Fechar
Buscar no Site

A população não pode ficar refém dos empresários do transporte coletivo de S.L

Está programada, para esta terça-feira, uma paralisação de advertência dos motoristas do Sistema de Transporte coletivo de São Luís. A paralisação terá início à meia-noite e deve durar até às nove horas da manhã. A medida faz parte da conhecida tática – combinada entre Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão (Sttrema) e empresários – para forçar mais um aumento da tarifa de ônibus.

Considerando o valor absurdo que já é cobrado e diante dos péssimos serviços oferecidos pelas empresas concessionárias de transporte coletivo urbano de São Luís, com ônibus em péssimas condições e poucos veículos dada a grande demanda de passageiros (o resultado são superlotações e desconforto aos usuários), é algo injustificável os empresários quererem mais um aumento da tarifa sem que, em troca, ofereçam, no mínimo, um serviço de qualidade.

A população não pode, mais uma vez, ser refém de tamanho disparate, ser penalizada por conta do furor exacerbado e ensandecido dessa corja que visa somente lucrar.

Enquanto o cidadão aguarda horas na parada, anda em ônibus velhos e em ambientes lotados e paga um valor altíssimo na passagem, cujo gasto faz falta em qualquer orçamento familiar no final do mês, estes empresários andam em carros importados e moram em mansões. Desfrutam de um conforto em detrimento do desconforto de milhares de pessoas. Um desrespeito.

Se os empresários alegam que estão falidos (já viu alguém continuar em negócio que não dar lucro?), sem condições de cobrir a folha de pagamento dos funcionários – o mesmo argumento ‘furado’ de sempre (curioso que estes mesmos nunca apresentam a planilha de custos), que desistam do uso da concessão e dêem lugar para outras empresas. Com certeza não faltariam interessados.

O que não pode, portanto, é sermos vítimas da ganância desse bando de aproveitadores. È preciso ter coragem e pulso firme para enfrentá-los!

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Uma resposta para “A população não pode ficar refém dos empresários do transporte coletivo de S.L”

  1. Macabeu disse:

    Muito bem, “seu” Jonh Cutrim, contra fatos não há argumentos, correto?, vc está coberto de razão. Por tráz (no bom sentido), desta dupla, deveríamos ter um “Homem”, de pulso forte para coibir este conluio do Sttrema e empresários, istoÉ, se tivessémos um Prefeitos que tivesse coragem para ir de encontro esses empresários gananciosos, peita-los chama-lo e dizer —Olha aqui seus vagabundos parem com esta palhaçada, apartir de hoje vou mandar fazer concorrência para novas Empresas de Transporte coletivo de todo o Brasil, para as Linhas que estão ai. Mas Caostelo não faz, tem o rabo preso, depende do dinheiro dos empresários para sua campanha politica, as eleições estão bem ai; É isso que está acontecendo, os empresários já estão pensando aonde vão fazer dinheiro para repassar aos politicos?. Do nosso bolso, é claros! dos Estudante e Trabalhadores, mais o que Caostelo sabe fazer fazer mesmo é; Baixar o cacête nos estudante, quando esboçam qualquer gesto de rebeldia contra os abuso dos Empresários desonestos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens