE O ACESSAM.

  10. Carlos disse:

    Caro Jornalista John Cutrim,
    Parabens, por permiti o direito de resposta, pois nós filho de Colinas, sabemos
    que a atual administração do Hospital DR. Carlos Maciera, vem fazendo uma
    ótima administração. Eu mesmo que já precisei posso falar isso, pelo meu conhe-
    cimento posso afirmar, que o Hospital DR. Carlos Macieira é referênci em toda região,
    pois todos dependem do atendimento do mesmo.
    Esse DR. Ribamar Dourado, tentou fazer uma ARAPUCA, mas acho que ele faltou a aula que ensinava fazer.Ele tambem esqueceu de combinar com o medoco
    de plantão DR. Loureiro e com a acompanhante/Genitora da paciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens