Fechar
Buscar no Site

Deputado Wellington do Curso solicita prioridade na vacinação dos profissionais da comunicação

O deputado estadual Wellington do Curso protocolou indicação solicitando ao Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís, que inclua os profissionais de comunicação e imprensa que atuam na cobertura da pandemia do novo coronavírus em todo Estado no grupo prioritário de vacinação contra a COVID-19.

Ao justificar a solicitação, Wellington destacou que, frequentemente, esses profissionais estão expostos à contaminação pois estão sempre presente em hospitais e locais de aglomeração para informar a sociedade sobre a situação da pandemia e sobre as medidas restritivas de controle da doença.

A atividade de imprensa é considerada essencial por não ter sido interrompida, mesmo perante a situação que enfrenta o país e o mundo há mais de um ano. Por isso, é importante incluir os profissionais desta categoria na vacinação, pois eles estão na linha de frente e têm um papel de suma importância para levar a informação de forma transparente, responsável e séria para a população maranhense. Esses profissionais estão arriscando suas vidas para nos manter informados sobre a situação da Covid-19. Pensando nisso, protocolei indicação para a Prefeitura de São Luís e para o Governo do Estado, solicitando que os profissionais de comunicação e imprensa do Maranhão, que estão atuando na cobertura da pandemia, sejam incluídos no grupo prioritário de vacinação, pois eles estão expostos diariamente em hospitais ou locais de aglomerações para nos trazer informação e nos informar sobre as medidas restritivas de controle da pandemia. Esperamos que a solicitação seja aprovada, pois o trabalho destes profissionais é essencial para que a sociedade se informe e vença essa doença”, disse Wellington.

Em Teresina (PI), os jornalistas foram incluídos na lista de grupo prioritário para vacinação contra a Covid-19.

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) ressalta que a atividade jornalística foi, desde o início da crise sanitária mundial, incluída nos decretos Federal (Decreto 10.288, de 22 de março de 2020) e estaduais como essencial.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens