Fechar
Buscar no Site

Celulares: O dicionário de A a Z…

Fonte: http://www.tecmundo.com.br/celular/12840-celulares-o-dicionario-de-a-a-z.htm

Conheça os termos mais importantes  no mundo dos celulares e descubra que ele não é feito apenas de GSM e 3G.

O que é TDMA? E quanto ao CDMA? Mas o que há de diferente entre eles e o  FDMA? Se você já se fez essas perguntas, mas nunca conseguiu achar as respostas,  é só acompanhar esse dicionário que o Baixaki e o Tecmundo prepararam para tirar  todas as suas dúvidas sobre celulares, smartphones, sistemas operacionais e tudo  mais sobre o assunto.

1G: primeira geração da tecnologia de  comunicação sem fio, a única a funcionar com base em um sistema analógico.  Embora revolucionária, era considerada muito pouco segura pelos usuários.

2G: geração de comunicação sem fio que  trouxe algumas das características mais usadas até hoje, como a possibilidade de  enviar mensagens de texto. Foi também a primeira a enviar sinais digitais.

2.5G: considerada como uma geração não  oficial, o 2.5G é representado pelas tecnologias que serviram como base para o  3G, como o EDGE e o GPRS.

3G: sistema de comunicação sem fio que  permite conexões de internet que vão de 5 a 10 Mbps, além de suportar um maior  número de usuários simultâneos na rede e possuir um custo substancialmente  menor, se comparado às gerações anteriores.

4G: sistema de comunicação sem fio, ainda  em desenvolvimento, que deve alcançar velocidades de conexão de 100 Mbps a 1  Gbps. Atualmente em teste em alguns países, como no Japão.

Acelerômetro: equipamento  disponível em alguns celulares para identificar a posição em que o aparelho  está, além de perceber qualquer movimentação. É graças a ele que alguns  aparelhos conseguem alternar entre imagens “de pé” e “deitadas”.

ADCPM (Adaptative Differencial Pulse Code  Modulation): método usado por alguns celulares para digitalizar os  sinais de voz do usuário.

Anatel: agência brasileira responsável  pela fiscalização e regulamentação de todos os serviços de telecomunicação  nacional.

Android: desenvolvido pela Google, é  um dos dois principais sistemas operacionais utilizados nos celulares e é famoso  por sua versatilidade. Atualmente está em sua versão 3.0 nos tablets e 2.3 nos  celulares.

(Fonte da imagem: Wikimedia  Commons)

Android Market: loja de  aplicativos exclusiva para aparelhos com o sistema operacional da Google, em que  é possível baixar diversos programas e jogos tanto de graça quanto de forma  paga.

(Fonte da imagem: Android Market)

App Store: loja de aplicativos  exclusiva para aparelhos da Apple com base no sistema operacional iOS. Hoje, conta com mais de 500 mil programas para  download.

Área de Cobertura: extensão  territorial alcançada pelo sinal do celular.

Área de Sombra: locais onde o  sinal do celular é menor (ou nulo), devido a obstáculos como prédios e  viadutos.

bada: sistema operacional criado pela  Samsung, com foco em funcionar tanto em celulares simples quanto em smartphones  de alto nível.

(Fonte da imagem: Divulgação/bada)

Banda larga: nome dado para  qualquer rede de conexão que atinja velocidades superiores a 56 Kbps. Apenas um  sistema de banda larga tem capacidade de gerar transmissões de vídeo.

Baseband: sistema que aumenta a  frequência de um sinal de baixa frequência para que ele possa ser enviado e  captado por outros aparelhos sem distorções.

Bluetooth: tecnologia de transmissão  de dados a curtas distâncias. É um dos métodos de troca de informações mais  utilizado nos celulares atuais.

BREW MP (Binary Runtime Environment for  Wireless Mobile Platform): plataforma para celulares, criado pela  Qualcomm, que permite que o usuário baixe e jogue aplicativos. O BREW é  considerado um “pseudo sistema operacional” por funcionar apenas em aparelhos  que já possuam código nativo.

(Fonte da imagem: Divulgação/HTC)

Broadband: termo em inglês para “Banda Larga”.

Candybar: termo usado para  representar os aparelhos em forma de barra, sem tampas ou partes deslizantes.  Como o próprio nome diz, é como uma “barra de chocolate”.

CCD (charge-coupled device): sensor usado  em equipamentos digitais. Embora gere imagens de melhor qualidade que seu  concorrente, o CMOS, o CCD não é tão usado em celulares por  ter um tamanho e preço maiores.

CDMA (Code Division Multiple Access): tecnologia digital de transmissão que utiliza uma combinação de diferentes  frequências para se comunicar com a rede de telefonia.

Chip: termo usado comumente para se  referir ao “Mini SIM Card”.

Clamshell: termo usado para  representar os celulares com tampa, que se abrem de forma semelhante a uma  ostra.

Clonagem: ato ilegal de copiar dados  de um dispositivo móvel para outro, usando-o para realizar chamadas  fraudulentas.

CMOS (Complementary  metal-oxidesemiconductor): um dos dois tipos de sensores mais usados em  equipamentos digitais. Este é mais usado em celulares por ser menor e gastar  menos energia, além de ser mais barato que seu concorrente, o CCD.

Controle por Voz: função  presente na maioria dos smartphones das gerações atuais, que permite que o  usuário faça ligações (e até mesmo dê ordens para o celular) apenas com  falas.

Correio de Voz: área onde você  pode checar mensagens de voz deixadas por outras pessoas, funcionando de forma  semelhante a uma secretária eletrônica.

Crosstalk: nome, em inglês, para o  termo “linha cruzada”.

Dualband: termo usado para se referir  a um aparelho com suporte a duas das quatro principais frequências de sinal GSM. A combinação de compatibilidade pode variar de acordo com o  celular.

EDGE (Enhanced Data rates for GSM Evolution): sistema de conexão considerado como o precursor do 3G. Essa tecnologia  ganha destaque por evoluir com frequência, atualmente alcançando velocidades de  500 Kbps.

Efeito memória: efeito que  ocorre quando carregamos os celulares antes de sua bateria se esgotar por  completo, reduzindo seu tempo de duração. Atualmente isso tem se tornado menos  comum, pois muitos dos aparelhos possuem baterias que não são afetadas por esse  problema.

Facetime: sistema disponível no  iPhone, iPod Touch e iPad 2 que permite aos donos de um aparelho a realização de  videoconferências com outros usuários de um dos três dispositivos. Para que o  Facetime funcione, ambos os eletrônicos devem estar conectados a uma rede de  internet.

(Fonte da imagem: Divulgação/Apple)

FDMA (Frequency Division Multiple  Access): sistema de comunicação utilizado principalmente para  transmissões por satélite, podendo ser usado tanto com sinais analógicos quanto  digitais.

Femtocell: aparelho semelhante a um  roteador que utiliza uma conexão de internet comum para melhorar o sinal 3G de uma pequena área, como uma casa.

Geo-Tag: função presente em alguns  celulares em que o aparelho grava informações de seu posicionamento geográfico  quando certo arquivo foi criado, como ao tirar fotos ou filmar um  acontecimento.

GPRS (General packet radio service): sistema de transmissão de dados sem fio para celulares com tecnologia GSM.  Compete diretamente com a conexão EDGE, embora seja mais  lenta. Mesmo assim, é mais popular que sua “concorrente”.

GPS (Global Positioning System): sistema  de localização global presente na maioria dos smartphones que permite ao usuário  receber informações geográficas da área que está por satélites.

GSM (Global System for Mobile  Communications): tecnologia de comunicação mais popular no mundo, com  sinais e canais de voz digitais. Para controlar as frequências, o sistema  utiliza uma combinação do TDMA e do FDMA.

HSPA (High Speed Packet Access): sistema  de transmissão de dados de banda larga em alta velocidade. Embora não alcance o  nível de uma rede 4G, seu desempenho superior ao das redes 3G garantiram ao HSPA  o título não oficial de “rede 3.5G”.

HSPDA (High Speed Packet Downlink  Access): termo referente à velocidade de download de uma rede HSPA.

HSUPA (High Speed Uplink Packet Access): termo referente à velocidade de upload de uma rede HSPA.

IMEI (International Mobile Equipment  Identity): número de identificação do aparelho celular, de forma  similar ao nosso CPF. Com esse código é possível bloquear o funcionamento do  dispositivo em casos de roubo, mesmo que o usuário troque o SIM Card.

IMSI (International Mobile Subscriber  Identity): código de identificação usado para informar dados da rede  para a qual o celular pertence.

iOS: sistema operacional desenvolvido pela  Apple, exclusivo para iPhone, iPad e iPod Touch. É famoso por sua velocidade e  facilidade de uso, disputando o primeiro lugar de melhor plataforma para  celulares, junto do Android.

ISP (Internet Service Provider): sigla  usada para representar a companhia que oferece o serviço de internet para seu  celular.

iTap: tecnologia de previsão de texto  desenvolvida pela Motorola para competir com o t9. Seu  funcionamento é quase idêntico ao seu concorrente, mas com uma interface um  pouco diferente.

Jailbreak: processo que remove as  limitações naturais do iOS, permitindo que o usuário ganhe  acesso a áreas que não teria normalmente, além de poder fazer modificações que  seriam bloqueadas em outros casos ou mesmo instalar aplicativos que não fazem  parte da App Store. Vale lembrar que o Jailbreak é ilegal, mas pode ser  revertido com facilidade.

Linha cruzada: efeito em que  sinais de ligação se misturam, resultando em usuários ouvindo conversas de  outras pessoas. Embora fosse relativamente comum há alguns anos atrás, tem se  tornado cada vez mais raro a cada ano.

LTE (Long Term Evolution): tecnologia de  conexão sem fio capaz de taxas de transferência de 15 a 100 vezes maior que as  encontradas nas redes 3G, competindo com a WiMAX pela  posição de primeira rede 4G da atualidade.

Maemo: sistema operacional usado tanto  em smartphones quanto em tablets. Embora seja baseado no SO Debian (plataforma  criada a partido do Linux), o Maemo não é disponibilizado em open source.

(Fonte da imagem: Divulgação/Maemo)

MeeGo: sistema operacional open source  baseado no Linux, desenvolvido para celulares, tablets e netbooks com o objetivo  de suceder o Maemo. A plataforma foi criada com foco em oferecer um melhor  suporte aos aparelhos com processadores Atom.

(Fonte da imagem: Divulgação/MeeGo)

Memory effect: termo em inglês  para “efeito memória”.

Mensagem: termo coloquial para SMS ou MMS.

Micro SD Card: cartão de memória  usado na maioria dos celulares para que possam armazenar dados como imagens,  vídeos e músicas.

Micro SDHC: versão com alta  capacidade de armazenamento do Micro SD Card, suportando até 16 GB de dados.  Ainda é pouco usado nos celulares atuais por seu alto custo.

Micro SIM Card: versão menor do  Mini SIM Card usada por alguns aparelhos que dispõem de pouco espaço físico. Uma  vez que o cartão diminui seu tamanho ao retirar apenas uma “sobra” de plástico,  é possível transformar um no outro com apenas alguns recortes.

Micro USB: cabo USB mais usado para  transferir dados entre celulares e computadores.

Mini SD Card: cartão de memória  utilizado em alguns celulares para que possam armazenar dados como imagens,  vídeos e músicas. Hoje em dia é muito pouco usado, por ser substituído pelo  Micro SD Card.

Mini SIM Card: parte destacável  do SIM Card, que deve ser inserida no celular para que ele possa realizar  chamadas.

MMS (Multimedia Messaging Service): sistema de envio de mensagens que contêm arquivos multimídia como  fotos, vídeos, ringtones e músicas. Apesar do nome e função semelhante ao SMS, o método de envio e recebimento das duas é bastante  diferente.

Modo Avião: modo que deve ser  ativado dentro de um avião para impedir que os sinais enviados por seu aparelho  afetem os equipamentos do veículo. O Modo Avião desliga todos os sistemas de  troca de informação, como Wi-Fi, Bluetooth, GPS, além de impedir que você envie  ou receba ligações.

Modo de Emergência: modo  ativado quando seu aparelho não está apto a realizar chamadas comuns, que  permite ao usuário a realização de ligações para telefones como o da polícia e  dos bombeiros.

Modo Silencioso: modo em que o  dispositivo para de dar avisos sonoros ao receber chamadas, mensagens ou  qualquer outro motivo. Na maioria dos celulares, ele não impede o funcionamento  do aviso por vibração.

Operadora: empresa responsável pelos  fluxos das chamadas que entram e saem do país.

OVI: loja de aplicativos para os aparelhos  desenvolvidos pela Nokia.

(Fonte da imagem: OVI)Topo

Palm: empresa fabricante dos celulares de  mesmo nome, criou alguns dos primeiros PDAs da história (tanto que, por muitas  vezes, esses eletrônicos eram chamados de Palmtops). Foi comprada pela HP em  2010.

Palm OS: sistema operacional usado nos  aparelhos da Palm, feito a partir do Linux. Atualmente extinto, foi base para o  desenvolvimento do webOS.

PIN (Personal Identification Number): senha de segurança, disponível em seu SIM Card, que deve ser usada pelo usuário  sempre que o celular for ligado (caso a função de bloqueio por PIN esteja  ativada). Caso o código certo não seja inserido, o cartão SIM não funcionará. O  PIN é usado em conjunto com o PUK para proteger seu aparelho, mas apenas o  primeiro deles pode ser alterado.

PUK (PIN Unlock Code): código que deve ser  inserido para desbloquear seu SIM Card caso você tenha inserido o PIN errado  três vezes. Se o PUK for errado dez vezes, o cartão é bloqueado  permanentemente.

Push: método de notificação presente nos  aparelhos com iOS para avisar novidades de mensagens, ligações e  aplicativos.

Quadband: termo usado para  representar um aparelho com suporte às quatro frequências GSM mais utilizadas,  que são de 850, 900, 1800 e 1900 MHz.

QWERTY: teclado padrão usado em  computadores, mas também presente em smartphones tanto na forma física quanto  virtual (nesse caso, controlado por touchscreen).

RIM (Research in Motion): empresa  fabricante dos aparelhos BlackBerry.

Ringtone: aviso sonoro feito pelo  celular quando este recebe uma nova mensagem ou ligação.

Roaming: nome dado para a capacidade  de um aparelho permitir que você use suas funções de envio e recebimento de  sinal mesmo quando fora da área de cobertura de sua rede, através do uso de  outra rede próxima.

Roaming Automático: sistema  que executa o roaming para usuário de forma automática, sem que ele precise  modificar qualquer configuração do aparelho.

Root: processo semelhante ao Jailbreak,  mas para aparelhos com o sistema operacional Android,  permitindo que o usuário acesse áreas e funções anteriormente bloqueadas para  ele.

R-UIM Card: cartão semelhante ao  SIM Card, mas para redes de comunicação CDMA. É muito usado em países como  China, Índia, Tailândia e Japão.

Samsung Apps: loja de aplicativos  exclusiva para aparelhos da Samsung, feita com foco nos dispositivos com o  sistema operacional bada.

(Fonte da imagem: Samsung  Apps)

SIM Card: cartão disponibilizado pela  operadora de celular para que você possa mandar e receber ligações. Sem ele, os  aparelhos normalmente ficam bloqueados para realizar qualquer tipo de chamada.  Diferente do que muitos pensam, o SIM Card é todo o cartão em que ele vem,  enquanto que a parte que é inserida no smartphone pode ser tanto um Mini quanto um Micro SIM Card.

SIM Lock: trava comumente usada pelas  operadoras para que o usuário não possa utilizar seu aparelho com SIM Cards de  outra empresa. Atualmente é possível desbloquear a trava sem qualquer custo ou  desvantagem.

Slider: termo usado para representar  celulares cujo design normalmente esconde parte do aparelho através de um  sistema de deslize.

Smartphone: considerada por muitos  como a “evolução” dos celulares, um smartphone é um dispositivo móvel que agrega  características de celular, câmera, PDA, player de música e vídeo, além de  várias outras características, em um único equipamento.

SMS (Short Message Service): tecnologia de  envio de mensagens (exclusivamente de texto) para outros celulares. Normalmente  possui um limite de 160 caracteres, mas que pode diminuir caso o usuário insira  letras especiais ou pontuações.

SMS concatenada: processo que  ocorre quando o usuário ultrapassa o limite de caracteres de uma mensagem, o que  faz com que o celular divida o SMS em várias mensagens menores e as envia para o  aparelho de destino.

Symbian: sistema operacional criado  pela Nokia para suceder o Symbian OS. Ao contrário do que alguns podem  acreditar, o Symbian e o Symbian OS são plataformas diferentes. Embora tenha  sido descontinuado pela empresa em fevereiro de 2011, o sistema terá suporte aos  usuários até 2016.

Symbian OS: primeiro sistema  operacional desenvolvido pela Nokia, funcionando exclusivamente em aparelhos com  processadores ARM. Foi substituído pela plataforma Symbian.

Swype: método de entrada de texto para  smartphones com touchscreen. Seu funcionamento difere dos sistemas comuns, pois  para digitar não é preciso pressionar as teclas, mas apenas arrastar o dedo  pelas letras que compõem a palavra.

(Fonte da imagem: Divulgação/Swype)

T9 (Text on 9 Keys): sistema de previsão de  mensagens que cruza as teclas pressionadas pelo usuário com as possíveis  palavras que aqueles números podem formar, completando o texto para você. Pode  ser encontrado em quase todos os celulares da atualidade.

Talk-Time: termo usado para  representar o tempo de duração da bateria do celular em uma ligação  constante.

TD-SCDMA (Time Division-Synchronous Code  Division Multiple Access): padrão de comunicação móvel 3G, utilizado  apenas na China.

TDD (Time Division Duplex): técnica de  comunicação bidirecional através de duas pessoas que utilizem um mesmo  canal.

TDM (Time Division Multiplex): método de  conexão que permite que vários usuários utilizem um mesmo canal, um de cada vez.  Assim, cada um deles tem uma alta velocidade de transmissão de dados, por um  tempo limitado.

TDMA (Time Division Multiple Access):  padrão de telefonia baseado no TDM, que permite que vários usuários utilizem um  canal feito para apenas uma pessoa com total desempenho, através de um sistema  de divisão de tempo.

Tethering: processo de utilizar seu  smartphone como um modem para outro dispositivo (normalmente um computador ou  notebook) através de uma conexão feita tanto por cabo USB quanto por Bluetooth.  Em certos casos, as operadoras podem cobrar taxas extras por esse uso  especial.

TMSI (Temporary Mobile Subscriber  Identity): identidade temporária atribuída a um celular que está fora  de sua área de serviço comum.

Toque monofônico: toque de  celular extremamente simples, capaz de reproduzir apenas um tipo de som/nota por  vez.

Toque polifônico: toque de  celular que utiliza vários canais de som para gerar uma música com vários  instrumentos diferentes sendo representados.

Torpedo: termo usado no Brasil para “mensagem”.

Triband: termo usado para se referir a  um aparelho com suporte a três das quatro principais frequências de sinal GSM. A  combinação de compatibilidade pode variar de acordo com o celular.

UMTS (Universal Mobile Telecommunications  System): sistema de comunicação sem fio que combina tecnologias GSM e  MAP para gerar velocidades de transferência de 45 Mbps.

Vibracall: termo usado para se  referir à função vibradora dos celulares.

Voicemail: termo em português para “Correio de voz”.

WAP (Wireless Application Protocol): sistema de internet móvel mais básico para qualquer aparelho celular, permitindo  o acesso do conteúdo por versões simples das páginas originais.

webOS: sistema operacional criado pela  Palm como sucessor do PalmOS. Foi renomeado para “HP webOS” depois que a empresa  foi comprada pela HP. Recentemente teve seu desenvolvimento descontinuado.

(Fonte da imagem: Divulgação/Palm)

WCDMA (Wideband Code Division Multiple  Access): evolução da tecnologia CDMA que permite uma transmissão de  dados a maior velocidade.

Wi-Fi: rede de conexão sem fio para que  o usuário possa utilizar a internet. Hoje, a maioria dos celulares tem suporte a  esse sistema.

WiMAX (Worldwide Interoperability for Microwave  Access): padrão de conexão sem fio que compete com o LTE pelo título de  primeira rede 4G. Testes feitos em laboratório mostraram velocidades que  variavam entre 40 Mbps e 1 Gbps.

Windows Marketplace: loja  de aplicativos para os usuários de smartphones com sistemas operacionais  Windows.

Windows Mobile: sistema  operacional desenvolvido pela Microsoft, só apareceu em um tímido número de  aparelhos. Sua interface simula a aparência do próprio Windows.

Windows Phone 7: sistema  operacional criado pela Microsoft para suceder o Windows Mobile, que pretende  misturar características tanto do Android quanto do iOS.

(Fonte da imagem: Windows Phone)

Wireless: termo em inglês para “sem  fio”.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens