Fechar
Buscar no Site

A prioridade não é a vida, dos pobres, claro

Por: Chico Viana

O então governador Mão Santa gracejava quando nos comparava aos avanços do Piauí. Dizia: “Enquanto o Piauí faz transplantes de coração, o Maranhão trata seus pacientes em despacho de encruzilhada”. Afirmação intempestiva e sem fundamento. Por isso, magoou pouco o nosso brio.

Nos últimos anos, pelos menos dez, dói mesmo, e muito, constatar-se que o nosso Estado é realmente um exemplo humilhante de descaso na saúde pública, e se não recorrem à macumba, recorrem ao Piauí, tido e proclamado por muitos maranhenses como o fim do mundo, para atender nossa população. E os gracejos que ouvimos, ou lemos hoje, têm inegáveis fundamentos.

Eis algumas manchetes e comentários: HOSPITAIS DE TERESINA CANCELAM, DEFINITIVAMENTE, ATENDIMENTO A TIMONENSES – Dr. Pedro cansou de ser enganado pelo governo maranhense”. E justifica a medida: “O motivo do cancelamento é muito simples: o Governo Roseana Sarney nunca pagou a pactuação feita em abril, com a Prefeitura de Teresina, para ressarcimento de despesas que tem com a Fundação Municipal de Saúde, na ordem de 13 milhões gastos por mês. POR MÊS, não custa nada repetir, com atendimento de pacientes timonenses e municípios vizinhos”. Leia-se de Codó para lá.

É claro que o acerto não foi para pagar tudo de uma vez, mas aos poucos, e ocorreu que a Secretaria de Saúde não cumpriu o trato e deixou de repassar R$ 1.799 milhão acordado por cada mês de atendimento.

Outra manchete: POVO MORRE À MÍNGUA, E MURAD DÁ CALOTE BOMBAQUIM EM SECRETÁRIOS DO PIAUÍ – Murad, o truculento, ou povo que se dane. Qualquer dúvida,o link;http://www.portalhoje.com/tag/secretario-de-saude-do-maranhao-engana-secretarios-do-piaui-e-nao-aparece-em-encontro-da-crise-da-saude-marennhese.

A revista IstoÉ, de 29/07/2011, aponta um fabuloso esquema de desvio de recursos públicos na matéria “Fraudes em licitações colocam sob suspeita programa de construção de unidades de saúde da governadora do Maranhão, em um negócio de quase meio bilhão de reais”. A revista Veja já havia publicado, em sua edição de 21/03/2011, a verdade cristalina: “Sobra dinheiro, falta saúde no Maranhão. E é justamente nesta área que expomos a mal e a impiedade.

A Comissão de Saúde da Câmara Municipal visitou os Socorrões, e confesso que o íntegro vereador Fernando Lima foi até benevolente no relatório. A situação é pior. Agora, com certeza, não chegou a este estado de calamidade em dois anos e meio da atual administração municipal… vem de anos e anos de descaso, alguns até recentes.

Ora, como pode funcionar bem, sequer razoavelmente, um hospital projetado para atender uma população da capital – cerca de 1 milhão e 50 mil habitantes – e atende uma clientela de 6,1 milhões de maranhenses advindos de 215 municípios – Aí já deduzidos Imperatriz, onde existe um Pronto Socorro Municipal – recebendo por mês R$ 2,9 milhões do SUS e gastando R$ 10 milhões para mantê-los? E o próprio Piauí nos fornece os motivos que podem ser estendidos a todas as unidades de Saúde do Estado. Leiam: “O hospital ‘Alarico Pacheco’, de Timon (um dos seis regionais ainda feitos em 1982, há 29 anos), chegou a ser referência no Governo Jackson Lago, realizando 20 mil procedimentos cirúrgicos por mês (lógico, desde a pequenos procedimentos até cirurgias) “fechou suas portas depois de uma intervenção do secretário Ricardo Murad, colocando uma fundação privada para geri-lo. O resultado é que o hospital passou a atender só clínica materno-infantil, e começa a semana, no mais das vezes, sem nenhum médico”.

Assim é em todos hospitais regionais, uns desativados mesmo. e outros fazendo arremedo de atendimento. Agora me diga: dá para melhorar os Socorrões com o atual espaço físico e equipamentos, atendendo a uma população seis vezes mais do que foi projetado? E, enquanto a situação é grave, o governo estadual e outras instituições colaboram para o colapso final. E não é a primeira vez que isso acontece. Em 1985, um mês antes do carnaval, quando a então prefeita Gardênia assumiu, em sua primeira visita ao Socorrão I (Hospital Djalma Marques), teve que meter o pé em dois palmos de água que inundava o prédio, completamente sucateado e desativado – e era o único do município. E antes do carnaval, 9 de fevereiro, funcionava.

Dias atrás os jornais noticiaram que a despesa da reforma do Ipem, a princípio de 40 milhões, foi aditivada para 100 milhões. Daria para construir outro hospital igual. E também nos veio essa semana a notícia de que, a partir do fim do mês, vai paralisar totalmente, inclusive o parco serviço de atendimento de emergência. Esses pacientes foram para onde? “Para outros hospitais do Estado”, responde o Secretário. Quais, se só existe o Geral, hoje um hospital escola de uma faculdade particular e de pós- graduação? Não bastasse isso, incrementaram sem piedade a demanda dos Socorrões, desativando também o PAM Diamante e da Cidade Operária. O Centro Cirúrgico do Hospital Infantil, mais de ano; o Getúlio Vargas, de onde se valiam os aidéticos complicados e tuberculosos etc… Isso, é claro, sem falar nos 72 hospitais e 10 UPAs orçados em R$ 418 milhões, pagos R$ 241 milhões (até maio), e só entregues um de cada. Mas isso é outro assunto, tema do próximo artigo.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

22 respostas para “A prioridade não é a vida, dos pobres, claro”

  1. Chico Viana disse:

    Caro John:
    Grato pela publicação, há infaelizmente um equívoco: são 6,1 milhões de habitantes e não 3 milhões como publiquei, o que torna mais grave ainda o problema

  2. morte certa disse:

    ricardo coração de leão é covarde.tudo que pensamos fazer com ele é pouco.

  3. Dinho disse:

    E essas matérias dos jornais de Teresina tu não posta por quê?

    Redução de pacientes do MA para Teresina chega a 50%
    http://maranhaomaravilha.blogspot.com/2010/08/reducao-de-pacientes-do-ma-para.html

    E esta aqui pra matar balaio do coração que saiu também na imprensa do Piauí

    Polo de Saúde de Teresina está ameaçado pelo Maranhão

    Uma das principais referências de Teresina no setor econômico, o Polo de Saúde da capital está ameaçado pelo avanço da medicina nas cidades do Maranhão, estado de onde saem 40% dos pacientes que buscam atendimento na capital piauiense.

    Uma das principais referências de Teresina no setor econômico, o Polo de Saúde da capital está ameaçado pelo avanço da medicina nas cidades do Maranhão, estado de onde saem 40% dos pacientes que buscam atendimento na capital piauiense e contribuíram, ao longo dos últimos 20 anos, pelo já conhecido turismo de saúde de Teresina.

    Cidades como Imperatriz, Caxias e Timon estão investindo, nos últimos anos, na melhoria de unidades de saúde de média e alta complexidade, setor que atrai bastante pacientes para a capital do Piauí e tem sido o responsável pelo crescimento de clínicas e hospitais de Teresina. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Timon, as reformas em hospitais do município até o final do ano vão consolidar o atendimento de referência em mais de 40 cidades do Maranhão, alcançando uma população de 400 mil pessoas.

    O presidente do Sindicato dos Hospitais e Clínicas Particulares de Teresina, Antônio Dib Tajra, explica que somente os pacientes de Teresina e do interior do Piauí não são suficientes para manter o Polo de Saúde em funcionamento. “A população da capital é de 800 mil pessoas, mas temos influência em mais de 5 milhões de habitantes e, sem esses pacientes, o sistema não se sustenta”, afirma o médico.

    A vizinha cidade de Timon é a que mais tem investido no setor de alta complexidade. Há 15 dias, a Prefeitura inaugurou a reforma e ampliação da Policlínica, com realização de procedimentos de tomografia, ultrassom 3D, eletroencefalograma, ecocardiograma e eletrocardiograma e densitometria óssea, que até bem pouco só eram realizados em Teresina. Foram investidos quase R$ 2 milhões, sendo R$ 300 mil em estrutura física e R$ 1,5 milhão em equipamentos.

    O secretário de Saúde de Timon, Raimundo Neiva Neto, explica que a reforma da Policlínica vai evitar o deslocamento do timonense para Teresina ou outra cidade. “Queremos tirar o sofrimento do paciente que antes tinha que se deslocar para Teresina, São Luís ou Caxias para realizar estes tipos de exames”, afirma. Com os novos exames, o atendimento do hospital, que hoje é de 8 mil pacientes por mês, deverá triplicar.

    A cidade também está investindo, junto com o Governo do Estado do Maranhão, na ampliação do Hospital do Parque Alvorada e do Alarico Pacheco. Este último terá um centro de oncologia e UTI
    Neo-Natal. Além de ampliação da rede pública, as clínicas particulares do Maranhão também estão investimento mais em equipamentos sofisticados.

    Saúde de Teresina deve buscar a excelência, diz Sebrae

    A saída encontrada pelos empresários do setor é elevar a qualidade no atendimento no setor de saúde de Teresina. “Hoje, a capital é uma referência nessa área, mas temos que alcançar o nível de excelência. Ou seja, oferecer o melhor serviço e atendimento da região”, comenta o médico e empresário Dib Tajra.

    Para agilizar essa mudança, o Sebrae lançou ontem o projeto “Polo de Saúde de Teresina – Clínicas Médicas”, que visa a melhorar a gestão empresarial das clínicas da capital, por meio da capacitação dos profissionais e resolução de problemas específicos do setor. Participaram do evento técnicos do Sebrae e representantes da Associação Piauiense de Medicina, do Sindicato dos Médicos do Piauí, do Conselho Regional de Medicina, do Sindicato dos Hospitais e Clínicas
    Particulares do Piauí, da Câmara Municipal de Teresina, da Fundação Municipal de Saúde e da Secretaria de Saúde do Piauí.

    “Primeiro vamos fazer um diagnóstico do setor, envolvendo inicialmente 50 clínicas. Em seguida, faremos intervenções no sentido de melhorar a gestão, aumentando a lucratividade desse setor e reduzindo os custos”, afirma o gerente de Comércio e Serviços do Sebrae-PI, Gilson Vasconcelos. A ideia da instituição é ensinar às clínicas o que faz com outras empresas: otimizar a gestão empresarial.

    O projeto tem um custo de R$ 900 mil e vai durar três anos. Metade do investimento é bancado pelo Sebrae e o restante pelas clínicas participantes do projeto. “Resolvemos dividir com as clínicas os custos até para os empresários perceberem a importância do programa. Além do mais, resolvemos intervir na iniciativa privada porque o setor particular é que propulsiona o desenvolvimento da economia em qualquer lugar do mundo”, finaliza Gilson.

    Fonte: Robert Pedrosa / Jornal O DIA

    Repórter: Portal O Dia ([email protected])

    Edição: Portal O Dia

    Share | Imprimir
    FONTE: http://www.portalodia.com/noticias/piaui/polo-de-saude-de-teresina-esta-ameacado-pelo-maranhao-77478.html

  4. frente comunitaria da gleba tibiri-pedrinhas, e outros disse:

    depois que esse “chico vereador de são luis”, legislativamente se acovardou diante de tudo o que escreveu sobre os danos causados a saude pela questão da alumina e aluminio, não cumprindo a realização de uma cpi para de uma vez por todas deixar as claras uma questão que preocupa e preocupa, esses outros escritos sobre saude pode ter a mesma utopia como caracteristica, apenas palavras ao vento de um chico vereador de uma municipalidade que já não o acredita tão sério, caso não cumpra ou explique porque desistiu da citada cpi. teria sido a pedido do prefeito castelo, amigão da alcoa de são luis?

  5. Hiram Freitas disse:

    VEJAM AGORA O VELHILHO DO MOTEL CAI:
    Emenda de ministro libera R$ 1 mi a empresa-fantasma

    Firma que erguerá ponte no Maranhão fica em apartamento e usa registro falso

    Beneficiada com verbas destinadas pelo atual ministro Pedro Novais, Barra do Corda foi alvo de uma operação da PF

    DIMMI AMORA
    ANDREZA MATAIS
    DE BRASÍLIA
    FELIPE SELIGMAN
    ENVIADO ESPECIAL A SÃO LUÍS

    Recursos assegurados pelo ministro do Turismo, Pedro Novais, para uma obra no Maranhão beneficiaram uma cidade sem nenhuma vocação turística e uma empreiteira fantasma, cuja sede fica em um conjunto habitacional na periferia de São Luís, a capital do Estado.
    No ano passado, quando exercia o mandato de deputado federal, Novais apresentou emenda ao Orçamento da União para destinar R$ 1 milhão do Ministério do Turismo à construção de uma ponte em Barra do Corda (450 km ao sul de São Luís).
    A pasta assinou convênio com a prefeitura em 8 de dezembro e já empenhou (reservou para gastos futuros) todo o valor da emenda. Neste ano a prefeitura fez a licitação, vencida pela Planmetas Construções e Serviços.
    A sede da construtora fica num conjunto habitacional de baixa renda em São Luís.
    A Folha esteve no local, conhecido como Carandiru, em referência ao antigo presídio de SP. São prédios simples.
    No endereço da Planmetas atendeu uma senhora de nome Delí. Questionada sobre um dos dos donos, Roberto Beckenbauer Sagadilha Correa, disse que é seu neto, mas que ele não mora mais ali.
    A Folha quis saber se a empresa de fato funcionava.
    Delí não soube dizer onde fica a sede. Disse que o neto montou um escritório, mas que também havia mudado.
    Segundo o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Maranhão, nem Correa nem o outro dono, Francisco Pereira Nunes, constam como engenheiros.

    NOME FALSO
    No local onde será feita a ponte em Barra do Corda há uma placa da firma na qual consta como engenheiro responsável José Fernando Trindade Junior. Procurado pela Folha, disse que “não trabalha nem nunca ouviu falar na empresa Planmetas”.
    O registro profissional que está na placa não confere com o de Trindade. Não há nenhum profissional com o registro citado na placa. O Crea também não encontrou nenhum registro dessa obra.
    Barra do Corda é a cidade do interior com mais verbas do Turismo: R$ 15 milhões. O valor é dez vezes superior ao das cidades turísticas de Alcântara e Barreirinhas.
    Das emendas de Novais, a de Barra do Corda tem o valor maior. Em dezembro de 2010, o Turismo assinou seis convênios com a prefeitura -quatro deles no dia 31.
    Em fevereiro, a PF deflagrou operação em Barra do Corda. A Justiça decretou a prisão do prefeito Manoel Mariano Souza (PV), de parentes e de servidores. Ele obteve habeas corpus e não foi preso.

    ——————————————————————————–
    Colaborou FERNANDA ODILLA, de Brasília

  6. Chico Viana disse:

    Caro John:
    Não é necessário ser agressivo na cobrança, isto demonstra falta de educação e nível mínimo para entrar em permanecer em qualquer forum de negociação e de pleito.
    Sou vereador de São LUis, vereador não suplente em exercício, e como tal tenho que dar satisfações à toda cidade, mesmo que não tenha sido votado na região como não fui nesta gleba tibiri-pedrinhasm, eles tem seu vereador, muito bem votado lá e ele não conta.
    A satisfação que devo é o povo em geral.
    O livro sôbre os desmandos da Alco/Alumar, um dos mais documentados já lançados no Brasil está na fase de edição, com tabelas, gráficos e um iconografia formidável e dados irrefutáveis a respeito de danos ambientais, problemas fundiários, poluição, parasitismo fiscal, problemas sindicais, enfim tudo.
    Os senhores da Gleba Tibiri-Pedrinhas, os mal educados e agressivos, sei que lá tem gente polida, escolham melhor da próxima vez, não vendam seus votos, para ter de quem efetivamente cobrar.

  7. movimento democrata livre de são luis, e outros disse:

    de polido esse chico vereador não tem nada. de comprometimento público com amacro questão da capital são luis, muito menos. agora esse chico edil, que se acovardou conforme havia garantido, de logo depois das ferias de julho, apresentar requerimento para a criação de uma CPI tratando dos danos a moradores da zona rural desta capital causados pelos residuos toxicos e altamente toxicos originarios da produção da alumina e aluminio, alegar que não o fará porque não fora votado pelos beneficiarios dessa CPI, e não ter coragem de afirmar que tal covardia resultou de um possivel pedido feito a ele pelo amigão da alcoa o joão castelo. essa cpi, chico, vai acontecer antes da eleição de 2012 e a tua covardia não só em relação apopulação envolvida mas em relação a questão ambiental e hidrica atrelada, vai ser trabalhada.

  8. Chico Viana disse:

    CARAO JOHN:

    COMO SE VÊ, TUDO COMEÇOU COM O MEU ARTIGO DO JP DE HOJE SÔBRE SAÚDE, “A PRIORIDADE NÃO É A VIDA”.

    “TRATAVA DA SAÚDE DO MUNICÍPIO E DO ESTADO E NÃO TINHA HÁ NADA VER COM PROBLEMAS FUNDIÁRIOS. OS QUE SE JULGAM DONO DA ÁREA ASSACARAM COM UMA INTERPELAÇÃO TACHANDO-ME DE COVARDE E MENTIROSO.

    RETRUQUEI E VOLTARAM À CARGA COM UMA VIL MENTIRA: NUNCA DISSE QUE IA APRESENTAR, APRESENTEI E, NO MOMENTO, PELA SUA INTEMPESTIIVIDADE , E INOCUIDADE, VOU APRESENTAR CPI PARA ESTE ASSUNTO.

    ENTÃO É A MAIS UMA DESLAVADA MENTIRA DE UM MOVIMENTO SÉRIO, MAS DE DIRIGENTES(?) NÃO TANTO. É NECESSÁRIO QUE OS CIDADÃOS DE BOA FÉ, OS RETIREM DA ASSOCIAÇÃO E REPAREM PELO DANO QUE ESTÃO CAUSANDO À JUSTA CAUSA, OFEDENDO E DESACATANDO OS QUE PODERIAM AJUDÁ-LOS NA EMPLEITA.

  9. Dom Cosme... disse:

    Senhor Dinho:
    É lastimável que alguém queira justificar o injustificável. O que o senhor expos , é do conhecimento de todos. Todos sabemos que o estado do Piauí , fez e faz boa gestão de saúde , para os cidadãos e Teresina, a mais de 20 anos tem se mostrado a única solução para os graves problemas de saúde pública que tanto aflige que a população do Maranhão.O descaso para com a saúde pública em nosso estado se tornou endêmico e as doenças , até mesmo aas mais simples se converteram e endemias crônicas.Sou natural da cidade de Penalva m mas eu vejo que nossa autoridades só falam em excelência na saúde pública em tempos de eleição.
    1. Eu como cidadão que sou, me sinto humilhado com as sua palavras , quando faz um relato “verdade”de como as nossas unidade municipais de saúde estão sucateadas , e como os nossos irmão estão sendo tratados nas unidades de saúde dos seus municípios de origem! É vergonhoso para mim _talvez não para o senhor _ ter que justificar que somos nós cidadãos do Maranhão responsáveis pelo crescimento econômico do estado do Piauí , uma vez que 40% (quarenta )por cento dos pacientes dos hospitais da cidade Teresina, são oriundos dos municípios maranhenses!Isso atesta que nossa autoridades se amesquinharam e são desprovidas de responsabilidades sociais…Se os empresários do setor de Saúde do Estado do Piauí estão se preocupando em melhorar a qualidade dos serviços a ser oferecidos à população , esta sim é uma atitude louvável… o que no nosso estado se caracteriza com assédio eleitoral, no nosso estado visinho, isto é uma pratica que a muitos e muitos anos tem feito a diferença entre quem está pendurado nos barbantes carcomidos e podres dos “Índices De Desenvolvimentos Humanos” IDH decorrentes de políticas equivocadas, de quem nunca viu em sua gente , a não ser um punhado de eleitores , prontos a ser descartados nos dias seguintes após as eleições. Causa espécime. Vergonha e tédio as justificativas suas sobre a economia de Teresina quando o “Senhor” diz: *Uma das principais referências de Teresina no setor econômico, o Pólo de Saúde da capital está ameaçado pelo avanço da medicina nas cidades do Maranhão, estado de onde saem 40% dos pacientes que buscam atendimento na capital piauiense e contribuíram, ao longo dos últimos 20 anos, pelo já conhecido turismo de saúde de Teresina* Outro ponto lastimável em sua descrição é quando o senhor cita a impaciência de uma autoridade em saúde ,* “o presidente do Sindicato dos Hospitais e Clínicas Particulares de Teresina, Antônio Dib Tajra, explica que somente os pacientes de Teresina e do interior do Piauí não são suficientes para manter o Pólo de Saúde em funcionamento.Que justificativa Senhor Dinho! A preocupação do presidente do Sindicato de saúde de Teresina tem razão , visto que foram as autoridades de nosso estado que criaram e incentivaram as de pacientes nessas clinica de saúde. Um outro ponto que me repugnou , foi quando o senhor falou que “AGORA” o estado está buscando a implantação dos serviços de média e alta complexidade, enquanto que o nosso vizinho, já está trabalhando com o SEBRAE, para implantar gestão de excelência em saúde . Não sei quem são os “Balaios” a que o senhor se refere, no entanto eu posso lhe afirmar , que o senhor gastou muito neurônios para produzir pouco. Seus escritos, ao usar as fontes referencias, só serviram para demonstra que é necessário que nossas autoridade , principalmente o Secretário de Estado da Saúde , deixe o pedestal de areia em que está equilibrado , dê uma passada lá em Teresina, e peça que lhe dêem lições de “Gestão Pública de Saúde e das Coisas públicas”.
    2. Quando o Senhor diz : * A Saúde de Teresina deve buscar a excelência, diz SEBRAE*A saída encontrada pelos empresários do setor é elevar a qualidade no atendimento no setor de saúde de Teresina. “Hoje, a capital é uma referência nessa área, mas temos que alcançar o nível de excelência… Eu dou cartão Verde para os Piauienses, gestores de saúde , e cartão vermelho paras que diz gerenciar a saúde em nosso estado.
    3. Obs.: Chico Viana: este foi um dos textos mais pertinentes que já li publicado neste Blog. *esse destaque é meu.

  10. Chico Viana disse:

    Grato, Dom Cosme pelo excelente depoimento.
    Nunca se deve nivelar por baixo, sem sofismar sobre assunto tão sério que atinge TODA POPULAÇÃO.
    O assunto vai ser discutido em outro artigo, sem paixões nem veleidades.

  11. Helena Duarte disse:

    Muito me admira o vereador C. Viana fazer comentários sobre a saúde do Socorrão, se no dia da visita nem na porta dessa unidades passou.

    Chico, por mais que você afirme ser sabidão, vê logo, que você não sabe nada, ou nem quer saber, explica em seu texto, o porque de compor uma comissão, cuja sua pessoa, não participa das vistorias?

  12. Luis disse:

    Fraudes em licitacoes nao acontecem so no estado,ha muitas suspeitas de fraudes na cpl do municipio.Ha empresas ganhando licitacoes de medicamentos de pessoas proximas ao prefeito.Muita gente milionaria ligada ao prefeito.Isso tem que ser investigado,denunciado aos orgaos publicos fiscalizadores

  13. dom Come ... disse:

    Chico Viana: Estou a espera do teu novo artigo… Se me achar capaz responderei, não sei se com críticas ou em concordância.
    Espero mesmo é que o senhor “DINHO” continue contando as verdades que ele sabe … Os Balaios estã do lado de cá da ponte do desespero a espera de soluções …

  14. Chico Viana disse:

    Se a Helena(?) diz que eu não vou no Socorrão, ou nunca precisou do Hospital para lá ir, ou é uma funcionária fantasma que lá não vai. Pelo menos sete vezes já estive lá e, seria ótimo se ela, ao invés de dar depimentos levianos perguntassem aos funcionários mais antigos que fui eu naquele Hospital.
    Aparece cada uma!
    OUTRO ASSUNTO:
    Não sei quem é, nunca vi, nuinca conversei com ningúem desta desconhecida, para mim é, instituição chama Gleba Itaqui-Bacanga. E vejam só, antes de me conhecerem já se indispõem com quem poderia dar uma força.
    Aparece cada qual!

  15. miguel disse:

    quando chico se sujeitou a desqualificar a apresentação do relatorio da comissao de saude da camara que visitou os socorroes desta cidade, demonstrou que seu compromisso é na verdade um acordão entre ele e o prefeito castelo.

  16. Dinho disse:

    Dom Cosme

    Vc é como papagaio diz o que sabe e não sabe o que diz. Eu não escrevi a matéria, apenas postei a matéria que saiu num dos mais importantes jornais do Piauí desesperados com o avanço da saúde no governo Roseana. É isso que está deixando a oposição e os esquerdopatas com insônia. Culpam Roseana pelo estado lastimável da saúde no MA e encobrem o que a oposição faz nas prefeituras do estado.
    Embargo da Prefeitura de São Luís atrasou obra da UPA Cidade Operária em um ano
    http://www.blogdodecio.com.br/2011/08/20/embargo-da-prefeitura-atrasou-obra-da-upa-em-1-ano/
    Roseana dá um show nos hospitais e os prefeitos do interior é que nao querem recebe-los pra nao ter despesa equerem que ela haja como prefeita e arque com as despesas que sao deles.
    Acordem!

  17. Dinho disse:

    Ao mesmo tempo que os esquerdopatas como John Cutrim tenta denegrir o excelente trabalho de Roseana na saúde ele tenta esconder a vergonha do trabalho da oposição na prefeitura dos municípios como São Luis . Vejam a situação que está a saúde nos socorrões e que a oposição tenta a todo custo esconder e mente dfizendo que está uma maravilha http://www.youtube.com/watch?v=cXdqDDL9vqI
    As cenas são chocantes. Um leitor do blog gravou em vídeo a humilhação por que passam pacientes e familiares no Socorrão, em São Luís.

    É desumano.

    Já não bastassem as macas espalhadas pelos corredores – o que parece ter virado coisa normal nos hospitais públicos do Brasil –, os acompanhantes agora ficam jogados pelo chão.

    O cenário é mesmo de um hospital de guerra.

    E a deputada estadual Gardênia Castelo (PSDB) quer andar é visitando hospital do Estado em reforma.

    Acorda, prefeita!

    Confira o vídeo (que foi gravado via celular, por isso, em alguns momentos, a imagem treme bastante).

    Mas para a turma do pior, melhor é assim que é bom.
    Se tivesse um único hospital do estado nessa situação lastimável em que se encontram os socorrões o sr John Cutrim ficaria mostrando dia e noite. Ele não é um jornalista que pensa a favor de Sao Luis ou do MA mas a favor de quem o paga para fazer oposição. Faz oposição por fazer, para benefício próprio e não para o benefício da nossa cidade.
    Eu já fui um oposicionista à família Sarney mas depois que vi o estado regredir7 anos na mao da oposicao e caiu a ficha que nao existe uma úncia obra deles na capital ou em todo o estado mesmo quando tinham o estado e a prefeitura da capital nas maos, abri os olhos.
    O embargo a Via expressa e UPA da cidade operaria é uma prova de que a oposição nao está interessada em beneficiar Sao Luis em nada, quer é tomar o poder pra roubar mais que os Sarney como fizeram. Alguém acredita que a avenida que Caostelo anunciou que ia fazer pra concorrer com a via expressa nao ia abalar o meio ambiente? Cadê a tal avenida? porque nao faz? porque só serve fazer hospital se for em terreno do estado se a prefeitura tem tanto terreno espalhado na cidade? porque fazer prolongamento da litoranea e viaduto só se for com o dinheiro roubado por Jackson Lago mas que na verdade pertence ao estado e mesmo assim Caostelo sumiu com ele?

  18. MALAFAIA disse:

    esse chico(viana) vereador está querendo palanque ? logo ele que tentou desqualificar quem precisa de ajuda social e ambiental porque a alcoa está envolvida, alegando ele que não lhes deve nenhum favor e que procurem em quem votaram ? por isso que malafaia disse que tem POLEIRO na camara, ainda mais com esse tipo de chico prego.

  19. Chico Viana disse:

    Relaatório não se vota, caro Miguel(?_
    E se o desqualifiquei foi por haver sido muito benevolente, a situação é pior, está lá registrado.
    Agora, não chegou ao ponto que está em 2 anos e meio e é disso que trata o artigo.
    Quando aprender ler, leia, antes de comentar bobagem.

  20. Dom Cosme... disse:

    Senhor Dinho…
    1. Eu concordo com o senhor quando diz, que eu sei pouca coisa e portanto posso até escrever e contar o que eu não sei! Sou de família humilde, desde os meus 5 (cinco) anos trabalhei nas roças de meu pai… porque para aquele senhor , (meu pai) um homem tinha que aprender a trabalhar para não virar bandido, e isso eu garanto ao senhor que não sou! Nunca tive a pretensão de ser visto como um intelectual ou coisa semelhante, mas eu tenho o direito de ter direito em poder dizer o que penso , desde que não denigra a imagem de quem quer que seja. Longe de mim dirigir palavras frívolas contra o senhor, mesmo quando defende com tanta garra essa oligarquia, que tanto tem infelicita nosso estado.
    2. Estou pedindo permissão para que eu não viole seu direito autoral da frase postada pelo senhor o que sobre o governo da Doutora Roseana (incluindo os erros de digitação)*Roseana dá um show nos hospitais e os prefeitos do interior é que não querem recebe-los pra nao ter despesa equerem que ela haja como prefeita e arque com as despesas que sao deles.
    Acordemado o nosso estado.*
    Eu ficaria deveras agradecido se o que o senhor escreveu fosse verdade, e as alegações de que ela está fazendo na saúde não passasse de fanfarrices. Eu não sou oposição a ninguém, sou um simples cidadão do interior, que gostaria que em minha cidade ou em minha região se tivesse algum hospital que tratasse nosso co-irmãos com a dignidade que o ser humano tem o direito de ter.
    É que eu torço para que a Branca, ( já que eu sou afro-descendente), faça o melhor Governo da sua Vida, uma Vês que isto me afeta diretamente , assim como afeta a vida de milhões de pessoas neste nosso Estado que alem de não poder contar com hospitais em suas cidades de origem, são entubados em carros improvisados de ambulâncias, e levados para os hospitais de Teresina, ou para os hospitais daqui de São Luis ,preferencialmente os Famigerados Socorrões.
    Em que pese, qual unidade de saúde do Estado, que preste assistência médico-hospitalar para quem vem do interior que não sejam os Socorrões? Somos nós, os interioranos que entulhamos os corredores desse depósitos humanos, porque para pessoa de sua classe Social , tem os Hospitais UDI e São Domingos, que diga-se de passagem são bons hospitais , mas que não atende os miseráveis !
    Os 72 (setenta e dois) esqueletos hospitalares dos propalados Hospitais de Campanha, ainda é uma incógnita muito grande para toda a população. Os poucos , menos de dez que foram feitos,os prefeitos do interior tem razões sobejas em não recebê-los, uma vês que ao fazê-lo, as prefeituras do interior jamais poderão arcar com tamanha responsabilidade. Eu ouvi o Prefeito e presidente da FAMEM orientar os prefeito do Maranhão a não receber os edifícios hospitalares, enquanto não for acertado com o governo do estado com quem fica a gestão desses elefantes… O Caos que se instalou no Maranhão senhor Dinho, não é ,não foi e nunca será objeto da especulação dos “Esquerdopatas” como o senhor a quem não concorda com os descasos que nossas autoridades tratam sua gente, mas dos “Direitopatas” a quem o senhor se rendeu.

  21. jan disse:

    Em menos de 1 minuto você estará assistindo de graça TV em seu PC http://www.tvhd.com.br

  22. cacau disse:

    m menos de 1 minuto você estará assistindo TV de graça http://www.tvhd.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens