Fechar
Buscar no Site

Deputada Helena Duailibe fala sobre sua atuação à frente da Procuradoria da Mulher

A deputada Helena Duailibe foi eleita, por unanimidade, para a Procuradoria da Mulher na Assembleia Legislativa

A deputada e Procuradora da Mulher na Assembleia, Helena Duailibe (Solidariedade), concedeu entrevista ao programa “Portal da Assembleia”,  da TV Assembleia, nesta sexta-feira (8), Dia Internacional da Mulher, no quadro “Sala de Entrevista”, apresentado pelo jornalista Juraci Filho. Ela falou como pretende desenvolver seu mandato parlamentar e o trabalho à frente da Procuradoria da Mulher da Assembleia.

Helena Duailibe reafirmou seu compromisso com a política pública de saúde. “São 35 anos de atuação na área da saúde. Por isso, meu olhar sobre a saúde é diferenciado. A saúde mexe com tudo. É um bem maior que todos precisam ter. Toda mãe, toda mulher precisa de uma atenção especial. Acredito que fui eleita para ser a representante daqueles que anseiam cada dia mais por uma saúde melhor”, ressaltou.

A deputada afirmou que encara o mandato como um grande aprendizado, apesar de já ter exercido diversos cargos públicos. “Sinto-me em casa. Somos uma bancada de oito mulheres e estamos começando um trabalho que, tenho certeza, produzirá muitos frutos”, acrescentou.

“Como procuradora da Mulher na Assembleia, quero me dedicar muito a essa causa da mulher. A mulher precisa ter um espaço cada vez maior. Pretendo desenvolver cursos de capacitação para desenvolver essa liderança nas mulheres. Precisamos estimular cada vez mais a participação da mulher na política. Precisamos mostrar que a política é sadia e que é por intermédio desse instrumento que viabilizamos a vida em sociedade. Tudo passa pela política. Então, por que não colocar mais mulheres, que têm mais sensibilidade, para ouvir e conversar, como representantes do povo?”, defendeu a deputada.

Helena Duailibe agradeceu sua eleição, por unanimidade, para o cargo de procuradora da Mulher e disse que é muita responsabilidade suceder a deputada Valéria Macedo. “Foi o trabalho da deputada Valéria que tornou a Procuradoria da Mulher conhecida. Quero ouvir a todos para desenvolver o trabalho de procuradora da Mulher na Assembleia. Minha primeira iniciativa será fazer uma visita à Casa da Mulher Brasileira. É preciso uma ampla articulação com todos os órgãos que integram a rede de proteção à mulher no Estado do Maranhão”, enfatizou.

A procuradora da Mulher na Assembleia disse que é preciso fazer um trabalho preventivo de enfrentamento à violência contra a mulher. “Precisamos desenvolver políticas públicas que combatam as questões sociais (desemprego, alcoolismo, drogas, desestruturação familiar etc) que motivam a violência contra a mulher, que atingiu nível alarmante. Só assim poderemos avançar no combate à violência contra a mulher”, defendeu.

“Precisamos empoderar cada vez mais as mulheres. Precisamos mostrar que as mulheres são o centro de tudo e que precisam exercer essa liderança não só em casa. Ela tem que procurar os espaços públicos. Quando a mulher está à frente, as coisas são muito melhores. A sensibilidade faz a diferença na mulher. Peço que as mulheres não se omitam e procurem cada vez mais ocupar espaço onde quer que seja, e que não se intimidem. A mulher não pode baixar a cabeça e esmorecer, porque é ela que salva a família”, frisou. (Ribamar Santana – Agência Assembleia)

 

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens