Fechar
Buscar no Site

Frase para repensar o exagerado uso do economês, juridiquês etc.

A obrigação de se fazer entender é de quem fala ou escreve, não de quem ouve ou lê. – Ricardo Amorim

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens