Fechar
Buscar no Site

Diante da crise e anuidade cara, Diego Sá quer que inadimplentes tenham direito a voto na eleição da OAB/MA

O candidato a presidente da OAB/MA, Diego Sá, líder nas pesquisas, protocolou nesta quinta-feira (21), importante requerimento para garantir o direito ao voto, mesmo para os advogados e advogadas que estejam inadimplentes junto à seccional maranhense.

Diego conhece de perto a crise vivida pela maioria dos advogados e advogadas do Maranhão, que desde o inicio da pandemia, sofreram queda em suas receitas, o que também tem motivado a inadimplência com a anuidade da OAB/MA, uma das mais caras e que sofreu reajuste em pleno período pandêmico.

O pedido baseia-se em guarita normativa, jurisprudencial e judiciais e foi feito encaminhada à Comissão Eleitoral, e à própria OAB/MA.

Plano emergência de retomada da advocacia

O pedido de Diego, que visa garantir direito ao voto, é um prenúncio do Plano Emergência de Retomada da Advocacia, que além de anunciar redução na anuidade a partir de janeiro de 2022, também garantirá acesso à todos os serviços, sem necessidade de comprovar adimplência junto à Ordem dos Advogados.

Liderado por Diego Sá e pensado coletivamente com um grupo de advogados, das mais diversas áreas e regiões do Estado, o plano de propostas apresentado pela chapa 10, encabeçado por Diego Sá e que tem como candidata a vice-presidente, a advogada Celma Baiano, de Imperatriz, visa dar condições reais e imediatas para o fortalecimento da classe no Estado.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens