Fechar
Buscar no Site

Ambientalistas rejeitam ‘Via Expressa’ de Roseana em área verde

Por Jully Camilo (JP)

Moradores do conjunto do Maranhão Novo, por meio da Associação dos Amigos e Usuários do Parque Ecológico (Assuape), realizaram, na manhã de hoje (15), um abraço simbólico à área, em protesto contra a construção da “Via Expressa” – obra do governo estadual que, segundo os manifestantes, vai destruir a área verde existente no bairro. A comunidade relatou que o parque tem três hectares, abrigando mais de 1.200 árvores de grande porte. Algumas das espécies são protegidas por lei, como o pau-brasil, o ipê e a maçaranduba.

Segundo o ambientalista Getúlio Brenha Rodrigues, presidente da Associação dos Amigos e Usuários do Parque Ecológico do Maranhão Novo (Assuape), no projeto Via Expressa consta a construção de uma rotatória dentro do Parque Verde.

Para Getúlio, a “Via Expressa” tem seu lado positivo, porém vem sendo feito de forma irresponsável e sem estudos de impacto ambiental, uma vez que tem destruído boa parte da flora e da fauna nas áreas cortadas pelo empreendimento.

Protesto mostrou reprovação à destruição da natureza por obra do governo

“Em nossa área verde temos ainda outras espécies frutíferas e ornamentais, que servem de abrigo e alimento para répteis, insetos, pequenos mamíferos e uma quantidade enorme de pássaros. Não vamos permitir que mais de 30 anos de trabalho, dedicação e amor à fauna e à flora sejam destruídos em um piscar de olhos, simplesmente por causa da ganância de nossos gestores”, afirmou o ambientalista.

O morador Antonio Carlos da Paz, de 65 anos, também membro da Assuape, explicou que já mora no bairro há 26 anos e nunca havia presenciado tanto desmatamento como o praticado nos últimos anos, em decorrência do crescimento urbano e imobiliário.

Antonio disse que a comunidade não é contra a “Via Expressa” e sim a favor do equilíbrio ambiental, proporcionado pelas áreas verdes, que ajudam a diminuir o calor e colaboram para um ar mais puro, com qualidade de vida.

“Não fomos sequer notificados sobre o projeto de ‘destruição’ do governo. Eles nem sabem que essa área já faz parte da planta do bairro e é detentora de uma decisão liminar, fruto de uma Ação Popular 8115/2010 na 5ª Vara da Fazenda Pública do Estado do Maranhão, que protege as árvores de serem cortadas ou destruídas”, declarou Antonio.

Um abaixo-assinado está sendo elaborado pela comunidade para ser enviado à governadora Roseana Sarney, no intuito de sensibilizá-la a mudar o percurso da “Via Expressa”, de forma a não atingir o Parque Verde.

Várias entidades estão apoiando o movimento da Assuape. Alguma delas: Fórum Ambientalista do Maranhão (FAM), Associação Maranhense para a Conservação da Natureza (Amavida), Associação dos Moradores da Vila Cristalina (Amovila), União dos Moradores do Conjunto Vinhais, Cia. Circense de Teatro de Bonecos, ONG Arte-Mojó, Fábula-Brasil, Fábula-Internacional, Associação Ambiental Orla Viva, e as escolas Adventista, Arco-Íris, Ecilda Ramos e Cantinho Feliz, entre outras.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

13 respostas para “Ambientalistas rejeitam ‘Via Expressa’ de Roseana em área verde”

  1. Neto Ferreira disse:

    Caro amigo,

    Fiz uma investigação e constatei que o deputado federal Gastão Vieira, em 2008 destinou recurso de sua emenda para uma obra inacabada, sendo que o Ministério do Turismo quem fez a transferencia em 2008. Veja:

    http://www.netoferreira.com.br/politica/2011/09/obra-inacabada-recursos-destinados-por-gastao-vieira-sairam-do-ministerio-do-turismo/

  2. Turismólogo disse:

    sinto muito dizer que a promotoria de meio ambiente da capital, sempre submissa a degradação ambiental a exemplo do que acconteceu com a construção da Assembleia Legisaltiva e nova Sede do tribunal da justiça estaddual, JÁ APROVOOOOU o eia e rima dessa tal via expressa que ligará um shopping a outro shopping, ocasionando engarrafamento do trafego de veiculos na região do ipase/maranhão novo/viado adulto da cohama. que fazer ???????? quem manda na capital é roseana e depois caostello. quem deverria chiar seriam os vereadores, mas são todos eles ums covardes, apostando numa mamada que lhes garantam a compra de votos.

  3. MÁRCIO disse:

    TURISMÓLOGO, TURISMÓLOGO, CUIDADO QUE O “BARRETO CARCARÁ” TE PEGA. TU SABIA QUE O APELIDO DELE É CARCARÁ? ADVINHA POR QUE?

  4. rosilene disse:

    quando todo mundo tiver passando pela via expressa, rapidinho vão esquecer do meio ambiente. FATO!

  5. maria disse:

    A manifestação é válida………….entretanto, é malhar em ferro frio; se realmente essa promotoria do meio ambiente funcionasse, essas construções desenfreadas em áreas de mangue, cocais, juçarais, não aconteceria………. Alguém já viu ou ouviu algo a respeito por exemplo daquele posto de gasolina construído no mangue do próprio Ipase??????????????A população na época não se revoltou!!!!!!!!!!! Mas também de nada adiantaria é de AUTORIDADE!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Imaginem, ali estão tanques de combustíveis………………..

  6. Maranhense lúcido disse:

    Na verdade a Via Expressa vai atender principalmente ao CEUMA I – Renascença

  7. KEILA disse:

    KKKKKKKKKKK!!!!!! ME DIZ UMA COISA: ESTES 18 COMPONENTES DA FOTO SÃO OS MORADORES DESTA AREA? OU FALTOU GRANA, PARA ARREGIMENTAR MAIS GENTE PARA ESTE ABRAÇO ECOLOGICO? NEM PROTESTO VOCES SABEM FAZER DIREITO GENTE? COMO É QUE COM UMA MENTALIDADE DESTA ( DO TAMANHO DE UMA ERVILHA – RRSRSRSRSRS), AINDA QUERIAM ADMINISTRAR UM ESTADO COMO O NOSSO MARANHÃO? SE CONFORMEM, E DEIXEM O GOVERNO TRABALHADOR FAZER AS OBRAS QUE VOCES DA PREFEITURA NÃO TEM A CAPACIDADE DE FAZER. VOCES SÓ SERVEM MESMO PRA PINTAR BEIRA DE CALÇADA COM CAL VIRGEM.AFFF!!!!!

  8. wander disse:

    Quero ver ate quando voces vão usar o povo para alcançar seus objetivos. Deveriam ter vergonha de juntar um punhadinho de gente, chamar um fotografo (pago também) pra este tipo de reportagem barata. E ainda fazer as pessoas de palhaços, inventando um protesto premeditado. Como diz o jornalista e apresentador Boris Casoy: ” ISTO É UMA VERGONHA ”.

  9. Aline disse:

    Realmente é uma vergonha!!!!
    Não importa a quantidade, mas a intenção !!! Não sou “puxa o saco”do estado e nem da prefeitura, mas analise essa obra? Será quem tem mentalidade p isso? Ontem mesmo assitir programa eleitoral, e foi argumentado e defentido sobre as áreas de APP. Essa Via irá respeitar isso? É e ainda querem para a gente se conformar…

  10. Pato Donald disse:

    achei muito estranho a presença do assessor do vereador fernando lima vestido de branco e de oculos escuro segurando uma ponta da faixa, cai emcampo e perguntei a alguns figurantes da foto, e constatei que era o danado mesmo. enquanto issona camara o vereador fernando lima, nada diz ou late.

  11. Adrina disse:

    O engraçado é que o hospital esses Promotores do Meio Ambiente nao deixa o municipio construir, por causa de palmeira, mesmo sendo algo de necessidade, urgente…..agora quando é do Governo…pronto!! Pode derrubar tudo…

  12. Josemar disse:

    A verdade é que se o município conseguisse construir um hospital de emergência iria tirar um pouco das manchetes dos hospitais e UPAs que o governo do estado está fazendo. O foco não é o atendimento às necessidades da população e sim o voto. As eleições estão se aproximando.

  13. Fabiana disse:

    Isso que acontece quando se tem um crescimento sem planejamento, e as autoridades nem se importam, querem só lucros, e não estão nem aí para o meio ambiente! http://www.redefap.com.br/index.php/rede/groups/viewgroup/10-crescer-sem-planejar-nao-da

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens