Fechar
Buscar no Site

Carlos Brandão é eleito presidente da Comissão Provisória do PSDB

O deputado federal Carlos Brandão foi eleito, na noite desta quinta-feira (11), como o presidente da Comissão Provisória estadual do PSDB. O nome do parlamentar foi referendado por unanimidade entre os presentes na reunião, que ocorreu na sede do PSDB em São Luís.

Imagem meramente ilustrativa

Em contato com o blog, Carlos Brandão disse que na nova missão que lhe conferida buscará fortalecer o partido no estado tendo já, como ponto de partida, preparar a legenda tucana para as eleições municipais de 2012. “Entre nossas metas está organizar os diretórios em todo estado e buscar o clima de harmonia dentro do partido”, afirmou.

Brandão ficará no comando do PSDB maranhense, em substituição ao ex-deputado federal Roberto Rocha que deixou o ninho tucano para se filiar no PSB, até a convocação da convenção que elegerá o diretório estadual, que deve acontecer até o final do ano.

O deputado disse ainda que manterá contato permanente com os membros de todas as alas e vertentes do PSDB e que estabelecerá uma linha de diálogo direto com as forças de oposição no estado.

Na reunião que elegeu Carlos Brandão na direção peessedebista estiveram presentes os prefeitos João Castelo e Sebastião Madeira, o deputado federal Pinto Itamaraty, os deputados estaduais Neto Evangelista e Gardênia Castelo, os ex-deputados Wilson Carvalho e Lula Almeida, entre outros.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “Carlos Brandão é eleito presidente da Comissão Provisória do PSDB”

  1. Chico Viana disse:

    John:
    Preciso que o amigo publique este artigo.
    Está interessante e começa a desmonta os comunistas de araque.

    IDEOLOGIA ? UMA PARA ENTENDER

    Longe de mim querer ser politicamente incorreto, numa época em que a acusação de descriminação virou moda e descobrem-se más intenções em tudo, mesmo porque vivemos outra época , e já se faz longe o tempo em que comunistas eram acusados de “comedores de criancinhas”e caçados, a ferro e fogo como as bruxas na idade média, quando mais de 50 mil delasperderam a vida, a maioria imolada em fogueiras.

    A “caça a bruxa” aos comunistas, como essência do mal e da traição à Patria, alcançou seu auge com na década de 40, onde milhares de cidadãos americanos, grande parte intelectuais e artistas, no que se denominou de macartismo , cunhado para criticar as ações do senador americano Joseph McCarthy , seu mais ferrenho radical e insensato inimigo, na época .

    Então não falemos de pessoas, mas de ideologias, de coerência ideológica, afinal o fundamento as bases do comunismo moderno ainda são as mesmas desde sua criação inspirada na Manifesto do Partido Comunista elaborado pelos filósofos alemãs Karl Max e Friendrich Engles, em 1848. Sua essência, o Materlismo Dialético Histórico, é a idéia pétrea desde caldo ideológico que hoje já se estende, através dos Partidos Comunistas, por cerca por 45 países, hum bilhão de filiados , quer no governo, quer na oposição, quer em coalização com outros partidos.

    É um partido de rígidos princípios e em nada mudou desde sua atuação objetiva na Revolução Russa de outubro de 1917, no que ficou conhecido por Revolução de Outubro ou Revolução Vermelha lideradas, dentre outros, por Lênin, Zinoviev, Radek. e que tinha como expoentes Stalin e Trotsky .

    Em suma, o socialismo de Max ou Marxismo é um movimento dialético, fundamentando a evolução histórica da luta de classes e com uma interpretação determinista da economia,

    No Brasil, foi fundado em 25 de março de 1922, reorganizado em 18 de fevereiro de 1962 e legalizado, em sua fase atual, em 27 de março de 1985.

    Para deixar bem claro sua indissociável submissão aos princípios Marxista, o Estatuto Vigente do Partido Comunista, enfatiza em seu artigo 1º: ….”.Organização política de Vanguarda consciente do proletariado, guia-se pela teoria científica e revolucionária elaborada por Marx e Engels, desenvolvida por Lênin e outros revolucionários marxistas. “

    E para deixar mais claro ainda a absoluta obediência e a completa fidelidade aos seus princípios ideológicos, a artigo 4º do referido Estatuto arremata: “Os filiados e filiadas são patrimônio político do Partido , que empreende esforços permanentes para elevar sua consciência política, sua participação na vida partidária e seu compromisso de militante.

    Então, não restam dúvidas. Os fundamentos do Partido Comunista devem ser preservados e observados com todo rigor e em direta consonância com o que foi pregado e estabelecido por Marx, Engels e outros revolucionários marxistas como Lênin, Stalin, Trotsky, etc….

    Eis,então um ponto curioso e contraditório que de há muito volteia o meu pensamento e que, de vez em quando se exacerba por episódios, ou testemunhos ocasionais.

    No momento, a discussão do título de cidadão de São Luis ao Pastor Malafaia, um inegável líder espiritual dos Evangélicos e, honestamente um dos mais ferrenhos opositores de homossexuais e do homossexualismo, que fundamenta sua posição, quase que exclusivamente em princípios cristãos e esgrima como ninguém a Bíblia Sagrada para provar que não se deve conviver. nem incentivar o que, no seu ponto de vista, desafia a palavra de Cristo, os mandamentos do Senhor.

    Tudo bem que ele assim o faça, é coerente, mas é exótico vermos que comunistas usem do mesmo argumento, e de Bíblia em punho, como uma adaga, pretenda punir pessoas por opção sexual, implacáveis, com as preferências e escolhas de cada um . São inflexíveis e, quando muito, acenam com a piedade e benevolência de Cristo que, tal como perdoou e acolheu os pecadores e doentes, como leprosos, aleijados, cegos, assim faria com os homossexuais, enfim nivela o segmento ao estigma, numa infeliz comparação que .e a marca do preconceito.Tudo no estrito enquadramento da palavra sagrada.

    Ou há um inominável absurdo, ou uma imperdoável ignorância, membros do Partido Comunista que assim procedem . Estão traindo sua ideologia e suas verdades, expressass e aceitas por cada um deles quando se comprometeram com o seu Estatuto, lembram? “Guia-se pelo que foi pregado por Marx, Engels e desenvolvida por Lênin e outros.”

    Pois é, interrompendo, por aqui, que a gente ainda volta ao assunto, e em nome da disciplina e coerência partidária, cito o artigo de Wladimir Lênin. “O Socialismo e a Religião: “O socialismo é ateu e se baseia numa concepção científica do mundo, do mundo materialista “

    A filosofia marxista sustenta que tudo que existe no mundo é matéria, que o mundo é um ser necessariamente material e que nada existe além do limite alcançado por nossos sentidos, ou que possa ser objetivamente comprovado. Não existem seres espirituais, tais como alma, Deus e vida sobrenatural.

    A religião para Marx é “ópio que faz com que o povo permaneça em estado letárgico e esqueça as misérias da terra. Eliminando Deus, desaparece a idéia de uma lei moral e de um prêmio, ou castigo para os cumpridores ou violadores da lei. O único céu, é o paraíso do qual desfrutarão, num futuro não distante, as gerações comunistas.

    Faço uma pausa , evocando Cazuza: Ideologia? Eu quero uma para entender.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens