Fechar
Buscar no Site

Supermercados são alternativa para quem ainda não comprou material escolar

Com o fim das férias escolares, supermercados investem em promoções e oferecem maiores chances de economizar

Produtos de diversos fabricantes podem ser comprados em com descontos e em até 10x nos cartões de crédito

Para grande parte dos estudantes, as férias já acabaram; porém, quem já está no ensino superior, por exemplo, ainda curtem alguns dias de folga. Fato é que entre os que já retornaram à sala de aula e os que ainda vão voltar, ainda tem bastante gente atrás do material escolar.

A empresária Joana Cristina, responsável pela compra do material da neta, de 4 anos, é uma dessas pessoas, diferente do que ocorreu no ano passado, quando Joana comprou tudo logo nos primeiros dias do ano, nas papelarias. “No ano passado, o preço estava bem alto e quando vim ao supermercado me deparei com valores mais interessantes, umas promoções legais. As aulas da minha neta já começaram, mas a escola vai poder receber o material até fevereiro, então, vou tentar comprar mais pra frente mesmo, para aproveitar preços mais baixos e acessíveis”, revelou.

Quem deixou para a última hora, assim como a empresária, encontra nas prateleiras dos supermercados a alternativa para o velho dilema: “pesquisa ou não?”. Com promoções e facilidades no pagamento, os supermercados se tornaram um dos lugares mais frequentados por muitos que procuram artigos de papelaria.

Coordenadora de papelaria do Mateus, Maria Santana Pontes

Alguns dos fatores que justificam esse novo cenário são o parcelamento e a comodidade de encontrar em um único lugar itens que abastecem não só a despensa, mas também a mochila dos filhos. “Com nosso estoque reforçado e com o elevado volume de compras diretamente das indústrias, muitas famílias buscam em nossas lojas os materiais escolares. Alguns chegam com listas e acabam comprando todo o material com a facilidade de parcelamento em 10x sem juros em todos os cartões”, explica a coordenadora do setor de papelaria do Grupo Mateus, Maria Santana Pontes.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens