Fechar
Buscar no Site

EM NOTA PREFEITO DE SÃO MATEUS FALA DO ATENTADO A BALA QUE SOFREU O SEU GENRO.

É inacreditável que no Maranhão em pleno ano 2020, nas eleições ainda ocorram fatos violentos como assim aconteceu em São Mateus. O prefeito daquele município, Hamilton Nogueira Aragão, mais conhecido como “Miltinho Aragão” vem por meio deste blog divulgar nota de repúdio sobre as ações criminosas praticadas por integrantes da empresa de segurança privada CEFOR, com endereço em São Luís.

Segundo Miltinho, a Cefor vinha prestando trabalho para um político no interior do estado, sob as ordens de um dos donos, Sr. Rafael Alcântara que estava à disposição de um candidato a prefeito pelo Partido Verde (PV), em São Mateus, por nome Rovélio, o qual já bem no final da campanha amargou com o azar, muitos acontecimentos envolvendo violência verbal e física por parte do opositor, já anunciava que o clima poderia deixar “muito rastro de sangue derramado” naquela cidade, e não deu outra, o clima esquentou de vez, tiroteio, briga e muita confusão, uma violência sem tamanho, o município de São Mateus estava parecendo um faroeste tomado pelo terror que imperava na cidade nos últimos dias que antecederam as eleições municipais.

Na nota, Miltinho aponta como envolvidos na baderna, o proprietário da Cefor, Rafael Alcântara o primo dele Aroldo Brandão. Ambos eram apoiadores do referido candidato a prefeito, que tinha como vice na chapa Nanan Brandão, que é também primo de Rafael e irmão de Aroldo. Se o pensamento era vencer as eleições, o episódio terminou mal, ou melhor, acabou o sonho, nem Rovélio nem Nanan.

Diante desta situação, Miltinho diz que a Cefor será responsabilizada, no rigor da lei por todos os atos arbitrários praticados naquele município, durante o período eleitoral.

 

Abaixo, nota de repúdio assinada pelo prefeito Miltinho Aragão.

 

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens