Fechar
Buscar no Site

Blitz Urbana retira propaganda irregular da Avenida Litorânea

A Blitz Urbana, órgão ligado à Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), deu início, na manhã desta terça-feira (13), a uma operação de retirada de placas e balões de anúncios instalados irregularmente na Avenida Litorânea. Segundo o superintendente de Fiscalização e Postura, José Batista Da Hora Júnior, o objetivo é regulamentar e organizar o espaço público da cidade, pois existem casos em que o desrespeito à legislação municipal é gritante.

Blitz Urbana retirou placas, faixas e balões de propaganda irregular, na Avenida Litorânea

“Nossa intenção é operar para que todos trabalhem dentro da regularização, visto que São Luís tem um grande excesso de anúncios irregulares montados principalmente em canteiros centrais, o que é proibido por Lei”, enfatizou o superintendente.

Participaram da operação equipes de retirada, guardas municipais, técnicos e engenheiros, que, com o auxílio do caminhão muck, realizaram as apreensões. De acordo com Da Hora, quanto à propaganda irregular, a multa varia de acordo com o tamanho da placa, podendo chegar a até R$ 1.200 reais.

Durante a operação, as equipes vistoriaram as devidas licenças com os donos dos estabelecimentos e, quando não existia, os bares eram notificados com um termo de apreensão. O proprietário tem o prazo de três dias para comparecer à sede da Blitz Urbana e apresentar a documentação necessária, caso contrário, sofrerá sanções.

Entre os materiais retirados, estavam placas de imobiliárias e faixas com anúncios de cardápios de bares, que foram colocados de forma irregular. Os objetos apreendidos foram transferidos para um depósito da Blitz Urbana.

O trabalho da Blitz Urbana acontece de forma integrada entre a Semurh e as secretarias municipais de Trânsito e Transportes (SMTT), de Meio Ambiente (Semmam), de Obras e Serviços Públicos (Semosp), de Fazenda (Semfaz) e de Segurança com Cidadania (Semusc). O órgão fiscaliza o cumprimento da legislação municipal no que diz respeito às competências das secretarias envolvidas e todas as obras públicas e privadas da cidade.

Todas as ações são coordenadas e trabalhadas de forma integrada e multidisciplinar na estrutura municipal, visando ao ordenamento urbano da capital maranhense, como em casos de uso irregular do espaço público, obstrução de calçadas, estacionamento indevido, obras irregulares, animais em vias públicas, comércio informal etc. Atualmente, a equipe da Blitz dispõe de 36 viaturas operativas (caminhonetas S-10, cabine dupla) e um caminhão boiadeiro para a apreensão de animais.

Denúncia pelo Call Center e monitoramento

As denúncias para a Blitz Urbana devem ser feitas gratuitamente pelo telefone 0800 400 1010. Uma sala de Call Center, com servidores capacitados, foi estruturada para estes serviços na sede do órgão, no Complexo Municipal de Segurança com Cidadania, no bairro da Alemanha.

Todas as denúncias são anotadas e o denunciante recebe um número de protocolo para acompanhar os casos, que são encaminhados para os órgãos responsáveis por resolver cada situação.

As viaturas da Blitz são equipadas com o sistema GPS, sigla em inglês que significa Sistema de Posicionamento Global. Na sala de controle de operações, cada viatura é visualizada em monitores de LCD através de mapas que mostram a localização do veículo, naquele momento, com precisão da rua e do bairro da capital.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

8 respostas para “Blitz Urbana retira propaganda irregular da Avenida Litorânea”

  1. ESSA TAL BLITZ URBANA, PODERIA FAZER UM GRANDE FAVOR A POPULAÇAO DE SAO LUIS. TIRAR O CAOSTELO E SUA FILHA DE DENTRO DOS COFRES PÚBLICOS. OU SEJA, SERIA UMA GRANDE LIMPEZA.

  2. pedro rodrigues da silva disse:

    John.

    Este João da horachefe da fiscalização na blitz urbana falam que ele no condominio Barramar recebeu larjan,, para não impedir a a construção de vários quioques de alvenaria aqui na entrada do Barramar, etambém as placas imensas que estão em cima doas barracas de vender birita, quentinha que vigilancia sanitária fecha os olhos, pois as comidas e os cozinheiros não tem uma npção de higiene e é só comida feita a base de terra e e outros bichos, seu joão da hora mnde ablitz urbana aqui no Barramar para ver a sua obra do mais puro descaso e conivenci com o ilegal. Eu quero da mesma formadizer que a policia tem que vir também aqui no Barramar, pois o consumo de Crack,diamba etc.. já extrapolou, alé de duas máquinas trator que estão aqui ja fazem meses e todos acham que é máquina de prefeitur desvida atempos enão saem do lugar.

  3. Blitz Urbana disse:

    Caro John, informo ao Pedro Rodrigues que o mesmo está muito equivocado acerca dos fatos que ele menciona com respeito ao superintendete Da Hora e algumas questões levantadas pelo mesmo…

    1 – O Da Hora assumiu como superintendente só a partir de Fevereiro deste ano, iniciando seu trabalho na Blitz Urbana, cujo as ações são todas monitoradas e coordenadas sempre em parceria

    2 – A moral e conduta do mesmo contradiz suas acusações sem fundamento, o Da Hora sempre teve muita responsabilidade e bom caráter e não há nenhum indício de corrupção.

    3 – As barracas que vc se refere, foram construídas a mais de 5 anos, período de outras gestões, pela omissão da fiscalização ou conivência do poder público na época. Vc está muito mal informado. Alguns quiosques inclusive tem licença.

    4 – A Blitz Urbana tem coibido todos os abusos e procurado corrigir as mazelas de anos que vem se arrastando pela cidade. A ação descrita no Blog, continua, inclusive hoje terminaremos a Av. dos Holandeses, fazendo a retirada de placas, engenhos publicitários e outras irregularidades, observando também aquilo que foi levantado por vc, quanto a placas no Barramar.

    5 – A Blitz Urbana não tem competência para fiscalizar as denúncias quanto a manipulação e preparo de alimentos de barracas e quiosques citados por vc, mas iremos verificar os alvarás de funcionamento dos estabelecimentos como sempre fazemos e aqueles sem licença, as providências serão tomadas. Formalize uma denúncia e encaminharemos para a Vigilância Sanitária tomar as providências cabíveis.

    6 – A Blitz Urbana está aberta para receber as denúncias de vc e da população. Basta ligar para o 0800 400 1010, com certeza iremos atendê-lo.

  4. FABIO WILIAM disse:

    A BLITZ URBANA ESTÁ FAZENDO UM EXCELENTE TRABALHO EM NOSSA CAPITAL , ESTÁ DICIPLINANDO ALGUNS INDICIPLINADOS QUE ACHAM QUE O ESPAÇO PUBLICO É SOMENTE DELES.
    MUITO BOA ESSA BLITZ URBANA EM NOSSA CIDADE.
    NUNCA NA HISTÓRIA DE SÃO LUIS TIVEMOS ESSE DICIPLINAMENTO , AGORA COM A BLITZ URBANA ESTAMOS VENDO A CIDADE FICAR MAIS ORGANIZADA.

  5. pedro rodrigues da silva disse:

    John.

    Eu quero deixar um regisrtro aqui para o senhor blitz urbana, pois os quiosques aos quais eu me refiro são os construídos acerca de dois meses, já na gestão do da Hora. Sendo assim eu não legislo em causa própria e sim peço providencias,pois isto não é denuncia, é pedido de providencia, pois tem galeteria, tem bar tudo construído amenos dois meses, inclusive emarea de dominio da UNIÃO FEDERAL. Enfim senhor blitz urbana estas obras nao tem cinco anos e sim menos de dois meses inclusive lava jatos. agradeç a sua atenção, masque venha seguida de ação.

  6. pedro rodrigues da silva disse:

    John.

    Quero dizer ao sr. BLITZ URBANA< que não falei de corrupção e sim de omissão, pois São Luis se ele sabe é parte de gleba de terras chamada, Itaqui bacanga eio Anil, então quando o cafeteira foi prefeito e conseguiu a autonomia do Municipio e foi ai que começamos avotar em prefeitos pois até então eram escolhidos pelo governo. A outra gleba é Tibiri Pedrinhas, que também estar sob decretos federais e estaduais, de numero 78.129/76, aconrteceu o seguinte estas gllebas são da União com domínio útil do estado, sómente a rio anil foi desmembrada e é onde estar situada S.luis. Sr. Blitz Urbana, aqui no Barramar tem nesta área da qual eu me refiro, umas cinco construções de alvenaria e madeira que são galeiteria mateus, outra de uma cidadã que chegu aqui e mandou construir tudo ao arrepio da lei pelo que os moradores comentam, sendo assim, quero lhe dizer que não falo de tem corrupção e sim omissão, pois o que tem do obra irregular no Barramar não é mole meu chefe, pois penso até que lhe conheço, pis aqui mora um da hora de nneutom, que é irmão do joao da hora, walber da hora, enfim todos de serrano do maranhão com o prefeito LEOCÁDIO. peço ao senhor que não se ssinta incomdado com este pedido de um ciddão obre que paga seus impostos, caso seja possível mande seus funcio~´arios darem uma olhdanumams máquinas que estão e séculos aquino condominio, são tratores eperfuratrizes, eu fico agradecido se providencias forem tomadas, pois as barracas da fernte foram presente conceiçao andradequando era prefeita, inclusive até o samuel melo tem um quiosque do lado da banca do jornal, pergunte ao dono da bancade quem é o quiosque vizinho da banca de. desde já lhe agradeço se forem tomadas as providencias na forma da lei como manda a lei organica do municipio, e o plano diretor de S. Luis, e lei de uso do solo. Que Deuste ilumine.

  7. Paulo Sergio disse:

    Pelo amor de Deus, faca a retirada daqueles treller lá do Barramar no Calhau, e uma verdadeira putaria, tem gente morando dentro deles, sem fala nas drogas e craques, e jogo de sinuca e musicas altas, falta de respeito, venda de comida, mande a vigilancia sanitaria ir lá também, sem fala nos assaltos a mão armada que tem nas madrugadas, tem bares que permanecem até altas horas da madrugada, precisamos tomar uma atitude, tem que retirar todos, e venda de bebida para menores, pornografias enfim tudo que nao presta, nao temos paz.

  8. luiz paulo disse:

    Qual o watts APP da blitz urbana?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens