Fechar
Buscar no Site

Rubens Júnior analisa dados do IDEB e reforça suas propostas para a educação em São Luís… By: Martin Varão On: 17/09/2020 0 comentário Rubens analisa dados do IDEB e reforça suas propostas para a educação em São Luís… Após a divulgação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), o deputado federal e candidato a prefeito de São Luís, Rubens Jr (PCdoB), fez uma análise dos dados e destacou a importância do investimento em educação para que São Luís e todo o Maranhão continuem avançando no desempenho. “Analisando os resultados do IDEB em São Luís, podemos perceber avanços. O trabalho do prefeito Edivaldo, junto às equipes educacionais, educadores e educadoras possibilitou resultados animadores tanto nos anos iniciais quanto nos anos finais do Ensino Fundamental”, destacou Rubens. De acordo com o índice divulgado pelo Ministério da Educação, as escolas da rede estadual do Maranhão chegaram à média de 3,7, a maior já registrada. Se o recorte levar em consideração apenas São Luís, o índice sobe para 4,1. Antes era 4. Com esse resultado, a capital maranhense ficou entre as seis melhores do país. Para o candidato, a missão do município é alfabetizar as crianças na idade certa e cuidar daquelas que ainda não foram alfabetizadas até o final dos anos iniciais ou que estão em distorção idade-série. Assim, poderão fazer um percurso exitoso e chegar preparadas para o Ensino Médio. Rubens reforçou, ainda, que bons resultados educacionais dependem das condições econômicas das famílias dos estudantes, “por isso também estamos propondo a Renda Básica Infantil para, ao lado da educação, ajudar a romper o ciclo de pobreza e desigualdade. O auxílio, no valor de R$ 100 será destinado a cada família carente com criança de 0 a 6 anos. A contrapartida seria a presença na rede pública escolar e carteira de vacinação em dia”, explicou. Plano de Governo para Educação O pré-candidato do PCdoB reiterou que a São Luís que sonha a educação será prioridade e os avanços serão maiores, pois a capital tem um grande time e educadores e educadoras. “Além disso, temos um diagnóstico detalhado e um Programa de Governo para Educação. Sabemos como fazer e traremos todo apoio e experiência do Governo Flávio Dino”. Entre as propostas, estão: Mais Talentos – Concessão de auxílios para incentivar e engajar os alunos em atividades comunitárias e também em recompensa à melhoria do desempenho de alunos com baixo desempenho com vistas à redução da evasão escolar nos anos finais do ensino fundamental e à melhoria do engajamento dos estudantes no aprendizado. Escola Massa – Estabelecimento de um padrão de qualidade física para a rede municipal e construção de escolas-modelo com infraestrutura de disponibilização de internet, biblioteca, laboratórios, quadras, espaços lúdicos, servindo também como equipamento de cultura, esporte e lazer para toda a comunidade. Formação de equipes multidisciplinares com pedagogos, nutricionistas e psicólogos para acompanhamento de professores e alunos. Tempo Integral – Estruturação do Núcleo de Tempo Integral na Secretaria Municipal de Educação para prospectar parcerias com agentes do setor privado para a ampliação do tempo integral na rede pública (Todos pela Educação, Ensina Brasil, etc) e definição de uma matriz curricular e marcos legais com caráter democrático e participativo. Fortalecimento da cultura e do esporte na escola, vinculando as leis de incentivo à atuação dos grupos nos espaços de educação. Fortalecimento do currículo – Fortalecimento da cultura popular, da inovação, da educação 4.0, da história africana e indígena e da educação ambiental no currículo do ensino infantil e básico, inclusive em articulação com a ampliação do ensino em tempo integral e a construção de uma matriz curricular diferenciada para essa metodologia. Valorização Docente – Implementação de um programa de formação continuada da rede docente do município em parceria com as instituições de ensino superior, públicas e privadas, e promoção da valorização da carreira docente com revisão do plano de cargos e salários, além da ampliação da hora atividade da carga horária para os professores e educadores. Protagonismo juvenil – Potencializar o protagonismo juvenil a partir de uma formação em termos cognitivos e socioemocionais, articuladas e englobadas em uma Matriz Curricular integralizada. Mais IDEB Municipal – Premiar estudantes, trabalhadores e as próprias instituições da educação municipal que apresentarem bom desempenho nas avaliações do IDEB. Pacto pela Vida – Implantar programa municipal de prevenção às drogas ou repaginar o PROERD (realizado em parceria com a SSP-MA), em parceria com a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social e Secretaria Municipal de Educação. FacebookTwitterWhatsAppFacebook Messenger Navegação de Post Post anterior

Rubens analisa dados do IDEB e reforça suas propostas para a educação em São Luís…
Após a divulgação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), o deputado federal e candidato a prefeito de São Luís, Rubens Jr (PCdoB), fez uma análise dos dados e destacou a importância do investimento em educação para que São Luís e todo o Maranhão continuem avançando no desempenho.
“Analisando os resultados do IDEB em São Luís, podemos perceber avanços. O trabalho do prefeito Edivaldo, junto às equipes educacionais, educadores e educadoras possibilitou resultados animadores tanto nos anos iniciais quanto nos anos finais do Ensino Fundamental”, destacou Rubens.
De acordo com o índice divulgado pelo Ministério da Educação, as escolas da rede estadual do Maranhão chegaram à média de 3,7, a maior já registrada. Se o recorte levar em consideração apenas São Luís, o índice sobe para 4,1. Antes era 4. Com esse resultado, a capital maranhense ficou entre as seis melhores do país.
Para o candidato, a missão do município é alfabetizar as crianças na idade certa e cuidar daquelas que ainda não foram alfabetizadas até o final dos anos iniciais ou que estão em distorção idade-série. Assim, poderão fazer um percurso exitoso e chegar preparadas para o Ensino Médio.
Rubens reforçou, ainda, que bons resultados educacionais dependem das condições econômicas das famílias dos estudantes, “por isso também estamos propondo a Renda Básica Infantil para, ao lado da educação, ajudar a romper o ciclo de pobreza e desigualdade. O auxílio, no valor de R$ 100 será destinado a cada família carente com criança de 0 a 6 anos. A contrapartida seria a presença na rede pública escolar e carteira de vacinação em dia”, explicou.
Plano de Governo para Educação
O pré-candidato do PCdoB reiterou que a São Luís que sonha a educação será prioridade e os avanços serão maiores, pois a capital tem um grande time e educadores e educadoras. “Além disso, temos um diagnóstico detalhado e um Programa de Governo para Educação. Sabemos como fazer e traremos todo apoio e experiência do Governo Flávio Dino”.
Entre as propostas, estão:
Mais Talentos – Concessão de auxílios para incentivar e engajar os alunos em atividades comunitárias e também em recompensa à melhoria do desempenho de alunos com baixo desempenho com vistas à redução da evasão escolar nos anos finais do ensino fundamental e à melhoria do engajamento dos estudantes no aprendizado.
Escola Massa – Estabelecimento de um padrão de qualidade física para a rede municipal e construção de escolas-modelo com infraestrutura de disponibilização de internet, biblioteca, laboratórios, quadras, espaços lúdicos, servindo também como equipamento de cultura, esporte e lazer para toda a comunidade. Formação de equipes multidisciplinares com pedagogos, nutricionistas e psicólogos para acompanhamento de professores e alunos.
Tempo Integral – Estruturação do Núcleo de Tempo Integral na Secretaria Municipal de Educação para prospectar parcerias com agentes do setor privado para a ampliação do tempo integral na rede pública (Todos pela Educação, Ensina Brasil, etc) e definição de uma matriz curricular e marcos legais com caráter democrático e participativo. Fortalecimento da cultura e do esporte na escola, vinculando as leis de incentivo à atuação dos grupos nos espaços de educação.
Fortalecimento do currículo – Fortalecimento da cultura popular, da inovação, da educação 4.0, da história africana e indígena e da educação ambiental no currículo do ensino infantil e básico, inclusive em articulação com a ampliação do ensino em tempo integral e a construção de uma matriz curricular diferenciada para essa metodologia.
Valorização Docente – Implementação de um programa de formação continuada da rede docente do município em parceria com as instituições de ensino superior, públicas e privadas, e promoção da valorização da carreira docente com revisão do plano de cargos e salários, além da ampliação da hora atividade da carga horária para os professores e educadores.
Protagonismo juvenil – Potencializar o protagonismo juvenil a partir de uma formação em termos cognitivos e socioemocionais, articuladas e englobadas em uma Matriz Curricular integralizada.
Mais IDEB Municipal – Premiar estudantes, trabalhadores e as próprias instituições da educação municipal que apresentarem bom desempenho nas avaliações do IDEB.
Pacto pela Vida – Implantar programa municipal de prevenção às drogas ou repaginar o PROERD (realizado em parceria com a SSP-MA), em parceria com a Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social e Secretaria Municipal de Educação.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens