Fechar
Buscar no Site

Trânsito mata mais de 1,2 milhão de pessoas por ano…

De acordo com dados divulgados pela Organização Mundial de Saúde, os acidentes de trânsito são responsáveis pela morte de mais de 1,2 milhão de pessoas no mundo por ano.

O número de feridos é ainda mais estarrecedor, alcançando o patamar de 50 milhões de pessoas.

Deste cenário caótico, o Brasil não fica de fora, já que aparece em 3º lugar entre os países que mais matam no trânsito no mundo (só em 2010 morreram 38.912 pessoas).

Dentre fatores de risco ao trafegar foram constatados cinco principais: dirigir embriagado, conduzir com excesso de velocidade, não utilizar o capacete, o cinto de segurança e a cadeirinha para crianças.

Dos 178 países analisados, menos da metade legisla sobre esses fatores e apenas 15% deles têm leis consideradas completas. Menos de 60 (1/3) deles possuem uma estratégia nacional de segurança viária patrocinada e apoiada pelo governo.

Hoje os acidentes de trânsito ocupam a 9ª posição nas causas de mortes em todo o mundo, ficando atrás ainda de mortes causadas pelo câncer e pelo vírus do HIV. Mas as pesquisas apontam que o problema irá crescer.

Segundo uma projeção da Organização Mundial de Saúde, em 2030, eles serão a 5ª maior causa de mortes no planeta, representando 3,6% delas, atrás apenas das doenças cardiovasculares (12,2%), das doenças cerebrovasculares (9,7%), das doenças pulmonares crônicas (7%) e das infecções respiratórias (3,6%).

Por todos esses motivos, em março de 2010 a Assembléia Geral das Nações Unidas proclamou o período de 2011 a 2020 como a Década da Ação para Segurança Viária.

Eis o estímulo que o Brasil precisava para enfrentar resolutamente o problema, promovendo um pacto nacional de prevenção de mortes no trânsito.

Autores

  • Diretor geral dos cursos de Especialização TeleVirtuais da LFG. Doutor em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade Complutense de Madri (2001). Mestre em Direito Penal pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo USP (1989). Professor de Direito Penal e Processo Penal em vários cursos de Pós-Graduação no Brasil e no exterior, dentre eles da Facultad de Derecho de la Universidad Austral, Buenos Aires, Argentina. Professor Honorário da Faculdade de Direito da Universidad Católica de Santa Maria, Arequipa, Peru. Promotor de Justiça em São Paulo (1980-1983). Juiz de Direito em São Paulo (1983-1998). Advogado (1999-2001). Individual expert observer do X Congresso da ONU, em Viena (2000). Membro e Consultor da Delegação brasileira no 10º Período de Sessões da Comissão de Prevenção do Crime e Justiça Penal da ONU, em Viena (2001).

    http://www.blogdolfg.com.br

  • Advogada e Pesquisadora do Instituto de Pesquisa e Cultura Luiz Flávio Gomes

Informações sobre o texto

Como citar este texto: NBR 6023:2002 ABNT

GOMES, Luiz Flávio; BUNDUKY, Mariana Cury.         Trânsito mata mais de 1,2 milhão de pessoas por ano. Jus Navigandi, Teresina, ano 16, n. 2975, 24 ago. 2011.         Disponível em: <http://jus.uol.com.br/revista/texto/19838>. Acesso em: 25 ago. 2011.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens