Fechar
Buscar no Site

Direção nacional do DEM decidirá rumo do partido em SL; partido poderá apoiar Castelo

O DEM fechou questão e já discute data para anunciar uma aliança com o ex-governador José Serra (PSDB) na disputa pela Prefeitura de São Paulo. O DEM será a terceira legenda a integrar a coligação de Serra, junto com o PSD de Kassab e o PV de Sarney Filho que oficializará sua adesão amanhã.

O PSDB e DEM, junto com o PPS, são aliados nacionais e formam o grupo de oposição ao governo Dilma Rousseff, do PT. Na maioria das cidades, os três partidos devem repetir a aliança nas eleições municipais deste ano.

No caso de São Luís, há a possibilidade – remota – de o DEM vir a compor com o PSDB do prefeito João Castelo. No estado, os demistas integram a base de apoio ao governo Roseana Sarney (PMDB) e devem, por ora, apoiar o candidato da oligarquia, o vice-governador Washington Luiz, na disputa pela Prefeitura de São Luís.

No entanto, uma declaração do líder do Democratas (DEM) na Câmara de São Luís, vereador Sebastião Albuquerque ao jornal Estado do Maranhão desta quarta-feira, poder acabar reeditando, na capital maranhense, a composição nacional entre demistas e tucanos realizada em São Paulo e em outras cidades.

Nesse momento, estamos esperando uma definição da direção nacional do Democratas, pois o que for decido lá a gente terá que acatar aqui“, disse Sebastião Albuquerque ao jornal da família Sarney. Ou seja, se a direção nacional do DEM determinar que o partido, em São Luís, forme uma chapa com o PSDB, não há nada que os membros locais possam fazer.

O DEM terá que ir com o PSDB de Castelo, mesmo a contragosto de seus dirigentes sarneysistas.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

6 respostas para “Direção nacional do DEM decidirá rumo do partido em SL; partido poderá apoiar Castelo”

  1. saraiva disse:

    Esse DEM não tem muito a oferecer ao PREFEITO castelo,acabou de receber uma BAMBA no cenário NACIONAL ,no momento, mais atrapalha que ajuda.É árvore sem sombra.

  2. saraiva disse:

    Esse DEM não tem muito a oferecer ao PREFEITO castelo,acabou de receber uma BOMBA no cenário NACIONAL ,no momento, mais atrapalha que ajuda.É árvore sem sombra.

  3. raquel disse:

    DOMINGO, 6 DE MAIO DE 2012

    O caos do tráfego – Coluna do Sarney

    ERA SÓ O QUE FALTAVA!

    COLUNA DO SARNEY
    06/05/2012
    Cheguei a São Luís e meu primeiro compromisso foi visitar o túmulo do Décio Sá e render-lhe minha homenagem de saudade e de revolta.
    Eram quatro horas da tarde e tive na ida e na volta ao cemitério Jardim da Paz uma visão de quão caótico está o tráfego em nossa cidade. É inacreditável a paciência do nosso povo diante de tamanha desordem. E o pior é que não há ninguém pensando numa avaliação do problema nem num Plano Diretor, em que a engenharia de tráfego pudesse analisar nossas diretrizes viárias, para saber o que se deve fazer e o que não se deve fazer mais, com tantos erros e imprevisões que ocorreram ao longo dos anos, sem que a municipalidade delas tomasse conhecimento. Há muitos anos São Luís não tem prefeito. Criou-se uma mentalidade e uma cultura no Maranhão de que é o Governo do Estado que tem de ser prefeito de São Luís. E se não fossem as obras que o Executivo estadual realizou nem sei o que seria da cidade. Cite-se, só para começar, as grandes avenidas, o Anel Viário, as pontes sobre o Rio Anil, do Caratatíua, Bandeira Tribuzi e José Sarney. Barragem do Bacanga, viadutos, Avenida dos Franceses e Kennedy. Se tirarmos essas obras, pense o que seria a cidade, que hoje vive um boom de crescimento.
    Eu acompanhei ao longo da minha vida essa caminhada da cidade de São Luís, sua expansão e como ia se alongando, se espraiando com o nascimento de novos bairros e libertando-se com as pontes, de seu promontório histórico na velha cidade, abrindo dois longos braços sobre os rios Anil e Bacanga encontrando espaço para crescer. Mas o planejamento não prosseguiu e até mesmo foi violentado e esquecido. Lembro-me que a última geração que pensou São Luís foi a minha, quando governador, Bandeira Tribuzi, Haroldo Tavares, meu secretário de Transportes, e Vicente Fialho, prefeito. Essa visão continuaria com Haroldo, no governo Pedro Neiva, dando continuidade a tudo que idealizávamos. Veio ainda o Mauro Fecury, mas depois ninguém pensou mais estrategicamente sobre a cidade. Não se sabe, nesse longo período, depois dessa época, de uma só obra dos prefeitos. O resultado é o caos atual da cidade. O tráfego é um problema sem solução. O que tem de planejado para ele? O que fazer, quando se sabe que a cada mês entram em circulação três mil veículos? E agora com as grandes obras que estão sendo feitas no porto, refinaria, usinas elétricas, de gás, conjuntos e mais conjuntos, shoppings e mais shoppings?
    Cidade Patrimônio da Humanidade, 400 Anos de História, o maior conjunto colonial português preservado no mundo! E vem aí uma eleição para prefeito. Será que vamos ficar no blá-blá-blá da politiquinha? Aproveitemos esta oportunidade para pensar São Luís, termos administradores municipais sintonizados com o governo estadual e federal, para um esforço conjunto que nos traga a certeza de que a cidade não vai parar e vai mostrar suas belezas e não mazelas. O tráfego será o início de tudo. O que pensam os candidatos sobre ele? Se o tráfego andar, a cidade anda.
    COLUNA DO SARNEY
    06/05/2012
    Caro John Cutrim, comecei a ler e a pensar, é o Sarney mesmo que está escrevendo? Como uma pessoa, no final da vida, pode perpetuar a hipocrisia, não tem medo do castigo de DEUS? Sarney nunca se compadeceu do maranhense, e, muito menos do ludovicense. Teve o poder de transformar a vida de seus conterrâneos e, foi inerte e omisso.
    É revoltante pensar que este ancião, quase centenário, possa pensar que somos uma legião de dementes, que não enxergamos o Maranhão frágil, depauperado, ridicularizado, herança de uma política empobrecedora articulada por sua famigerada e cruel descendência.
    Tenha vergonha nesta cara antes enrugada e hoje plastificada, Sr. Sarney, porque estamos num estado execrável por culpa das mazelas impostas por sua família, orquestradas pelo Senhor Senador da República. Aguarde, Sr. Sarney, as consequências de seus vis atos, pois o senhor não é eterno, e o tempo é implacável e insensível, tanto quanto o senhor foi e é para o povo do Maranhão.

    abçs

  4. saraiva disse:

    Alguém poderia lembrar grandes OBRAS do ex-PREFEITO Sr.MAURO FECURY? estou perguntando porque foi citado na COLUNA do SARNEY,acima.Pelo menos uma GRANDE OBRA em São Luís.

  5. Chris disse:

    Este Dem , maranhense é samba do crioulo doido! Tem secretario no governo da Roseana tem senador contra o Dem nacional ominado pelo Zé Sarney ! E tem Dem na assembléia legislativa contra os dois! Eu heim coisa de doido! O ideal é o Dem fundir com outro partido ou todo mundo migrar para o PSD como fez a maioria! Eita Maranhão azarado! E o Secretario ainda elogia o Ministro do PMDB! Loucura minha gente! Jonh fale algo sobre isto pelo amor de Deus ou voce tem medo?

  6. joao pereira disse:

    Tu achas que o DEM vai concordar em perder uma cadeira de senador, no caso do Cloves, com o retorno de João Alberto, só pra apoiar um prefeito sem futuro ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens