Fechar
Buscar no Site

Bruno Tomé Fonseca lançará segundo livro de contos na Academia Maranhense de Letras

Fonte: e-mail do autor

O escritor maranhense e Procurador do Estado do Maranhão, Bruno Tomé Fonseca lança no dia 29 de outubro, às 19h na Academia Maranhense de Letras “As carências das horas tardias da noite”, seu segundo livro de contos.

Estimulado pela boa repercussão literária de “Contos Cruéis”, lançado em 2009, o leitor voraz e escritor rigoroso dedicou seis longos anos para através de suas experiências pessoais e imaginativas, compor à mão, como lhe é de costume, novos personagens: “O maior julgador de um escritor é ele mesmo com sua autocrítica, por isso este livro é fruto da experiência pessoal e de um longo processo de criação de personagens e situações”, explica.

A coletânea de contos selecionada em um edital específico para obras literárias em 2014 da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (FAPEMA) e publicado pela editora Café e Lápis, conta com prefácio do professor de literatura e membro da Academia Maranhense de Letras, José Neres.

No texto que apresenta a obra ao leitor, Neres aponta caminhos sobre o intuito, “parece querer mostrar para seus leitores que a vida é bem mais do que se está acostumado a ver” e sobre as influências e estilo de Bruno Tomé: “Em alguns momentos, ao estilo de um Louzeiro, de um Rubem Fonseca ou de um João Antônio, Bruno Tomé acaba conduzindo suas personagens por caminhos bifurcados que lembram os passos das criações literárias de João Gilberto Noll”.

De fato, assim é o autor, que despertou para o desejo de criar histórias ainda no Ensino Médio, quando teve o primeiro contato com o escritor mineiro Rubem Fonseca: “Foi a minha primeira grande experiência na literatura. Seus textos com mensagens fortes, incisivas me despertaram o desejo de criar histórias.”, explica.

“As carências das horas tardias da noite” traz para o leitor um mosaico de narrativas a partir de argumentos simples e singelos como uma caminhada na rua, a fala de um andarilho, o trabalho jurídico ou o conflito de gerações, de olho no alcance universal, com “tiros curtos”, próprios da natureza dos contistas: “O conto foi a forma que encontrei para me introduzir no universo literário”, revela o autor que acredita, sobretudo numa literatura atrativa e acessível a todos.

Breve biografia

Bruno Tomé Fonseca é maranhense, Procurador do Estado do Maranhão, advogado, professor universitário, escritor e leitor voraz.

Serviço

O Quê:

Coquetel de Lançamento da coletânea de contos de Bruno Tomé Fonseca: “As carências das horas tardias da noite”.

Quando:

Quinta-feira, 29 de outubro às 19h.

Onde:

Academia Maranhense de Letras – Rua da Paz, nº 84, Centro de São Luís-MA.

Contato para entrevistas:

Marcus Saldanha – (98) 98409-7000 (assessor de comunicação)

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens