Fechar
Buscar no Site

Carta de Clay Lago a Executiva Nacional do PDT

É na condição de fundadora, militante, colaboradora em todos os momentos da vida política do PDT e companheira de Jackson Lago que, antes mesmo da fundação do partido, esteve engajada, sob a liderança histórica de Leonel Brizola, Darcy Ribeiro e Neiva Moreira, entre outros, na construção desta legenda, venho manifestar minha preocupação e surpresa diante dos rumos que vem tomando a nossa vida partidária no Estado do Maranhão.

Sou testemunha do esforço realizado sob a liderança de Igor Lago, no sentido da reorganização do PDT no Maranhão, após o desaparecimento físico daquele que sempre conduziu, com determinação e compromissos, as causas populares e democráticas, particularmente no combate ao Maranhão oligárquico. Foram décadas de lutas travadas que legitimaram a legenda do PDT que, sob a liderança do Jackson, governou por três vezes a cidade de São Luís e o Estado, quando neste cargo foi retirado através de um golpe político-judicial. Não é, portanto, segredo para nenhum maranhense e nenhum brasileiro que Jackson teve que enfrentar todos os poderes constituídos da República para manter a coerência política e ética de sua vida.

Portanto, após a constituição da Comissão Executiva Provisória Estadual, Igor, com os demais companheiros desta Executiva lançaram-se à tarefa que o Jackson, em reunião realizada em dezembro de 2010, havia atribuído a todos os seus companheiros: a reestruturação e reorganização do partido em todo o Estado do Maranhão. Assim foi instalado um processo democrático interno de criação de 211 Comissões Executivas Provisórias Municipais, entre os 217 municípios do Estado, destacando o fato que destas Comissões aproximadamente 50 já realizaram suas convenções e, legalmente, se constituíram em Diretórios.

Respeitando e preservando a memória do Jackson e a história do nosso partido, fundamentada sempre na sua democracia, venho expressar a minha profunda decepção com os rumos propostos pela Direção Nacional, na tentativa de intervenção do processo de construção democrática que até aqui vem sendo desenvolvido. Espero que a Direção Nacional do nosso partido não realize qualquer ato que se caracterize como atitude antidemocrática, preservando todos os compromissos até aqui assumidos.

Atenciosamente,

Clay Lago

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Carta de Clay Lago a Executiva Nacional do PDT”

  1. Inácio Augusto de Almeida disse:

    A que atitude antidemocrática Clay se refere?
    Será que estão a jogar o glorioso PDT na mesma vala em que atiraram o PC do B e o PT ?
    Será que não vai ficar um só partido de expressão na oposição?
    Será que o Maranhão vai se transformar na Alemanha de Hitler, onde o único partido realmente representativo era o Partido Nazista?
    Será que fora os vagões que estarão atrelados ao PMDB somente restarão partidos como o PSOL e PSTU, que pouca penetração tem no eleitorado, principalmente no eleitorado do interior, já que só possuem diretórios em pouquíssimas cidades?
    Eu não duvido que após ter atraído todos os grandes partidos para a oligarquia o Grupo Sarney passe para a cooptação dos chamados partidos menores.
    Até quando o PSOL resistirá?
    Até quando o PSTU resistirá?
    Ou as oposições verdadeiras se unem em torno de um nome que verdadeiramente faça oposição ao Grupo Sarney ou esta família se perpetuará no poder por séculos e séculos.
    É preciso afastar os falsos oposicionistas. Os que se entregaram por uma autarquia, os que se entregaram por uma vice-governadoria, os que se entregaram por cargos em secretarias.
    É preciso uma união plena e total em torno de um nome que jamais tenha se aproximado do Grupo Sarney e com este nome, nome merecedor do respeito de todos os maranhenses que querem, como eu, o fim da era Sarney, partir para a campanha. Para ganhar ou para perder, mas partir de forma autêntica, verdadeira, HONESTA.
    Com oposicionistas de faz DE conta jamais a oposição chegará a lugar algum.
    Mas eu acredito que o PDT continuará firme na oposição a Sarney.
    E se houver intervenção da Direção Nacional os oposicionistas autênticos sairão em bloco em busca de uma nova legenda.. Não farão como os oposicionistas de faz de conta do PT, que sabem que terão que pedir votos para os candidatos do Sarney, mas permanecem no PT e posam de oposicionistas, como se o povo maranhense fosse tolo.
    Acima de tudo, oposição ao Grupo Sarney.
    Esta é a bandeira dos oposicionistas verdadeiros.

  2. Marco Antonio Carvalho Diniz disse:

    Sobre essa questão do PDT maranhense; penso o seguinte: ” Todo conhecimento e todo Poder (governo…) são NECROCRÁTICOS – isso segue a uma sucessão normal. AGORA, OS GENES PEDETISTAS IGOR e Dra. CLAY LAGO TÊM QUE ENTEDER QUE POLÍTICA NÃO É GENÉTICA. SERIA MAIS INTERESSANTE (PRA NÓS DA ESQUERDA) SE OS “DOIS” SE UNISSEM A VIDIGAL ; CLODOMIR PAZ (GRAÇA); JULIÃO AMIM… E – juntos – FORMAR UMA FRENTE PARTIDÁRIA: UMA MURALHA fortalecida.

    Marco Antonio Carvalho Diniz

  3. Caio Túlio disse:

    É de uma obscuridade impressionante a carta da Dra. Clay. Mas cabem duas perguntas: o Dr. Jackson construiu o PDT só com Neiva? Mais ninguém?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens