Fechar
Buscar no Site

Prefeito Edivaldo investe em Educação e rede municipal avança na aprendizagem, aponta Saeb

O prefeito Edivaldo investe em Educação e rede municipal avança na aprendizagem de Língua Portuguesa

A educação pública municipal de São Luís obteve destaque no aprendizado de Língua Portuguesa nos anos iniciais (5º ano) e finais (9 º ano) do Ensino Fundamental. Dados sobre estes avanços foram apontados pelo Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb 2017), do Ministério da Educação divulgados na quinta-feira (30).

Os números refletem as ações da gestão do prefeito Edivaldo voltadas para a Educação pública, com iniciativas como o programa Educar Mais, a valorização dos profissionais da área, bem como os investimentos em formação continuada de gestores escolares, coordenadores pedagógicos e professores, implementação de um programa de Intervenção pedagógica com foco na alfabetização, informatização e modernização das escolas e ainda melhoria da infraestrutura das escolas. Na gestão do prefeito Edivaldo, já foram reformadas mais de 150 unidades de ensino e mais de 800 salas foram climatizadas.

De acordo com os resultados divulgados pelo Saeb 2017, os estudantes da rede pública municipal de ensino de São Luís obtiveram crescimento na proficiência média de 2,74 pontos em Língua Portuguesa nos anos iniciais; e 2,47 pontos nos anos finais em relação ao mesmo sistema de avaliação aplicado em 2015. Naquele ano, a média de proficiência em Língua Portuguesa no 5º ano foi de 183,96 pontos em uma escala que varia de 0 a 500 (Escala de Proficiência do Saeb).

Em 2017, a proficiência média subiu para 186,7 pontos. No mesmo sistema de avaliação aplicado em 2015, nos anos finais, a média em Língua Portuguesa foi de 236,03 pontos. Em 2017, a proficiência média obtida foi de 238,50 pontos.

Os resultados decorrem de diversas ações que a Prefeitura, na gestão do prefeito Edivaldo, tem promovido para interferir positivamente na educação do Ensino Fundamental, com destaque para o programa Educar Mais.

O programa tem como um dos principais pilares a restruturação da rede municipal, qualificação permanente do quadro e sistema próprio de avaliação educacional, Simae São Luís, que fornece informações precisas sobre o desempenho dos estudantes individualmente, oportunizando uma intervenção eficaz no processo de ensino com foco na garantia da aprendizagem de todos e de cada um dos estudantes.

“Estes índices demonstram que estamos no caminho certo, embora ainda tenhamos muito a percorrer. Estamos investindo fortemente na Educação entregando escolas reformadas e climatizadas, o que impacta positivamente no processo de ensino e aprendizagem das nossas crianças e jovens, sendo essa uma das prioridades da nossa gestão. Também temos um programa de valorização de professores e servidores da rede municipal de ensino, implantamos um sistema próprio de avaliação educacional que nos tem fornecido dados, diagnósticos mais precisos sobre a realidade educacional de São Luís e a partir dessas informações temos tomado decisões no que se refere a implantação e implementação de políticas públicas educacionais voltadas para garantia do direito dos estudantes ludovicenses a educação pública de qualidade. Estamos a avançando e vamos continuar trabalhando para termos resultados ainda melhores. Tudo isto comprova nosso compromisso com nossas crianças e jovens e suas famílias”, enfatizou o prefeito Edivaldo.

O secretário Moacir Feitosa também ressaltou os avanços. “Observamos que estamos avançando de maneira concreta e numa curva ascendente, principalmente nos anos iniciais do ensino fundamental, o que é muito importante. Com certeza nas próximas avaliações São Luís vai aparecer com maior destaque”, disse Feitosa.

LEVANTAMENTO

O levantamento do Saeb 2017 apresenta a proficiência dos alunos matriculados no 5º ano e no 9º ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio das redes públicas municipal, estadual e federal e da rede privada de ensino em todo país. Em São Luís, mais de 80% dos estudantes matriculados nos anos iniciais e finais do Ensino Fundamental avaliados participaram dos testes.

O Nordeste teve participação destacável na aplicação do instrumento com mais de 79% de estudantes presentes, o maior percentual entre as cinco regiões do país. O sistema aplica testes em alunos matriculados no 5º ano e 9º ano do Ensino Fundamental e das 3ª e 4ª séries do Ensino Médio.

Em relação a 2015, houve crescimento na aprendizagem na rede pública municipal de ensino de São Luís em Língua Portuguesa e Matemática nos anos iniciais. Nos anos finais, a avaliação em Matemática acompanhou a queda nacional.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens