Fechar
Buscar no Site

A acertada escolha do prefeito Luciano Genésio por Wellington Sérgio na Comunicação

Na manhã desta terça-feira, 29, o prefeito reeleito de Pinheiro, Luciano Genésio, divulgou a lista de secretariado do seu segundo mandato.

A secretaria de Comunicação será comandada pelo experiente jornalista Welington Sérgio. Atuante na área de jornalismo há mais de 20 anos e conhecedor do ramo, Wellington foi âncora do programa Repórter Cidadão e agora terá a missão de comandar umas das principais pastas do primeiro escalão do governo de Luciano Genésio.

Fui surpreendido por uma ligação do prefeito Luciano me convidando para assumir a comunicação do município, me senti lisonjeado por tamanha responsabilidade que o gestor está me depositando. Vou dá o meu melhor e ajudar o prefeito nessa missão de desenvolver Pinheiro“, afirmou o secretário Welington.

São mais de 20 anos de amizade entre o gestor e o novo secretário de comunicação. Os dois estiveram juntos na oposição ao governo do ex-prefeito de Pinheiro, Filuca Mendes, sendo Wellington um dos principais oponentes de oposição do ex-gestor. A lealdade e a confiança marcam a relação.

A escolha por Wellington Sérgio foi mais uma escolha acertada do prefeito de Pinheiro.

Confira a lista completa de secretários. Apenas três pastas não tiveram mudanças (Saúde, Educação e Esporte)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

2 respostas para “A acertada escolha do prefeito Luciano Genésio por Wellington Sérgio na Comunicação”

  1. Aston Beckman disse:

    Parabéns, Doutor Luciano!
    Cada secretário seu representa um coveiro, para sepultar duma vez a Quadrilha Filucaída. Neste período junino, certamente, ela não irá saltar nem assaltar!

  2. Aston Beckman disse:

    Wellington Sérgio, antes de mais nada, gostaria de debitar o meu repúdio ao eleitorado pinheirense, pelo não referendo do seu nome nas urnas.
    Por outro lado, com base em seu perfil de arrojado, sincero e abnegado; confesso-lhe que eu já esperava esse desfecho desfavorável. O que se constitui numa injustiça inominável: pois, se existe um “trator e desbravador”, na construção dessa caminhada do Dr. Luciano Genésio, somente você é digno de tais atributos. O mais irônico em tudo isso é que, embora tenha sido você o provador das agruras, pessoas que aqui chegaram e já encontraram a estrada pavimentada; por serem farsantes e maquiavélicas, acabaram sugando o crédito do seu esforço, cujo retorno foi endereçado a essas oportunistas.
    De todo marasmo, o sábio arranca uma lição para um novo aprendizado. Não cabe a mim recomendar onde e quando você deve reformular as suas atitudes, nas relações interpessoais e com os eleitores.
    Todavia, cumpre-me ressaltar: o mundo dos normais, por si só, já é um picadeiro. Agora imagine o teatro acortinado da política? E quando meciono POLÍTICA, não me estou referido apenas aos adversários e correligionários, mas, sobretudo, aos votantes: eles que são, simultaneamente, sujeitos e objetos do processo, dos quais muito depende o êxito ou fiasco de um candidato.
    Enfim, o ponto de distinção mais evidente entre os humanos e os demais viventes, é que nós temos uma versatilidade ímpar de nos adaptarmos ao diverso e o adverso!
    E não esqueça, aquela descarada autovitimização de eleitores que se dizem traídos, é falsa! Porque, em última análise, o ELEITO ou CONSTITUÍDO representa um matiz ético da sua comunidade constituinte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens