Fechar
Buscar no Site

Ao reafirmar convite para Moro ir para o STF, Bolsonaro fortalece ministro após derrota sobre Coaf

A avaliação interna no governo é a de que, ao reafirmar que indicará Sérgio Moro para o Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Bolsonaro buscou fortalecer o ministro da Justiça depois da derrota sofrida na votação da reforma administrativa.

Na semana passada, uma comissão do Congresso decidiu transferir o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) do Ministério da Justiça para o Ministério da Economia.

A medida ainda não está em vigor, os plenários da Câmara e do Senado ainda terão votar o tema.

Nas palavras de um auxiliar de Bolsonaro, a confirmação do convite para Moro ocupar a vaga do ministro Celso de Mello, que se aposentará em 2020, é também uma forma de prestigiar, além de fortalecer, a posição do ministro da Justiça.

Em meio ao segundo turno da eleição do ano passado, Bolsonaro já havia sinalizado que, em caso de vitória, Moro seria convidado para uma vaga no Supremo.

Passagem pelo ministério

Ministros do Supremo ouvidos neste domingo (12) pelo blog avaliam que a passagem de Moro pelo Ministério da Justiça é uma etapa fundamental para alguém ocupar uma vaga no tribunal.

Isso porque as vagas destinadas à magistratura normalmente são ocupadas por quem já cumpriu várias etapas da carreira, como ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ) – entre os quais Teori Zavascki e Menezes Direito –, nunca um juiz federal de primeira instância, como era o caso de Moro até assumir o ministério.

Integrantes do governo no STF

Auxiliares de presidentes da República costumam ser indicados para o STF, por exemplo:

  • Fernando Henrique Cardoso indicou Nelson Jobim (ministro da Justiça) e Gilmar Mendes (advogado-geral da União);
  • Luiz Inácio Lula da Silva indicou Dias Toffoli (advogado-geral da União);
  • Michel Temer indicou Alexandre de Moraes (ministro da Justiça). (Do G1)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

3 respostas para “Ao reafirmar convite para Moro ir para o STF, Bolsonaro fortalece ministro após derrota sobre Coaf”

  1. O presidente Jair Bolsonaro. Faz justiça ao indicar o ministro dá justiça Sergio Moro para ocupar uma vaga no STF. Sergio Moro largou sua profissão para atender o convite de Jair Bolsonaro, eu gostaria muito de ter a oportunidade de votar no Sergio Moro se ele se candidatasse a presidência dá república, seria de grande valia, ter uma pessoa capacitada e honrada como presidente do Brasil. Mas se ele for para o STF, certamente contribuirá e muito com o nosso Brasil e com o POVO brasileiro: Vamos recolocar o nosso Brasil nos trilhos dos desenvolvimentos e progressos, que o congresso nacional trabalhe e que seja aprovado a reforma dá previdência, se faz necessário retirar alguns item que prejudica os trabalhadores, como contribuições por 40 anos, que seja só 35 anos, aposentadorias homens 65 anos e ás mulheres 60 anos, e 15 anos de contribuições e não 20 anos, que o BPC continuem com um salário mínimo, aposentadorias rural seja com 60 anos, pois o homem do campo, não aguenta trabalhar na roça após os 60 anos, é um serviço pesado e carece de muita resistência, portanto, que seja revistos estes itens, que o bom censo prevaleça, será de grande valia para o Brasil, e um avanço importante para ás gerações futuras. Brasil a cima de tudo, DEUS, a cima de todos.

  2. EZIO disse:

    14 deputados COM RABO PRESO da comissão da Câmara votaram retirando o COAF do ministério da justiça SERGIO MORO—ATENÇÃO FALTA VOTAR EM PLENÁRIO — são 750 deputados pelo menos a metade + 1 SEM RABO PRESO —e no Senado também –pelo menos a metade + 1 SEM RABO PRESO —- SE ESSAS OVELHAS DE PRESÉPIO SEM**** RABO PRESO* honrar seus eleitores votarão para o bem do BRASIL –CONTRA OS CORRUPTOS E IMPUNES LADRÕES DE BILHÕES DO POVO BRASILEIRO.— O COAF JUNTO COM O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA —- os ratões erados, ladrões de bilhões do povo brasileiro morrem de medo —em desespero–em pânico POIS DESTA VEZ VÃO PARA A PRISÃO —Honoráveis bandidos ladrões de bilhões —2 ex-presidentes do Brasil PRESOS —LULA LADRÃO —VAMPIRO TEMER—falta a DILMA ANTA ………

  3. O JUSTO e os sonhos deles é voltar a colocar ás mãos nas chaves dos cofres público disse:

    EZIO, na câmara dos deputados são só 513 deputados federais, e no senado dá república são só 81 senadores ok. Talvez vc se empolgou, e digitou 750.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens