Fechar
Buscar no Site

Paulo Abrão proibiu PCdoB de usar depoimento no programa eleitoral

paulo_abraoEm nota ao portal de notícias G1 (veja aqui), a assessoria de imprensa do Ministério da Justiça informou hoje (26) que a utilização do depoimento do secretário nacional de Justiça, Paulo Abrão, no programa eleitoral do candidato a governador do Maranhão Flávio Dino (Partido Comunista do Brasil – PCdoB), ocorreu sem a autorização do membro do Governo Federal.

Segundo  comunicado oficial, o vídeo foi gravado no dia 23 de setembro, em “caráter pessoal” e fora do horário de expediente, em uma produtora contratada pelos comunistas.

De acordo com o G1, Paulo Abrão divergiu da edição do vídeo feita pela campanha, em virtude da utilização do brasão do Ministério da Justiça e, por isso, proibiu sua veiculação no horário eleitoral.

A veiculação do vídeo no programa eleitoral ocorreu, portanto, sem a sua autorização”, informou o Ministério.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens