Fechar
Buscar no Site

Com eleição judicializada e partido acéfalo, Honorato vende o que não pode entregar…

É impressionante a situação surreal que vive  o PT do Maranhão, mesmo no ano eleitoral. Com uma eleição do partido judicializada mostra pra sociedade  que os petistas do Estado não têm a capacidade nem  de escolher seus dirigentes, imagina de pensar algo sobre um projeto para a população de São Luís nas eleições deste ano.

O vereador Honorato Fernandes(PT), presidente municipal do PT(sub judice), procurou o pré-candidato Rubem Pereira Jr.(PCdoB) para formalizar uma negociação em torno de uma eventual coligação. É aquela história do vender e não ter o produto para entregar .  O partido vive uma crise crônica -, há décadas, divido em micro interesses particulares que inviabilizam o partido de ter um projeto de poder para o PT.

Segundo o petista histórico e militante –  Márcio Jardim, PT do Maranhão vive um momento de quase inexistência já que não tem direção estadual e os conflitos pelo comando da sigla ainda aguardam posição da Direção Nacional. Só  em fevereiro vão ter uma posição  sobre a eleição interna. A eleição  foi marcada por fraudes com até mortos votando.

 

Martin Varão

 

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens