Fechar
Buscar no Site

Centro Cultural Vale Maranhão apresenta exposições, shows, espetáculos e oficinas resultantes dos editais Ocupa CCVM e Pátio Aberto

O mês de setembro chegou trazendo muitas novidades na programação do Centro Cultural Vale Maranhão (CCVM). Além do Pátio Aberto, que traz shows todos os sábados ao final da tarde, o CCVM se prepara para a abertura da primeira edição da ocupação artística em seus espaços.

O edital Ocupa CCVM selecionou nove projetos de linguagens variadas como pintura, fotografia, música e teatro. A programação será aberta nesta quinta-feira (21), com a apresentação do espetáculo Das Águas, da cantora e atriz Cris Campos e Grupo Xama Teatro.

A artista mergulhou no universo da água e seus mitos para construir um espetáculo que mistura música, teatro, dança e contação de histórias. A apresentação ocorrerá novamente nos dias 22, 28 e 29 de setembro, sempre às 19h.

Exposição

Na próxima terça feira (26), às 19h, será aberta a exposição OCUPA CCVM 2017 com cinco projetos selecionados pelo edital. A exposição traz os trabalhos de João Ewerton, Ribaxé, Vicente Martins Jr., Wilka Salles e uma montagem sobre o universo visual do Coteatro, dirigido por Tácito Borralho.

A primeira edição do Ocupa CCVM apresenta projetos inéditos em São Luís, abrindo espaço para os criadores locais. “O uso dos espaços e as montagens foram discutidos com cada artista/ grupo num trabalho de construção coletiva do resultado. Acreditamos nesse processo colaborativo entre instituição e criadores. O edital nos permitiu conhecer melhor o que está sendo pensado e proposto pelos artistas maranhenses. Estamos felizes com o resultado e acreditamos que o público também vai gostar.”, destacou Paula Porta, diretora e curadora do CCVM.

Nesta semana o artista Ribaxé poderá ser visto em atuação no Pátio Maranhão, criando a obra Neopalafitas, que ficará exposta neste espaço. O trabalho remete às palafitas de São Luís numa abordagem gráfica.

Wilka Salles ocupa as salas Carnaúba e Juçara, no térreo, com a sequência de obras intitulada Corpocriação.

A Sala São Luís, no primeiro andar, recebe três projetos: De passagem, de Vicente Martins Jr., com fotografias inspiradas pelo cotidiano do terminal rodoviário do Anel Viário; Vazante, de João Ewerton, instalação que remetem ao mangue presente na Ilha; e Um mergulho no universo onírico do Coteatro, montagem com cenários e figurinos, numa leitura diferente do universo visual criado pelo grupo dirigido por Tácito Borralho.

A entrada é gratuita e aberta a todos os interessados.

A exposição OCUPA CCVM poderá ser visitada até 12 de novembro.

Espetáculos e oficina

Além do show Das Águas, o Ocupa CCVM abre espaço para mais dois espetáculos e uma oficina.

A Sala Mearim será ocupada pelo Coletivo Dibando, coordenado pela artista Tiêta Macau, que propõe em Someday Sundae um processo criativo multilinguagem. O projeto envolve os artistas do coletivo, convidados e o público visitante.

O Auditório Itapecuru receberá o espetáculo teatral Cão Morto, do Coletivo Teatro do Redentor, que traz uma adaptação da obra de Bertolt Brecht.

O Ocupa CCVM ainda terá a oficina musical Laboratório Beats Eletrônicos: Groovebox, dirigida por Carlinhos Vas e aberta aos interessados.

Sábados

A programação do Pátio Aberto segue com shows e oficinas nos finais de tarde de sábado no Pátio Maranhão.

No dia 23 de setembro, às 18h, o contrabaixista e compositor Mauro Sérgio lança CD Caminhada, com show instrumental. O repertório autoral apresenta elementos dos universos da mpb e do jazz.

No dia 30 de setembro, também às 18h, é a vez de A volta do rock ao centro histórico, da banda Original Fire, que traz influências de bandas dos anos 90 a 2000.

Organize sua agenda para não perder nada!

Mais informações pelo telefone 3232-6363 e pelo e-mail [email protected].

Serviço

O quê: Programação setembro CCVM

Quando: a partir de 21 de setembro

Onde: Centro Cultural Vale Maranhão, Av. Henrique Leal (R. Direita), 149 Praia Grande – Centro.

Todas as atividades do CCVM são gratuitas e abertas ao público.

Fonte: e-mail da Danielle Moreira

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens