Fechar
Buscar no Site

Morre o juiz José Ribamar Heluy

José Ribamar Heluy, magistrado aposentado, morreu nesta quinta-feira no UDI Hospital, em São Luís

Vítima de insuficiência cardiorrespiratória, morreu nesta quinta-feira (5), no UDI Hospital, em São Luís, o juiz aposentado José Ribamar Goulart Heluy. Ele tinha 74 anos de idade. O sepultamento deve acontecer nesta sexta-feira (6), às 11h, no Cemitério do Gavião, na Madre Deus (Centro).

Vários membros do Judiciário maranhense compareceram durante o dia de ontem ao velório de José Ribamar Heluy, que estava internado havia 15 dias, mas, segundo a família, não foi submetido a nenhum procedimento cirúrgico.

Como político, participou, desde o período da Ditadura Militar, de movimentos sociais contra a opressão e repressão. Como parlamentar, foi candidato a prefeito de São Luís em 1988, após deixar as atividades no Judiciário.

Ele era casado com a ex-deputada e promotora aposentada Helena Barros Heluy, e deixa cinco filhos, entre eles três juízes, uma jornalista, Jacqueline Heluy, e o secretário estadual de Trabalho e Economia Solidária, José Antônio Heluy.

Jacqueline Heluy afirmou que a morte do pai significa uma grande perda para a família. Para ela, fica o exemplo dos valores morais de José Ribamar Heluy. “É uma grande perda, pois ele era um exemplo de caráter, coragem, bravura e fé. Por tudo isso, ele já está fazendo muita falta entre nós”, declarou.

Um minuto de silêncio – O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, deputado Arnaldo Melo (PMDB), iniciou a sessão legislativa desta quinta-feira (5) com um minuto de silêncio e pesar pelo falecimento do juiz aposentado José Ribamar Heluy, esposo da ex-deputada estadual Helena Barros Heluy (PT).

O juiz aposentado Ribamar Heluy era também pai da jornalista e editora do Portal da Assembleia, Jacqueline Heluy, dos juízes Heluy Júnior, Lúcia Helena Heluy e Samira Heluy, e do secretário estadual Antônio Heluy (Trabalho).

Pesar – O corregedor-geral da Justiça do Maranhão, desembargador Cleones Carvalho Cunha, manifestou, em nota, profundo pesar pela morte do juiz aposentado José Ribamar Heluy, pai dos juízes José Ribamar Goulart Heluy Júnior, Lúcia Helena Barros Heluy da Silva e Samira Barros Heluy.

Segundo o corregedor-geral, o juiz José Ribamar Heluy foi um grande magistrado e contribuiu muito no desenvolvimento do Judiciário maranhense. No final da nota, o desembargador Cleones Cunha se solidarizou com toda a família do magistrado neste momento de tristeza e dor.

O conteúdo deste blog é livre e seus editores não têm ressalvas na reprodução do conteúdo em outros canais, desde que dados os devidos créditos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

mais / Postagens