Fechar
Buscar no Site

Novo sistema de gestão é implantado na Contadoria do Fórum Estadual central de São Luís

A Divisão de Informática do Fórum de São Luís em parceria com a Contadoria Judicial desenvolveu e implantou um sistema para otimizar e dinamizar a tramitação dos processos. O Sistema de Gestão da Contadoria Judicial (SIGCON) tem o objetivo de gerenciar e monitorar informações sobre os serviços realizados pela Contadoria Judicial do Fórum de São Luís.

O SIGCON, plataforma moderna sob a responsabilidade da Divisão de Informática do Fórum, funciona em rede há cerca de um mês e tem garantido maior efetividade na prestação jurisdicional com uma melhor gestão dos dados da Contadoria Judicial. Segundo o chefe da Divisão de Informática, Filomeno Viana Nina, esse sistema, interligado ao servidor do Fórum, está em conformidade com a política de segurança e acesso de dados definidos pelo Poder Judiciário do Maranhão, proporcionando garantia, integridade e confiabilidade dos dados armazenados. A implantação do novo sistema teve o apoio da Corregedoria Geral da Justiça e da Diretoria do Fórum.

Entre as funcionalidades do SIGCON destacam-se o fornecimento de informações em tempo real sobre análise de demanda por cálculos judiciais e da produtividade; acompanhamento do acervo e da celeridade processual; emissão de gráficos e relatórios; controle da ordem cronológica de análise de processos e das prioridades legais; e anexação de cálculos e certidões elaboradas pelo próprio sistema.

O secretário da Contadoria, Kalmark Amorim de Sousa, destaca que esse novo sistema de gestão tem proporcionado maior agilidade na consulta, sendo possível a extração de relatórios por diversas variáveis, tais como: meio de processamento (físico ou eletrônico); data de recebimento e/ou devolução para a unidade jurisdicional, por assunto, por unidade de origem, por prioridade legal, por quantidade de autores do processo, entre outros.

Fonte: e-mail da AssCom

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens