Fechar
Buscar no Site

“Apesar das crises, Flávio Dino apresenta ao país uma grandiosa obra no Maranhão”, analisa Rodrigo Lago

Na manhã deste sábado (1), o secretário Rodrigo Lago foi entrevistado pelos jornalistas John Cutrim e Robson Júnior no programa Resenha, da TV Difusora. Na oportunidade, o secretário analisou a conjuntura nacional relacionada ao combate da pandemia do novo coronavírus, as pesquisas de opinião sobre a atuação do governo do estado, além do panorama das eleições municipais e a questão do afastamento de juízes para candidatura de cargos eletivos.

Em relação à pandemia, o secretário destacou o planejamento do governo do Maranhão, que distanciou o estado de uma situação de colapso. “Nós estamos aí com quatro, cinco meses da pandemia no Brasil e, em nenhum momento, faltou leito aqui em São Luís ou mesmo no estado do Maranhão”, comemorou.

Lago também falou dos entraves operacionais do governo Federal ocasionados, segundo o secretário, por uma ausência da figura de um articulador político que estabelecesse diálogo com estados e municípios. “O governo federal chegou a proibir a instalação de barreira sanitária no aeroporto”, lembrou.

Além da crise atual trazida pela pandemia, o secretário rememorou outros episódios da política nacional que afetaram diretamente as políticas estaduais, como o impeachment da presidenta Dilma Roussef e o transcorrer do curto governo Temer. “E agora temos o governo Bolsonaro perseguindo governadores e prefeitos, com economia parada e com tendência a retrocesso”, completou Lago.

“Flávio Dino vai apresentar essa grandiosa obra para o país e mostrar tudo o que fez no Maranhão, apesar de toda crise, apesar de ser um estado pobre”, finalizou.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens